Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Memória – conheça truques que podem ajudar

Publicado em 3 de outubro de 2017 por - Um Comentário

memóriaEstá com dificuldades para memorizar assuntos ao estudar para concursos públicos? Conheça quatro truques que podem ajudar na sua memória!

Repetição

Você tem a experiência de possuir na memória um movimento de dança, de um esporte ou de direção quando o repetiu uma infinidade de vezes. O motivo é químico. Cria-se um novo hábito, ou seja, um novo cabeamento neuronal, que atua inconscientemente. Não é de estranhar, por exemplo, que sem que se dê conta tenha ido para o trabalho de carro quando realmente queria ir para outro lugar. A repetição provoca um novo sulco na memória que arma pegadinhas. Por isso, se deseja aprender algo novo o primeiro ponto é repetir, repetir e ter muita paciência.

Associação

Segundo a palestra TED de Chester Santos, este é o truque ao memorizar uma lista de nomes como, por exemplo, macaco, pesos, casas… em vez de se fixar na palavra, crie uma história que ajude a lembrar dela, como “o macaco está levantando pesos em uma casa….”. A associação pode ser usada no seu dia a dia de muitas outras maneiras, como na hora de se lembrar dos nomes de pessoas que você acaba de conhecer, algo que, aliás, costumamos esquecer com facilidade, segundo demonstrou a ciência (uma boa explicação para não nos sentirmos mal com nós mesmos).

Ressonância emocional

Você deve lembrar o que estava fazendo quando soube do 11 de Setembro ou quando recebeu uma notícia surpreendente, ou um momento que foi muitíssimo prazeroso. O motivo é a amígdala, a zona emocional do cérebro que tem a qualidade de registrar sensações intensas. Tudo aquilo que você viveu com intensidade emocional será mais fácil de memorizar, como uma matéria de que você gostava muito na escola ou a visita feita a algum lugar que gostou muito. Na medida em que algo te agrade, incluirás emoções e será mais fácil memorizar.

Novidade

O novo atrai o cérebro e o faz recordar. Isto se deve também à ressonância emocional que nos desperta. É mais fácil lembrar os nomes anteriores do exemplo do macaco, pesos, casas, etc, se a história construída for surpreendente ou sem pé nem cabeça. Um macaco levantando pesos não é muito comum, sem dúvida. Nosso cérebro gosta de se divertir um pouco, utilize também a imaginação e a criatividade na hora de escrever as coisas que não quer esquecer, será mais fácil para a sua memória. Palavras decoradas ou pintadas artisticamente serão mais facilmente lembradas do que escritas em um documento de Excel.

Com informações do El País. 

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *