Nessa edição do programa, o professor Ahyrton Lourenço Neto fala sobre mudanças na cobrança de pacote de dados da internet via smartphone. Inscreva-se no canal do Aprova no Youtube: http://goo.gl/XvJwYc

Desde novembro, as operadoras de telefonia celular implementaram mudança no modelo de cobrança de internet móvel. Até então, a velocidade da conexão era reduzida quando o consumidor atingia o limite de seu pacote de dados contratado. Agora, as operadoras cortam o sinal da internet a partir do momento que os consumidores atingem esse limite.

A mudança começou a funcionar nos celulares pré-pagos. De acordo com o professor, a medida é ilegal pois não está de acordo com o artigo 51 do Código de Defesa do Consumidor.Ou seja, a alteração da contratação não pode ser alterada sem a anuência do consumidor.

O professor também critica a atuação da Anatel que não está cumprindo o seu papel de regulamentar, fiscalizar e punir o serviço de telecomunicação no Brasil.

Mandem suas sugestões para gente!

Assista as edições anteriores do Aprova Defesa do Consumidor: http://goo.gl/2Etga1

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *