Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Autorizada abertura de 622 vagas temporárias no Exército

Publicado em 4 de novembro de 2016 por - 3 Comentários

exércitoFoi divulgada no Diário Oficial da União uma Portaria Interministerial autorizando o Exército a contratar, por tempo determinado, 622 profissionais em cargos de todos os níveis de escolaridade. O edital do processo seletivo deverá ser divulgado até o final do mês.

Os profissionais serão contratados para atuar em projetos de engenharia de construção, em obras públicas de infraestrutura, em atividades de mapeamento cartográfico terrestre, em ações de logística e na implantação em projetos estratégicos do Exército, obedecido o seguinte cronograma: 383 vagas até dezembro de 2016 e 239 até abril de 2017.

As oportunidades serão para:

  • nível alfabetizado – Auxiliar Operacional de Serviços Diversos;
  • nível médio/técnico – Agente Administrativo, Agente de Serviços Complementares, Agente de Serviço de Engenharia, Agente de Telecomunicações e Eletricidade, Artífice de Carpintaria e Marcenaria, Artífice de Eletricidade e Comunicações, Artífice de Estruturas de Obras e Metalurgia, Artífice de Mecânica, Auxiliar de Laboratório, Auxiliar de Artífice, Auxiliar Operacional de Serviços de Engenharia, Desenhista, Laboratorista, Motorista, Programador, Projetista, Técnico de Nível Médio e Técnico em Edificações;
  • nível superior – Administrador, Analista Ambiental, Analista de Sistemas, Arquiteto, Contador, Engenheiro, Geólogo e Técnico de Nível Superior.

A atuação será em projetos inseridos no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), na implantação do Comando de Defesa Cibernética e da Escola Nacional de Defesa Cibernética e do Comando Operações Terrestres (COTER) e Centro de Coordenação de Operações Terrestres Interagências (CCOTI).

Será formado ainda um cadastro reserva com 20 oportunidades, para substituição, em caso de vacância, daqueles alocados para a implementação da Infraestrutura Geoespacial do Programa de Modernização da Gestão do Patrimônio Imobiliário da União.

O documento será divulgado na página do Ministério da Defesa. O prazo de duração dos contratos será de até um ano, prorrogável em caso de necessidade das atividades desempenhadas pelos profissionais.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

3 comentários

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *