O conteúdo é extenso e as horas de estudo parecem ser insuficientes. Esse é um drama vivido pela maioria dos candidatos que se preparam para concursos. Mas, com uma dose de curiosidade e senso de observação, é possível prever alguns assuntos que podem ser cobrados na prova. E estes, sem dúvida, deverão estar na ponta da língua.

Veja algumas dicas de como identificar os conteúdos que podem cair na sua prova:

facebook11. Resolva o maior número possível de questões, não só das provas anteriores do concurso que irá fazer, mas, principalmente, das provas aplicadas recentemente pela mesma banca organizadora.

2. Conhecer e entender o perfil do examinador (aquele que elabora as questões da prova) pode ser um diferencial e tanto. Por isso, mais do que resolver as questões e avaliar seu conhecimento sobre o assunto, procure observar como a questão foi formulada, o que o examinador quis de fato avaliar ao colocar aquela questão na prova, que palavras ele utilizou para se expressar, se ele foi mais objetivo ou mais subjetivo, enfim, coloque-se no lugar no examinador.

3. É bastante comum os examinadores associarem as questões teóricas da prova com a realidade da instituição e do cargo ao qual o candidato está concorrendo. Por isso, informe-se sobre as atividades desempenhadas no órgão, leia a fundo o site da empresa, preste muita atenção às regras e leis próprias da instituição. Sabemos que nem sempre a prática é exatamente como a teoria. Mas, lembre-se que na prova será cobrado o que está previsto nas regras e leis.

4. Não existe um padrão certo e outro errado, existem apenas padrões diferentes. Portanto, não espere que o examinador pense como você. Tenha a mente aberta para compreender e aceitar perspectivas diferentes das suas.

5. Perceba o que está acontecendo a sua volta no país, no mundo. Leia os jornais!

6. Preste atenção às dicas de professores e profissionais especializados. A experiência deles pode ser valiosa.

7. Ao identificar temas que sejam razoáveis de cair, ou que estão de fato caindo nas provas, e ao traçar uma linha que o examinador esteja seguindo, anote tudo que, estando no conteúdo programático do edital, se encaixe num padrão. Descubra qual é o padrão e você poderá prever o futuro!

8. Mesmo identificando potenciais assuntos para a prova, obviamente você não deve deixar de estudar os demais conteúdos cobrados no edital, apenas terá um norte do que pode e deve ser priorizado!

Publicado em 16/06/2015 | Atualizado em 31/01/2018 às 11:20

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *