Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Procrastinação – não deixe que ela atrapalhe seus estudos

Publicado em 4 de julho de 2017 por - Comentar

procrastinaçãoA procrastinação – mania de adiar uma ação ou um tarefa, de “deixar para amanhã” – é um problema comum, que afeta especialmente estudantes e acadêmicos.

Segundo Tim Pychlyl, psicólogo da Universidade de Carleton no Canadá, a procrastinação é “na atualidade, o problema mais grave da educação”.

Ele integra um grupo especializado que investiga o assunto há 20 anos, para “entender porque às vezes nos tornamos nosso pior inimigo com atrasos desnecessários e voluntários” de nossas tarefas.

Em uma conversa que teve com estudantes Pychlyl explicou que deixar algo para depois pode afetar as qualificações e a saúde mental e física – e aumentar o abandono escolar. Confira no vídeo abaixo:

Os professores sofrem do mesmo mal, como atesta a quantidade de entradas no Twitter falando da batalha entre corrigir provas e ver séries de televisão e sobre o que se chama de “culpa do escritor”. A sensação de que se é egoísta, idealista e irresponsável de ficar escrevendo ao invés de fazer algo mais rentável e prático.

Quando se estuda no computador o problema pode ser ainda maior. Com um só click é possível sair do ensaio que se está escrevendo e ver um vídeo de gatos ou vasculhar o perfil de sua ex-namorada nas redes sociais.

De acordo com Pychyl, não se trata de uma questão de gestão de tempo e sim de uma incapacidade de controlar emoções e impulsos. “Quando procrastinamos, estamos tentando melhorar nosso estado de ânimo evitando fazer algo que nos parece desagradável”, afirma.

O que podemos fazer para evitar a procrastinação

A procrastinação é mais comum em quem é mais impulsivo, propenso ao perfeccionismo, se sente oprimido pelas opiniões dos outros ou teme o fracasso. Afeta mais os jovens, pois adultos conseguem se controlar melhor à medida que o cérebro se desenvolve.

Baseando-se na pesquisa da psicóloga Fuschia Sirois, da Universidade de Sheffield, Pychyl afirma que todos podemos reduzir a procrastinação seguindo alguns passos:

  1. Practique técnicas de “mindfulness”, consciência plena (ou atenção plena) e meditação.
  2. Divida tarefa em passos claros e controláveis, coloque metas.
  3. Não se castigue por procrastinar.
  4. Apoie-se em bons hábitos que você já tem.
  5. Pense no ‘eu futuro’.
  6. Entenda a importância do que deve ser feito

Para Pychyl a procrastinação frequentemente reflete um problema existencial mais profundo de falta de identidade ou direção na vida. Procrastinamos quando a tarefa parece tediosa ou menos significativa. Assim, é preciso não esquecer da razão porque se está realizando a tarefa e como ela se encaixa em suas ambições.

Com informações da BBC Brasil

Veja mais notícias no Blog do Aprova Concursos

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *