Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Questao 35 – Prova BNDES ADMINISTRADOR – DISCIPLINA ECONOMIA

Publicado em 4 de maio de 2015 por - 2 Comentários

Oi, pessoal,

Correção comentada a prova BNDES ADMINISTRADOR em Economia.

Questão35

No primeiro semestre de 2012, o governo iniciou estudos para criar um novo pacote de medidas, visando a retomar a competitividade da indústria nacional do etanol. As ações em estudo envolveriam desde a redução de impostos sobre a ampliação da produção até a retirada de tributos que elevam o preço final aos consumidores. Em uma análise desse ambiente, conclui-se que a natureza das ações se referem a:

(A) clima econômico

(B) acontecimentos internacionais

(C) tendências culturais

(D) mudanças tecnológicas

(E) condições legais e políticas

Gabarito: E

Comentário: Diante do 1º choque do Petróleo em 1973, o Brasil inicia o seu programa de biocombustível (pró-alcool) com o objetivo de reduzir a dependência da matriz energética do petróleo, uma vez que nesta data, a Petrobrás que detinha o monopólio da prospecção (1953-1997) só produzia um em cada três barris consumidos do óleo mineral. Passados décadas o nosso país havia tornado-se líder em produção de etanol, contudo, devido a políticas incompetentes e falta de planejamento, hoje o maior produtor mundial de etanol são os EUA, com o dobro da produção brasileira e tendo como matriz o milho que é cinco vezes menos eficiente sob o ponto de vista energético. Isto tudo, parece levar o governo atual, a buscar alternativas de novo marco regulatório e/ou tributário para o setor em vista de reestimular um segmento que gera um combustível mais limpo e renovável.

Abração!

Alex Mendes

 


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

2 comentários

  • Marcos Aurélio

    Prof. Alex, boa noite. Tudo bom.
    Sou aluno do Aprova Concursos, inscrito no concurso para APO/MPOG. Como as provas discursivas estão batendo à porta, venho solicitar sua ajuda no sentido de dicas e sugestões para as questões sobre Economia e Finanças Públicas.
    Desde já agradeço.
    Abraço,
    Marcos Aurélio

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *