Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Análise Ergonômica do Trabalho

Publicado em 15 de dezembro de 2014 por - 2 Comentários

Segundo a legislação brasileira na NR 17, para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a Análise Ergonômica do Trabalho (AET), devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho. As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos, às condições ambientais do posto de trabalho e à própria organização do trabalho.

A Análise Ergonômica do Trabalho, tem como objetivo rastrear, observar, avaliar e analisar as relações existentes entre demandas de doenças, acidentes e produtividade com as condições de trabalho, com as interfaces, com os sistemas e com a organização do trabalho.

A análise ergonômica do trabalho compreende três fases: análise ergonômica da demanda, análise ergonômica da tarefa que envolve: análise dos ambientes físicos; análise das condições posturais e antropométricas dos trabalhadores; análise dos aspectos psicológicos dos trabalhadores; análise organizacional; condições ambientais e por último, mas não menos importante, a análise ergonômica das atividades. Todas estas etapas devem ser cronologicamente abordadas de maneira a garantir coerência metodológica e evitar percalços, que são comuns nas pesquisas empíricas de campo.

A AET visa não somente a conformidade com a legislação, mas também garantir a segurança e conforto do trabalhador evitando quaisquer distúrbios, sejam eles físicos ou psicológicos, relacionados ao trabalho.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

2 comentários

  • Elias

    Então a AET tornou-se uma obrigação na Gestão de Pessoas das empresas, tais como o PCMSO e o PPRA? Há dependência de segmento ou de atividade empresarial? Serve para todas.

    • Blog Aprova Concursos

      Olá Elias

      Segue a resposta da Profª Thaise:

      “Caro aluno, obrigada por seu comentário. Quando tratamos da Análise Ergonômica do Trabalho para atender uma legislação, neste texto em específico, estamos falando da NR 17.

      Esta norma regulamentadora visa estabelecer parâmetros que permitam adaptação do trabalho às caracteristicas psicofisiologicas dos trabalhadores. O sub ítem que trata da AET diz que : 17.1.2. Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho conforme estabelecido nesta NR. Para esclarecer tais dúvidas referentes às exigências da NR17 frente à AET, convido-o a visualizar o Manual de Aplicação da NR17, que, especificamente nas páginas 14 à 27 trata das demandas de AET (pertinente ao seu comentário), notificações, modelo de relatório, objetivos (pertinente ao seu comentário) e conteúdo do relatório.

      Com este material você poderá também visualizar detalhamentos de outros sub ítens da mesma norma, enriquecendo ainda mais seu conhecimento e esclarecendo possíveis dúvidas. De qualquer forma, estaremos à sua total disposição. Muito obrigada!! ”

      Abs.

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *