Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Vestibular ITA 2015 para o Quadro de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica

Publicado em 5 de janeiro de 2015 por - 102 Comentários

DOM_do_ITAO Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) abre em todos os anos vestibular com vagas no Curso Fundamental do Curso de Graduação em Engenharia para formar engenheiros destinados ao Quadro de Oficiais Engenheiros (QOEng) da Ativa e da Reserva da Aeronáutica.

Curso de Graduação

O Curso de Graduação em Engenharia no ITA tem duração de 5 anos, dos quais os 2 primeiros anos constituem o Curso Fundamental, comum a todos os alunos, e os 3 últimos correspondem aos Cursos Profissionais, específicos para cada especialidade de Engenharia.

As especialidades de Engenharia oferecidas pelo ITA são: Aeroespacial, Aeronáutica, Civil-Aeronáutica, de Computação, Eletrônica e Mecânica-Aeronáutica.

Prepare-se para esse concurso com o Aprova Concursos!
Para mais informações sobre os cursos preparatórios para este concurso, ligue: 0800 606 8889.

Sobre o vestibular

  • Edital 2015: publicado
    • Inscrições: 06/08/15 a 15/09/15
    • Cargo: Engenheiro.
    • Vagas: 170
    • Requisitos: ser brasileiro(a) nato(a), ter no mínimo 16 anos e menos de 25 anos no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano do concurso, ter concluído ou estar cursando a última série do Ensino Médio.
    • Remuneração: R$ 5.967,00 (após formado na Ativa).
    • Curso: curso de formação e graduação com duração de 5 anos (São José dos Campos – SP).
    • Prova: 15 a 18/12/15.
    • Organizadora: ITA.

Requisitos

– ter menos que 25 anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula para ingresso no Curso de Graduação em Engenharia do ITA (Lei nº 12.464, de 5 de agosto de 2011), isto é, ter no máximo 23 anos de idade no dia 31/12/2015.

– ter concluído ou estar concluindo o Ensino Médio no ano de 2015.

Seleção

O Processo Seletivo do concurso para admissão no curso é realizado em uma única fase constituída de Exame de Escolaridade e Exame Médico.

O Exame de Escolaridade compreende provas de Física, Inglês, Matemática, Português e Química com questões de múltipla escolha, questões dissertativas e redação.

As provas são realizadas em quatro dias e geralmente são aplicadas nas cidades de Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Juiz de Fora, Londrina, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo, Teresina e Vitória.

O Exame Médico, por meio do qual é verificada a aptidão física dos candidatos convocados para cursar o CPOR e o ITA, tem caráter eliminatório e é aplicado pela Divisão de Saúde do Grupo de Infraestrutura e Apoio de São José dos Campos (GIA-SJ) ou sob sua supervisão seguindo os requisitos que compõem o exame médico constam no Decreto n0 60.822, de 7 de junho de 1967, alterado pelos Decretos n0 63.078, de 5 de agosto de 1968, e n0 703, de 22 de dezembro de 1992.

Clique aqui e confira o que será analisado no exame médico e o que pode ser eliminatório nessa fase.

Matrícula no Curso de Graduação do ITA

Os procedimentos e instruções de matrícula serão disponibilizados via Internet no site do ITA (http://www.vestibular.ita.br).

Os candidatos convocados que não apresentarem os documentos exigidos para matrícula terão cancelada a inscrição e todos os atos decorrentes dela sem direito à indenização de despesas contraídas para submissão ao processo de seleção.

Não é permitido o trancamento de matrícula a pedido do aluno no primeiro semestre do curso, assim como é vedada a matrícula concomitante em outra Instituição de Ensino Superior pública.

Clique aqui e confira quais documentos são necessários para matrícula.

Bolsa de Estudo

O Comando da Aeronáutica concede aos alunos do ITA bolsa de estudo que compreende ensino e alimentação. A residência no Campus do DCTA é facultativa. Os benefícios da bolsa não são extensivos aos dependentes dos alunos.

  • Aos alunos solteiros é oferecida hospedagem no Campus do DCTA a custo módico e mediante contrato de concessão de uso, semestralmente renovável.
  • Aos alunos comprovadamente carentes, a hospedagem poderá ser concedida com isenção de pagamento, mediante prestação de serviço voluntário, de caráter acadêmico ou social, na forma de apoio a algumas atividades do ITA, sem prejuízo dos seus encargos acadêmicos.
  • Os alunos residentes no Campus do DCTA estão sujeitos às normas internas de funcionamento das áreas residenciais e de convivência no Campus do DCTA.
  • São assegurados aos alunos militares (alunos do CPOR e Aspirantes a Oficial) os serviços médicos e odontológicos, prestados pelo Grupo de Infraestrutura de Apoio de São José dos Campos (GIA-SJ), por meio das suas Divisão de Saúde e Divisão de Odontologia.
  • É facultada aos alunos civis do ITA a utilização, na forma de regulamentação própria e mediante indenização, serviços médicos e odontológicos a serem prestados pela Divisão de Saúde do GIA-SJ.
  • Aos alunos comprovadamente carentes poderá ser concedida isenção da indenização pela prestação de serviços médico-odontológicos pela Divisão de Saúde do GIA-SJ.

Carreira

A opção pela carreira militar indicada no ato da inscrição não garante a convocação para o serviço ativo.

No ITA todos os alunos são matriculados no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva da Aeronáutica de São José dos Campos (CPORAer-SJ). Ao final do primeiro ano, são declarados Aspirantes a Oficial da reserva da Aeronáutica. No segundo ano, o aluno civil poderá optar pela carreira militar no Quadro de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica, (QOENG).

Depois de formar-se como Aspirante a Oficial, as próximas patentes são: Segundo Tenente e Primeiro-Tenente. E ao terminar a graduação será Primeiro Tenente, sendo que, assim como o EAOEAR, a ascensão máxima é ao posto de Major Brigadeiro, pois as duas formas de ingresso (pelo EAOEAR ou pelo ITA) fazem parte do mesmo Quadro.

  • como Aspirante a Oficial de Infantaria de Guarda, estagiário de engenharia (a partir do 1º Ano Profissional)
  • como Primeiro-Tenente Engenheiro, após concluir com aproveitamento o Curso de Engenharia.

Para o engenheiro formado pelo ITA, não incluído no QOEng, é assegurado o direito de candidatar-se ao serviço ativo como Aspirante a Oficial de Engenharia da Reserva da Aeronáutica, por um período de dois anos, desde que requeira sua incorporação até seis meses após a data de conclusão do Curso do ITA

Convocado como militar, o aluno de graduação do ITA passa a ter direitos e deveres inerentes a essa condição profissional.

Último vestibular

O último vestibular de admissão nos cursos de graduação em Engenharia do Ita foi realizado em 2014 e ofertou 170 vagas para o ano letivo de 2015, sendo 30 delas para o Quadro de Oficiais Engenheiros da Ativa.

 


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

102 comentários