Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

EsPCEx abre 440 vagas no Curso de Formação de Oficiais das Armas

Publicado em 2 de maio de 2016 por - Comentar

espcexA Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), localizada na cidade de Campinas/SP, abriu concurso com 440 vagas para ambos os sexos, para ingresso no Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico que visa formar Aspirantes a Oficial  das Armas.

ESTUDE PARA ESTE CONCURSO COM O APROVA CONCURSOS
Para mais informações ligue 0800 725 8888

As inscrições estão abertas até o dia 28 de junho de 2016 e deverão ser feitas pelo www.espcex.ensino.eb.br. O valor da taxa é de R$ 90,00.
Principais requisitos

  • ser brasileiro(a)  nato(a), do sexo feminino ou masculino;
  • possuir idade de, no mínimo, 17 (dezessete) e, no máximo, 22 anos, completados até 31 de dezembro de 2017;
  • ter concluído ou estar cursando (no ano da inscrição – 2016) a 3ª série do Ensino Médio;
  • altura mínima de 1,60m (sexo masculino), sendo que esta limitação não se aplica aos candidatos com até 16 (dezesseis) anos de idade, desde que possuam a altura mínima de 1,57 m (um metro e cinquenta e sete centímetros) e exame especializado revele a possibilidade do crescimento. Para o sexo feminino a altura mínima é de 1,55m.

Etapas

O Concurso de Admissão para a matrícula será constituído de duas fases.

A 1.ª fase, em âmbito nacional e de caráter eliminatório e classificatório, abrange o Exame Intelectual.

O Exame Intelectual é composto de provas escritas, previstas para serem realizadas nos dias 10 e 11 de setembro de 2016. As avaliações serão aplicadas a todos os candidatos inscritos, versando sobre os assuntos relacionados no Edital de Abertura do Concurso de Admissão e no Manual do Candidato. As provas se distribuem nos seguintes módulos:

Primeira fase
1.º dia – 10/09/16 das 13h30 às 18h00 – módulo aplicado num único período de tempo, sem intervalos, composto das provas de Português (com 20 questões objetivas e peso 2), Redação (questão discursiva) e Física-Química (com 24 questões objetivas e peso 2).

2.º dia – 11/09/16 das 13h30 às 18h00 – módulo aplicado num único período de tempo, sem intervalos, composto das provas de Matemática (com 20 questões objetivas e peso 2), Geografia-História (com 24 questões objetivas e peso 2) e Inglês (com 12 questões objetivas e peso 1).

A segunda fase, prevista para o dia 26 de janeiro de 2016, de caráter apenas eliminatório, destina-se à verificação dos requisitos biográficos exigidos aos candidatos e averiguação de idoneidade moral, à realização da Inspeção de Saúde e à realização do Exame de Aptidão Física.

As provas do exame intelectual geralmente ocorrem em meados de setembro, e os candidatos classificados dentro do número de vagas são convocados para se apresentar na EsPCEx em janeiro do ano seguinte, a fim de submeterem-se às demais etapas do concurso de admissão citadas acima.

Exame de Aptidão Física

A etapa que compreende o Exame de Aptidão Física (EAF) está prevista para iniciar a partir de 27 de janeiro de 2016. A aptidão física será expressa pelo conceito “APTO” (aprovado) ou “INAPTO” (reprovado), e será avaliada pela aplicação de tarefas a serem realizadas pelo candidato (com seu próprio traje esportivo), em movimentos sequenciais padronizados e de forma contínua, conforme as condições de execução discriminadas a seguir:

– abdominal supra

  • posição inicial: o candidato deverá tomar a posição deitado em decúbito dorsal, joelhos flexionados, pés apoiados no solo, calcanhares próximos aos glúteos, braços cruzados sobre o peito, de forma que as mãos encostem no ombro oposto (mão esquerda no ombro direito e vice-versa); o avaliador deverá se colocar ao lado do avaliado, posicionando os dedos de sua mão espalmada, perpendicularmente, sob o tronco do candidato a uma distância de quatro dedos de sua axila, tangenciando o limite inferior da escápula (omoplata); esta posição deverá ser mantida durante toda a realização do exercício;
  • execução: o candidato deverá realizar a flexão abdominal até que as escápulas percam o contato com a mão do avaliador e retornar à posição inicial, quando será completada uma repetição, e prosseguirá executando repetições do exercício sem interrupção do movimento, em um tempo máximo de 5 minutos; o ritmo das flexões abdominais, sem paradas, será opção do candidato;
  • o candidato não poderá obter impulso com os braços afastando-os do tronco nem retirar os quadris do solo, durante a execução do exercício.

– flexão de braços em barra (sem limite de tempo)

  • posição inicial: o candidato, sob a barra horizontal fixa, deverá empunhá-la com a pegada em pronação (palmas das mãos para frente), braços totalmente estendidos; as mãos deverão permanecer com um afastamento entre si correspondente à largura dos ombros e o corpo deverá estar estático; braços totalmente estendidos; corpo suspenso, sem que os pés estejam apoiados no solo ou nas traves de sustentação da barra;
  • execução: após a ordem de iniciar, o candidato deverá executar uma flexão dos braços na barra até que o queixo ultrapasse completamente a barra (estando a cabeça na posição natural, sem hiperextensão do pescoço) e, imediatamente, descer o tronco até que os cotovelos fiquem completamente estendidos (respeitando as limitações articulares individuais), quando será completada uma repetição; prosseguirá executando repetições do exercício sem interrupção do movimento; o corpo do executante não poderá, em nenhum momento, tocar o solo nem os suportes da barra;
  • o ritmo das flexões de braços na barra é opção do candidato; não poderá haver qualquer tipo de impulso, nem balanço das pernas para auxiliar o movimento; a contagem de flexões será encerrada no momento em que o candidato largar a barra; o corpo do executante não poderá, em nenhum momento, tocar o solo nem os suportes da barra.

– flexão de braços (sem limite de tempo)

  • posição inicial: apoio de frente sobre o solo, braços e pernas estendidos; para a tomada da posição inicial, o candidato deverá se deitar, em terreno plano, liso, apoiando o tronco e as mãos no solo, ficando as mãos ao lado do tronco com os dedos apontados para a frente e os polegares tangenciando os ombros, permitindo, assim, que as mãos fiquem com um afastamento igual à largura do ombro; após adotar a abertura padronizada dos braços, deverá erguer o tronco até que os braços fiquem estendidos, mantendo os pés unidos e apoiados sobre o solo;
  • execução: o candidato deverá abaixar o tronco e as pernas ao mesmo tempo, flexionando os braços paralelamente ao corpo até que o cotovelo ultrapasse a linha das costas, ou o corpo encoste no solo, estendendo, então, novamente, os braços, erguendo, simultaneamente, o tronco e as pernas até que os braços fiquem totalmente estendidos, quando será completada uma repetição; prosseguirá executando repetições do exercício sem interrupção do movimento;
  • o ritmo das flexões de braços, sem paradas, será opção do candidato.

– corrida de 12 min (doze minutos)

  • execução: partindo da posição inicial de pé, o candidato deverá correr ou andar a distância máxima que conseguir, no tempo de 12 min, podendo interromper ou modificar seu ritmo;
  • a prova deverá ser realizada em piso duro (asfalto ou similar) e predominantemente plano; para a marcação da distância, deverá ser utilizada uma trena de 50 (cinquenta) ou 100 (cem) metros, anteriormente aferida;
  • é permitido ao candidato o uso de qualquer tipo de tênis e a retirada da camiseta;
  • é proibido, a quem quer que seja, acompanhar o executante, em qualquer momento da prova.

As tarefas serão realizadas em dois dias consecutivos, e os candidatos deverão atingir os seguintes índices mínimos para aprovação:

1.º dia 2.º dia
Flexão de braços em barra Abdominal supra Corrida de 12 minutos Flexão de braços
03 (três) 30 (trinta) 2200 (dois mil e duzentos) metros 15 (quinze)

Convocação para Inspeção de Saúde

Serão submetidos à Inspeção de Saúde, a partir do dia 25 de janeiro de 2017, os candidatos aprovados no Exame Intelectual e classificados dentro do número de vagas fixadas pelo Estado-Maior do Exército e os aprovados e não classificados, mas incluídos na majoração ou na listagem de espera, quando convocados.

Convocação para a comprovação dos requisitos pelos candidatos

Na data prevista pelo Calendário Anual do Concurso de Admissão para seu comparecimento à EsPCEx, o candidato convocado para a 2.ª fase deverá apresentar obrigatoriamente os documentos exigidos para a matrícula.

Adiantamento da matrícula no curso de formação

O candidato aprovado em todas as etapas do Concurso de Admissão (habilitado) poderá solicitar adiamento de sua matrícula, por uma única vez, e por intermédio de requerimento ao Comandante da EsPCEx. Esse adiamento será concedido em caráter excepcional, por motivo de tratamento de saúde própria, de acordo com as prescrições constantes do regulamento daquele estabelecimento de ensino.

O candidato que tiver sua matrícula adiada somente poderá ser matriculado: 1) no início do ano letivo imediatamente seguinte ao do adiamento; 2) se for aprovado em nova 2ª fase, que deverá ser realizada sob as mesmas condições do Edital do Concurso de Admissão que regula a matrícula no ano imediatamente seguinte ao do adiamento; e 3) se atender às condições exigidas pelo Regulamento da EsPCEx (R-114).

Os requerimentos de adiamento de matrícula deverão dar entrada na EsPCEx até a data da matrícula, estabelecida no Calendário Anual do Concurso de Admissão, juntamente com a documentação comprobatória, se for o caso. Os requerimentos dos candidatos militares deverão ser remetidos por meio de ofícios de seus respectivos comandantes, chefes ou diretores de Organização Militar.

Curso de Formação e Graduação de Oficiais de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico

Os candidatos aprovados serão matriculados e se tornarão militares da ativa do Exército Brasileiro, na condição de Aluno da EsPCEx. O curso graduará oficiais nas seguintes Armas, Quadro ou Serviço: I – Infantaria; II – Cavalaria; III – Artilharia; IV – Engenharia; V – Intendência; VI – Comunicações; e VII – Material Bélico.

A duração do Curso de Formação e Graduação do Oficial de Carreira da Linha de Ensino Militar Bélico do Exército Brasileiro será de cinco anos no regime de internato. Após a conclusão do curso, os alunos serão declarados Aspirantes a Oficial  das Armas, do Quadro de Material Bélico ou do Serviço de Intendência do Exército Brasileiro.

O curso estará estruturado em três fases distintas:

1ª fase, realizada na EsPCEx, correspondendo ao 1.º ano, objetivando proporcionar ao aluno uma preparação acadêmica massificada e a iniciação aos fundamentos das Ciências Militares; a primeira fase será realizada nas instalações da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), em Campinas, SP.

2ª fase, realizada na AMAN, correspondendo ao 2º ano, tendo por objetivo dar prosseguimento à formação do discente, com a aquisição de conhecimentos comuns a todos os cursos, habilitando-o ao prosseguimento nos demais anos;

3ª fase, realizada na AMAN, correspondendo aos 3º, 4º e 5º anos, tendo por objetivos: complementar a formação proporcionada nos 1º e 2º anos, habilitando os discentes ao desempenho de cargos de Tenente e Capitão não aperfeiçoado das Armas, do Serviço de Intendência e do Quadro de Material Bélico; e orientar o futuro oficial quanto ao prosseguimento dos estudos necessários para os cargos de Capitão aperfeiçoado e para os de postos mais elevados; a segunda e a terceira fase serão realizadas nas instalações da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende, RJ.

EsPCEx

Ensino Militar Bélico do Exército Brasileiro é destinado a formar o Aspirante a Oficial da Linha de Ensino Militar Bélico, habilitando-o a ocupação dos cargos de tenente e capitão não aperfeiçoado, previstos nos quadros de organização, em tempo de guerra ou de paz; graduar o bacharel em Ciências Militares; iniciar a formação do chefe militar; assegurar o preparo cognitivo, atitudinal e valoral necessários ao oficial; desenvolver e fortalecer a personalidade, a formação patriótica e humanística, uma sadia mentalidade de disciplina consciente e a vocação para a carreira militar; e desenvolver habilidades técnicas e padrões comportamentais inerentes ao combatente

Atuação do Aspirante a Oficial

Compete ao Aspirante a Oficial atuar em operações de guerra convencional e assimétrica; desenvolver pesquisas na área das Ciências Militares; empregar ferramentas gerenciais com desenvoltura; gerir recursos materiais e financeiros e bens públicos com eficiência; integrar forças de paz e de estabilização pós-conflitos; liderar, motivar e valorizar os talentos humanos sob seu comando; negociar e gerenciar crises; operar em ambiente incerto, que envolvam múltiplos cenários; participar de operações conjuntas e combinadas; ser proficiente em, no mínimo, um idioma estrangeiro; transmitir as tradições e os valores da Instituição, preservando a cultura militar; trabalhar de forma integrada com outras organizações; e utilizar sistemas de armas com alto grau de complexidade e de tecnologia.

Mais detalhes podem ser acessados no edital e outras dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (19) 3744 2020 ou pelo e-mail concurso@espcex.ensino.eb.br

ESTUDE PARA ESTE CONCURSO COM O APROVA CONCURSOS
Para mais informações ligue 0800 725 8888

SOBRE O CONCURSO

• Edital 2016: publicado
• Inscrições: 02/05/16 a 28/06/16
• Cargo: Cadete do Exército
• Vagas: 440
• Taxa de Inscrição: R$ 90,00
• Requisitos: ser brasileiro nato, do sexo masculino, ter entre 17 e 22 anos até 31 de dezembro de 2017, ter concluído ou estar cursando (no ano da inscrição) a 3.ª série do Ensino Médio, altura de no mínimo, 1,60m (sexo masculino) e 1,55m (sexo feminino).
• Curso: duração de 1 ano em Campinas/SP
• Prova: 10 e 11/09/16
• Matrícula e Solenidade de entrada: 18/02/17
• Organizadora:EsPCEx


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail