Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Vagas em concursos públicos seguem em alta apesar da crise

Publicado em 30 de junho de 2017 por - Comentar

Situação política do país e reformas propostas pelo governo reforçam motivos para concurseiros que sonham com vagas em concursos públicos, continuarem estudando.

estudar para concursos publicos

A estabilidade financeira acompanhada de um salário digno, com benefícios que variam de acordo com cada órgão, como auxílio-transporte, auxílio-alimentação, plano de saúde, auxílio-creche, auxílio-maternidade, plano de carreira, 13º e férias de 30 dias são alguns dos motivos que levam muitas pessoas a investirem nos estudos para obter a tão sonhada vaga no concurso público.

Porém, as crises políticas e econômicas no país têm gerado dúvidas sobre a estabilidade nos mais variados setores. Nesse sentido, a dúvida dos concurseiros é:

Como a crise pode influenciar as vagas em concursos públicos?

O cenário brasileiro incerto afeta o setor privado, que fica suscetível às variáveis do mercado.  Esses fatores podem gerar temor nos novos ingressantes do mercado de trabalho, reforçando a carreira pública como uma opção segura e estável.

Entretanto, o setor público também acaba afetado pela crise, o que faz com que as vagas nos concursos públicos sofram uma retração em relação ao passado. Recentemente, em entrevista concedida à VEJA, Marco Antônio Araújo Junior, presidente da Anpac (Associação Nacional de Proteção aos Concurseiros) afirmou que, para se ajustarem à crise, os órgãos públicos abriram um número de vagas um pouco menor do que o convencional. A previsão é que sejam ofertadas 85 mil vagas efetivas em 2017, em comparação às 96.000 do último ano. Por outro lado, a boa notícia é que houve um aumento para vagas destinadas ao cadastro reserva, que devem ficar em torno de 20 mil.

Ou seja: os concurseiros devem continuar focados nos exercícios e videoaulas, essenciais para o sucesso nas provas. Afinal, o cenário deixa a carreira pública ainda mais desejável, com estabilidade garantida, o que pode aumentar a concorrência. Foco nos estudos e na vaga desejada!

Reforma da Previdência e os concursos públicos

Ao contrário do que muitos pensavam, a reforma da Previdência proposta pelo governo de Michel Temer deve acelerar ainda mais a disponibilidade de vagas no setor público. Isso acontece por conta das alterações que causam uma corrida nos servidores que postergavam a decisão de se aposentar, mas que agora devem colocar o projeto em prática para fugir das mudanças.

Outras reformas, como a trabalhista e a lei da terceirização não devem afetar o cenário. Afinal, o serviço público continua essencial para o Brasil, as contratações sem concurso são inconstitucionais e também não deverão ser afetadas pela terceirização. Segundo o relator do projeto da terceirização aprovado pela Câmara, o deputado Laércio Oliveira (SD-SE), seu texto não muda a situação do funcionalismo público, pois é focado na iniciativa privada.

De acordo com a assessoria do deputado, em entrevista concedida ao UOL, não seria necessário nem uma menção sobre o tema, pois a Constituição estabelece a necessidade do concurso em seu artigo 37. O juiz federal e colunista do UOL, William Douglas, também é taxativo: as contratações no setor público sem concursos são inconstitucionais.

Terceirização não afeta concursos públicos; estabilidade é garantida pela Constituição

Segundo Douglas, a terceirização irrestrita no serviço público é proibida por lei e o projeto não afeta a necessidade dos concursos nem mesmo em empresas de economia mista como o Banco do Brasil, que fazem contratações nos dois modelos. Afinal, os concursos são obrigatórios pela Constituição, e seu artigo 173, que ressalva os casos de atividade econômica previstos pelo Estado, não abre exceções para mudanças.

Portanto, a segurança de um cargo público permanece inalterada e continua atrativa aos concurseiros, que devem focar nas notícias sobre a crise e os projetos de reformas apenas como mais uma pauta de estudos de atualidades e não como um fator negativo para seu projeto de ingresso em uma vaga no setor público.

Dessa forma, para não ter nenhuma surpresa negativa, a dica é focar no seu objetivo, continuar sempre se preparando os concursos públicos com vagas abertas em 2017.

Estudar para buscar uma vaga em concurso público é a melhor saída contra a crise.

 

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *