Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Mudança de postura da FGV: é boato ou verdade?

Publicado em 6 de setembro de 2017 por - Comentar

No Kozikoski Responde de hoje, o professor aborda sobre a possível mudança de postura da FGV. Há alguns boatos, principalmente na internet, que a Fundação Getúlio Vargas se assumiu como banca que cobra conteúdos interdisciplinares. Essa crença se acentuou com a 1ª fase do XXIII Exame de Ordem em que algumas áreas convergiam. “Houve até divergências entre os professores, para descobrir sobre qual área se tratava a questão. Pois haviam perguntas que cobravam pontos em comum com diferentes disciplinas. É como se juntasse o Direito Ambiental com o Direito Constitucional”, comenta o professor.

Mas Kozikoski lembra que ainda é muito cedo para dizer se essa é uma tendência. “Porém, é fato que a banca está se reinventando. Não está mais se prendendo a pegadinhas, mas sim procurando questões que cobrem um raciocínio mais crítico e conhecimento aplicado”. Por isso, o professor lembra que é importante a conscientização da necessidade de estudar para valer, com responsabilidade.

“Independente se haverá ou não a mudança de postura da FGV, para cobrar assuntos interdisciplinares, é verdade que a prova está ficando mais complexa. Mas isso não significa que ela está mais difícil, pelo menos não para quem estuda e de fato entende a matéria”, lembra. Quando o assunto é estudado e entendido ele pode ser cobrado de outras formas que isso não afetará seu desempenho na prova.

Então vamos lá futuro advogado, não adianta reclamar, é preciso assumir a responsabilidade e seguir em frente. “Você precisa ter consciência que o Exame de Ordem não é seu maior desafio, ele é só o primeiro. Virão maiores desafios durante sua carreira profissional. Acredite, estude de forma comprometida e você vai passar!”. Assista ao vídeo e conheça todas as dicas do professor Kozikoski.

Mudança de postura da FGV

 

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS 


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *