Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Dica de filme: A Vida é Bela

Publicado em 14 de junho de 2017 por - Um Comentário

Essa é a hora de largar um pouquinho as videoaulas e descansar a mente assistindo um bom filme. E a dica de filme de hoje vai para A Vida é Bela de 1999. O longa tem como cenário a Segunda Guerra Mundial e os campos de concentração nazistas. E no foco está o judeu Guido (Roberto Benigni) e seu filho Giosué (Giorgio Cantarini). Levando em consideração o contexto, tudo leva a crer que é uma história triste, e realmente não deixa de ser, mas para o pequeno Giosué o mal da época é fantasiado pela imaginação de seu pai em criar um mundo mais feliz para seu filho. O judeu faz o menino acreditar que eles estão participando de uma grande brincadeira. E tudo isso é feito para protegê-lo do terror e violência da época.

Conheça algumas frases inspiradoras do filme A Vida é Bela:

1. Esta é uma história simples, mas não é fácil contá-la. Como uma fábula, há dor e, como uma fábula, está cheia de admiração e felicidade.

2. O silêncio é o grito mais alto.

3. Não há nada mais necessário do que o supérfluo.

4. Esse é o sacrifício do meu pai. O presente que ele tinha para mim.

5. Os girassóis se curvam diante do sol, mas se você os vê muito inclinados, significa que estão mortos. Um serve, mas não é um servo; servir é a arte suprema, Deus é o primeiro servidor; Deus é um homem, mas não um servo dos homens.

6. Você ainda não entendeu que, para me fazer feliz, é preciso muito pouco? Um bom sorvete de chocolate, talvez dois, um passeio juntos e que aconteça o que tem de acontecer.

 

A vida é bela – Veja um trecho do filme

O próprio ator e diretor, Roberto Benigni, afirmou que o título do filme é baseado em uma citação de Léon Trotsky, enquanto estava no exilio. Ele escreveu que apesar de tudo “life is beautiful”, em português “a vida é bela”. Que nós também consigamos, todo dia, ver a beleza da vida e acreditar que os obstáculos só aparecem para que, quando alcançarmos o objetivo, saibamos dar valor a conquista.

O filme  levou algumas estatuetas do Oscar de 99, entre elas o de Melhor Ator para Benigni, marcando a segunda vez em que uma performance italiana é premiada.

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *