Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Agendamento de perícias no INSS demora até três meses em Paranavaí

Publicado em 23 de fevereiro de 2015 por - 2 Comentários

inssO agendamento de perícias médicas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) demora até três meses em Paranavaí, no noroeste do Paraná. A demora compromete o pagamento do benefício para pessoas que estão afastadas do trabalho por doença ou estão esperando para marcar cirurgia.

Segundo o INSS, até setembro de 2014 o tempo médio de espera para fazer uma perícia médica era de 20 dias. Mas, dois médicos que atendiam na unidade pediram demissão no fim de 2014 e nenhum outro profissional entrou no lugar.

As pessoas reclamam que quem tentou agendar uma perícia nos últimos meses ouviu sempre a mesma resposta. “Ele disse que teria apenas uma doutora atendendo, e que para os próximos 120 dias a agenda estava lotada”, diz uma moradora de São Carlos do Ivaí que procurou o INSS para agendar uma perícia..

A saída para quem tem pressa e não quer esperar tanto, é marcar a perícia em outra cidade, onde a fila pode estar menor. Além disso, o agendamento pode ser feito pelo telefone ou pela internet.

Mesmo assim, nem sempre o problema é resolvido. Uma mulher, que preferiu não se identificar, diz que precisou se afastar do trabalho na primeira semana de janeiro para uma cirurgia de emergência. Tentou marcar a perícia em Paranavaí, mas o órgão só tem agenda para maio.  Após ligar em unidades de outros municípios, conseguiu uma vaga em Sarandi, no norte do estado, para março. Agora, a preocupação é saber quando o dinheiro do benefício será liberado.

“As minhas contas vão ficar atrasadas por três meses, isso é complicado. Para pagar as contas, vou precisar de ajuda da família e depois terei que devolver o dinheiro para essas pessoas. Essa situação é muito complicada”, lamenta.

Ainda de acordo com o INSS, a unidade de Maringá está deslocando um perito periodicamente a Paranavaí. Para a contratação de médicos efetivos é necessário concurso público, mas ainda não há previsão de quando serão disponibilizadas essas vagas.

O INSS informou ainda que abriu processo de credenciamento de médicos colaboradores para realizarem exames de perícia no município. Já sobre o benefício concedido ao segurado, o órgão deve pagar o auxílio doença a partir da data em que foi marcado o exame de perícia médica, via telefone ou site da Previdência Social.

Fonte: G1

Concurso previsto

O pedido para realização de um novo concurso do INSS está sendo analisado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Devem ser ofertadas 4.730 vagas, sendo 2 mil para o cargo de Técnico do Seguro Social, 1,58 mil para Analista do Seguro Social e 1,15 mil para perito médico. Resolva questões de prova aplicadas em concursos anteriores do INSS!

Veja mais notícias publicadas sobre o concurso do INSS!

Curso intensivo completo para Técnico do Seguro Social
INSS novo


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

2 comentários

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *