Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Bancários do BRB pedem mais contratações no órgão

Publicado em 11 de junho de 2015 por - Um Comentário

brbNa última semana, bancários do Banco de Brasília (BRB) organizaram uma paralisação reivindicando a contratação de escriturários, pagamento imediato da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) referente ao segundo semestre de 2014, efetivação dos gerentes de negócio (aprovados em concurso interno) e ainda repúdio à planilha de produção diária e ao rebaixamento de funções sem aviso prévio.

O ato teve adesão massiva dos servidores do BRB, como prova da decepção e insatisfação da categoria com a atual gestão do banco, que vem sacrificando todo o corpo funcional. A paralisação foi encerrada em frente ao Edifício Brasília, sede do BRB, onde os diretores do Sindicato e diversos delegados sindicais exigiram da diretoria do órgão o atendimento das reivindicações dos trabalhadores.

A manifestação também é contra o Projeto de Lei 467, do executivo local, que permite a venda de ações de estatais do DF, o que, na prática, permite a venda de mais da metade do capital do banco, abrindo espaço para privatização. Conforme artigos do projeto, o governo pode vender toda a participação acionária representada por ações preferenciais e até 49% das ações ordinárias, que dão direito a voto nas assembleias das empresas.

O último concurso do BRB foi realizado em outubro de 2011, com oferta de 100 vagas de escriturário e 10 para tecnologia da informação, além de oportunidades em cadastro reserva para os cargos de advogado, assistente social, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho, psicólogo, auxiliar de enfermagem e técnico de segurança no trabalho. As remunerações iam de R$ 1.680,00 a R$ 3.356,14. Até o momento, dos 1.500 aprovados, 1.120 foram convocados, restando apenas 380 para zerar o cadastro de reserva.

Com informações do Sindicato dos Bancários de Brasília


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *