Hoje a professora Cleuza Cecato fala sobre a memória, um tema atemporal que pode receber uma série de novas influências e abordagens.

Como exemplo ela cita o Dia da Memória pelas Vítimas do Holocausto e a frase da prefeita de Roma, Virginia Raggi, durante uma celebração na Itália: “Recordar é o antídoto mais forte contra o esquecimento e a indiferença e o instrumento mais importante para traçar uma nova estrada”.

03

E ainda, sugere uma proposta de redação-resumo sobre o tema saúde-memória. Clique aqui para acessar!

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *