correio_novamarcaNa audiência realizada na última sexta-feira (12), a juíza Audrey Choucair Vaz, da 15.ª Vara do Trabalho de Brasília, manteve a decisão tomada em novembro de 2014 de que os Correios devem convocar os aprovados em cadastro de reserva do concurso de 2011 no lugar de funcionários terceirizados.

Na audiência, a juíza ainda afirmou que o processo em relação ao concurso de 2011 não impede aos Correios de abrir um novo concurso para as regiões que a Estatal já convocou todos os aprovados em cadastro de reserva.

Pela decisão judicial de novembro do ano passado, os Correios devem apresentar, em seis meses (a contar a partir da intimação), um levantamento que indique a quantidade de servidores necessários no quadro de funcionários efetivos para que sejam realizadas novas contratações a partir do cadastro de reserva do concurso de 2011. A Estatal irá recorrer novamente.

30 mil servidores terceirizados

Segundo divulgou a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os Correios mantém cerca de 30 mil terceirizados irregulares na atividade-fim.

Assim, as vagas a serem abertas dos cargos ocupados por servidores terceirizados devem ultrapassar a quantidade de aprovados no concurso de 2011. Inclusive, há regiões que em que o cadastro de reserva do concurso de 2011 já está esgotado.

Novo concurso

O novo concurso deverá abrir vagas de nível médio para carteiro, atendente comercial e operador de triagem e transbordo, e vagas de nível superior em especialidades a serem definidas. Para nível médio, a remuneração é de R$2.006,65 para 27 dias de trabalho por mês ou de R$1.893,50 para 23 dias. No cargo de carteiro, a remuneração pode chegar a de R$2.200, incluindo adicionais. E para os cargos de superior, a remuneração vai de R$4.962,05 a R$4.848,90.

Aproveite esse tempo que antecede a publicação do edital do novo concurso e já comece a se preparar!

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *