Ministro Nelson Barbosa anunciou cortes (Agência Brasil).

Os cortes no Orçamento da União anunciados na última sexta-feira (22) pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, não afetarão a realização de concursos públicos neste ano.

As despesas com pessoal não foram afetadas com o contingenciamento anunciado por Barbosa. Com isso, fica mantida a previsão do preenchimento de até 45.582 vagas em cargos efetivos e comissionados, de acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015. Do total dessas vagas, 24.849 correspondem a posições já existentes, sendo 1.399 destinadas à substituição de terceirizados irregulares.

Com a divulgação do corte orçamentário da União, a expectativa é que autorizações dos concursos previstos em âmbito federal comecem a sair a partir de agora. Os mais esperados são os concursos do Instituto Nacional do Serviço Social (INSS), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e da Receita Federal. Veja abaixo:

• INSS: 4.730 vagas solicitadas de  nível médio e superior, concurso pode sair ainda neste semestre. http://goo.gl/KnA4Rd
• MTE: 900 vagas de nível superior nos cargos de Auditor Fiscal do Trabalho e Analista Técnico de Políticas Sociais. http://goo.gl/GQlLfR
• Receita Federal deve convocar excedentes de último concurso e abrir 2.000 novas vagas. http://goo.gl/IWqGnH

CLIQUE AQUI E CONFIRA OS PRINCIPAIS CONCURSOS PREVISTOS
QUE JUNTOS SOMAM 46,9 MIL VAGAS!

O bloqueio das verbas da União chega a R$ 69,946 bilhões e é considerado recorde do governo. As áreas mais afetadas com os cortes foram no Ministério das Cidades, Saúde, Educação. No Ministério das Cidades, o corte chegou a R$ 17,232 bilhões. Na Saúde, o bloqueio atingiu R$ 11,774 bilhões. Na Educação, o contingenciamento totalizou R$ 9,423 bilhões. Em seguida, vêm os ministérios dos Transportes (R$ 5,735 bilhões) e da Defesa (R$ 5,617 bilhões).

Veja aqui o decreto que prevê o contingenciamento publicado em edição Extra do Diário Oficial da União desta sexta-feira (22).

* Com informações da Agência Brasil.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *