Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Estatuto do Concurso será discutido pela OAB RJ

Publicado em 17 de maio de 2016 por - 4 Comentários

Concursos 2016A Comissão para Acessibilidade Pública da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB RJ) realizou na última semana sua primeira reunião para discutir a regulamentação dos concursos públicos. O objetivo é acabar com irregularidades na realização dos certames durante todo o processo e igualdade de direitos entre os candidatos.

O presidente da Comissão, Sérgio Camargo, e o tesoureiro da OAB RJ, Luciano Bandeira, em entrevista à Folha Dirigida, explicaram que essa é uma questão de consolidação do Estado de direito, ressaltando que ainda existem questões típicas do Brasil Colônia, como nepotismo, terceirizações e favorecimentos como tentativas de evitar a meritocracia.

Com a criação do estatuto espera-se que o judiciário deixe der ser sobrecarregado com ações sobre irregularidades ocorridas nos certames. A elaboração do edital deverá partir das normas e padrões contidas no estatuto, evitando que os concursos apresentem inadequações desde a origem. A comissão também pretende trabalhar no combate às terceirizações irregulares.

A Audiência Pública para Elaboração do Estatuto Público Fluminense será realizada no dia 27 de junho, das 9h às 15h pela Comissão para Acessibilidade Pública (CAP) da OAB RJ. O objetivo é reunir concurseiros, especialistas na área e interessados de um modo geral para debaterem e sugerirem tópicos que deverão constar do projeto de lei que será elaborado para regulamentar concursos no âmbito do Estado do Rio de Janeiro.

Além do município do Rio de Janeiro, o Distrito Federal também já tentou implantar a regulamentação dos concurso públicos, mas ambos foram considerados inconstitucionais por vício de iniciativa. Uma regulamentação desta espécie deve partir do chefe de Estado (Governador) ou ser de iniciativa popular. A estratégia da comissão da OAB RJ será propor o estatuto por iniciativa popular já que a crise financeira é prioridade nas decisões do governamentais.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

4 comentários

  • Marcia de Almeida Ramos

    Gostaria quê acabasse com a nota de corte, ja passei em vários concursos e fui cortada. Acho isso muito injusto uma vez que o edital sempre pede 50% de acertos. Ja fiz 70% e fui cortada.

  • maria dos remedios s. cruz

    pasmem aqui em caucaia-ce tem um concurso para area da saúde onde consta que diabético será reprovado no exame médico, sei que uma nova lei vai abrir precedente para outros estados.

  • Alex Faulhaber

    Limite de idade para concursos militares deveria acabar também.

  • Givanice

    O que deve acabar também é a contratação de terceirizados e comissionados quando se tem uma lista enorme de aprovados em concurso público que está no prazo de vigência.

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *