Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Aprova Lendo 45 – “Nossas Noites”

Publicado em 27 de julho de 2017 por - Um Comentário

Aprova Lendo 45 – Explorando as relações na 3ª idade, o livro do escritor norte-americano Kent Haruf nos apresenta a história de um casal de idosos que redescobre o amor.

Sinopse: Em Holt, no Colorado, Addie Moore faz uma visita inesperada a seu vizinho, Louis Waters. Viúvos e septuagenários, os dois lidam diariamente com noites solitárias em suas grandes casas vazias. Addie propõe a Louis que ele passe a fazer companhia a ela ao cair da tarde para ter alguém com quem conversar antes de dormir. Embora surpreso com a iniciativa, Louis aceita o convite. Os vizinhos, no entanto, estranham a movimentação da rua, e não demoram a surgir boatos maldosos pela cidade. Aos poucos, os dois percebem que manter essa relação peculiar talvez não seja tão simples quanto parecia. Neste aclamado romance, Kent Haruf retrata com ternura e delicadeza o envelhecimento, as segundas chances e a emoção de redescobrir os pequenos prazeres da vida — que pode surpreender e ganhar um novo sentido mesmo quando parece ser tarde demais.

 

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

  • Patrícia Pires

    Olá Professor Guilherme,
    O livro aborda um tema importante com relação a políticas públicas, porém, acredito que não sejam colocadas em práticas aqui no Brasil por questões financeiras, mas não acredito muito que isto exista em lugar nenhum ou não deveria existir pois ninguém é dono de ninguém.
    Ainda, isto não é um problema de idade mas de algumas famílias que muitas vezes interferem em casais independentemente da idade. Se são jovens é pq são jovens, se na 3 idade é outro problema, por isso tão importante a independência financeira.
    Contudo, fico chocada as pessoas serem, em alguns casos, tão egoístas, pois o jeito que o mundo está com tantas barreiras derrubadas, penso que algo assim neste livro o único sentimento que passou foi revolta, por impedirem duas pessoas de serem felizes. Principalmente nos EUA, estava assistindo uma palestra no computador de tecnologia transmitida por lá e tudo acontece com tanta velocidade lá, a tecnologia, etc. É realmente surpreendente que um tema como este ainda possa ocorrer. Sim, eu sei, existem pessoas egoístas e infelizes demais para permitirem a felicidade do outro, mas, não é um problema da sociedade mas de algumas famílias.
    Talvez algumas mesquinharias, na sociedade, aqui no Brasil, quanto a políticas públicas, problemas financeiros e falta de planejamento.
    Posso entender contudo para a mulher a família é importante pois o homem pode ser infiel e abandona -la. Eu compreendo o receio abordado no livro da protagonista, por este ponto de vista, mas penso que ela deveria simplesmente mandar tudo pro inferno e ir viver a vida dela e deles. Principalmente pq sera que ainda existe alguém com diferenças de idades no mundo. Penso que somente as crianças. Será que ainda existem idades diferentes? Surpreendente!

    Abraços,
    Patrícia Pires e Albuquerque Castello Branco

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *