abinA Agência Brasileira de Inteligência (Abin) deverá reapresentar já no início de 2017 um pedido de concurso para os níveis médio e superior. Entidades representativas dos servidores cobram a realização de concurso para diminuir o déficit de pessoal.

De acordo com informações da Folha Dirigida o Ministério do Planejamento negou ter recebido a solicitação do órgão, mas informou que mesmo se tivesse recebido, devolveria a demanda devido a suspensão dos concursos na administração federal.

Previsão era de concurso com 650 vagas
No pedido encaminhado este ano, a Abin solicitava abertura de 650 vagas com provimento escalonado, sendo as nomeações divididas em quatro anos (2017 e 2020). Seriam 250 vagas para Oficial de Inteligência, 200 para Oficial Técnico de Inteligência, 90 de Agente de Inteligência e por fim 110 de Agente Técnico de Inteligência. As remunerações variam entre R$ 5.119,73 e R$ 15.003,80, incluso o auxílio-alimentação de R$ 458,00.

ANTECIPE SEUS ESTUDOS COM O APROVA CONCURSOS
Para mais informações sobre os cursos preparatórios, ligue: 0800 725 8888

Último concurso
Organizado pelo Cespe/UnB em 2010, com oportunidades de nível médio para Agente Técnico (administração, contabilidade, edificações, eletrônica e tecnologia da informação) e superior no cargo de Oficial Técnico (administração, planejamento estratégico, arquitetura, arquivologia, ciências, contabilidade, jornalismo, publicidade, estatística, desenvolvimento e manutenção de sistemas, direito, educação física, engenharia civil, engenharia elétrica, pedagogia, psicologia, serviço social e suporte à rede de dados).

Para o cargo de Oficial de Inteligência o último concurso aconteceu em 2008, o que de acordo com a Aofi representa uma lacuna de pelo menos nove anos na formação de profissionais de Inteligência em efetivo exercício.

Veja quais são as funções de um Oficial de Inteligência

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *