Olá Concurseira, Olá Concurseiro!
Como você já deve ter visto, no dia 07/06/2016 os noticiários brasileiros trouxeram uma informação “desanimadora” para os concurseiros.
Segundo divulgado, o Ministro Interino do Planejamento informou que não serão autorizados concursos públicos no ano de 2016 e nem mesmo no ano de 2017! Como esperado, a notícia causou furor e desânimo naqueles que vêm se preparando em busca de uma colocação no funcionalismo público!
Se você não viu a notícia, pode vê-la agora clicando no link abaixo:
Contudo, não há qualquer motivo para pânico neste momento!
Vejamos:
1) Trata-se de uma notícia veiculada por um Ministro Interino!
O Ministro responsável pela divulgação da notícia compõe o Governo Interino (provisório) do Presidente Michel Temer! Logo, se o Governo é interino, o Ministro é interino; se o Ministro é interino, os planos e os objetivos também são interinos! Simples assim!
Como todos sabem, existe uma chance de o Governo da Presidente Dilma Rousseff reassumir. Caso isso aconteça, a meta pode ser simplesmente ignorada!
E a bem da verdade, mesmo que o Governo Michel Temer permaneça, a meta pode ser revista, pois conjecturas econômicas positivas podem condicionar a revisão da suspensão dos concursos públicos!
Evidentemente, há uma inércia no funcionalismo público brasileiro. Ou seja, há servidores que ocupam vagas importantes do ponto de vista estrutural. Essas vagas não podem simplesmente ser cortadas, sob pena de comprometer a própria continuidade do serviço público! Por isso, inclusive, desconfie quando te disserem que este ou aquele governo é contrário ao concurso público porque ele simplesmente não pode ser!
2) De novo a “suspensão dos concursos públicos”?
Sempre que se avizinha ou se aprofunda uma crise exsurge o fantasma do fim do concurso público.
Em 2009 – conturbado ano para a economia brasileira – foi anunciado que novos concursos públicos não seriam mais feitos num horizonte relativamente longo. Contudo, em 2010 mais de 36.000 cargos foram abertos!
Em 2011 também houve “suspensão de concursos públicos”, mas meses após 20.000 novos servidores foram contratados!
Lembra da inércia?
Não dá para parar!
Mais recentemente muito se discutiu sobre a abertura do tão esperado concurso público para o INSS. Várias pessoas desanimaram e foram surpreendidas com a publicação do edital!
Se quer ver mais motivos para não desanimar, veja o vídeo abaixo no qual comentei, juntamente com meus amigos Valter Otaviano e Ricardo Beck, sobre a suspensão dos concursos públicos:
3) Princípio do “cada um no seu quadrado”.
Mesmo que essa medida seja verdadeira, mesmo que a economia não se recomponha, é necessário frisar que o Ministro Interino do Planejamento fala no âmbito Federal! Isto é, a previsão não afeta o concurso público no âmbito estadual, distrital ou municipal!
Então, se a sua pretensão é de obter um cargo nesses âmbitos, agora é a hora!
Ainda, há que se ter em conta que mesmo os demais poderes da União (Legislativo e Judiciário) tem orçamentos próprios, de modo que não estão descartadas as aberturas de novas vagas nessa área!
4) “Ok, e se for verdade”?
Se for verdade, ainda assim a hora é de estudar.
Não há escolha.
Se você quer uma vaga, não há o que fazer a não ser estudar.
Veja as possibilidades nesse contexto:
Possibilidade 1: Joana, interessada em uma vaga, desanima com a notícia e para de estudar. Contudo, passados alguns meses a economia reaquece e novos concursos são abertos!
Possibilidade 2: Paula, interessada em uma vaga, desanima com a notícia com a notícia mas percebe que não há outra alternativa senão acreditar no sonho e continuar estudando. Passados alguns meses, a economia reaquece e novos concursos são abertos!
Pergunta, quem tem mais chance de ser aprovada, Joana ou Paula? Evidentemente Paula!
Então, sem essa de desanimar! Muito pelo contrário! Agora é a hora de avançar! Onde vários veem dificuldade na oportunidade, veja oportunidade na dificuldade!
Lembre-se que hoje tudo muda com grande velocidade! A economia enfraquece e no dia seguinte fortalece; a economia fortalece, mas no dia seguinte enfraquece! Tudo muda na velocidade de um “recarregar a página de notícias”.
Portanto, estude.
Se desanimar, volte e estude mais um pouco!
Quando estiver animado, volte e estude mais um pouquinho ainda e a aprovação será sua!
Um forte abraço!
Antonio C. Kozikoski Junior

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *