Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Dica do Aprova: “Um Sonho Possível”

Publicado em 28 de julho de 2016 por - Comentar

Banner-dica-do-aprova#05Atenção concurseiro! Coloque os assentos do seu sofá na posição reclinada, afofe bem as almofadas, selecione o melhor edredom, coloque as guloseimas na mesa ao lado e dê o play em mais uma Dica do Aprova.

Um Sonho Possível” (2009)

O filme conta a história de Michael Oher, um jovem que passou toda infância em orfanatos e sempre fugia ao ser adotado por uma nova família, pois acreditava conseguir viver melhor nas ruas de Memphis. Porém, não imaginava que essa visão mudaria completamente ao encontrar em seu caminho a designer Leigh Anne Tuohy, que durante uma noite bastante chuvosa acolheu Michael enquanto ele caminhava sem rumo, buscando um lugar para se abrigar.

Com o apoio do marido e dos dois filhos, Leigh Anne passa a tratar Michael como um membro da família ou, de acordo com a própria, como seu terceiro filho. A partir daí ele passa a conhecer o que é o amor de uma mãe, uma vez que a verdadeira é dependente química e não participou de sua criação, descobre como é ter uma família de verdade, e ganha confiança para buscar seus sonhos, entre eles ser um jogador de futebol americano. Porém, até a concretização deste objetivo, “Big Mike” (que não gosta de ser chamado assim) passa por inúmeras provações.

Baseado em uma história real, “Um Sonho Possível” foi indicado ao Oscar de Melhor Filme e a excelente atuação de Sandra Bullock (que curiosamente chegou a recusar o papel por três vezes) rendeu-lhe a estatueta de Melhor Atriz. Atualmente Michael Oher está com 30 anos, joga no Carolina Panthers e tem no seu currículo uma conquista de Super Bowl quando defendia o Baltimore Ravens.

“…É por isso que coragem é uma coisa complicada.
Você sempre vai fazer o que os outros dizem pra você fazer?
Às vezes você pode nem ao menos saber porque está fazendo alguma coisa.
Qualquer idiota pode ter coragem. Mas honra, essa é a verdadeira razão para você fazer ou não alguma coisa.
É quem você é ou talvez quem você queira ser.
Se você morrer tentando por alguma coisa importante então você terá ambos, coragem e honra.
E isso é muito bom. Acho que isso é o que o escritor estava dizendo.
Que você deve esperar pela coragem e praticar a honra.
E talvez até mesmo rezar para que as pessoas que te dizem o que fazer, tenham alguma também.”


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *