Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Preciso que me entenda!

Publicado em 20 de outubro de 2014 por - 8 Comentários

Preciso que me entenda!

Texto direcionado a todos os familiares, amigos e namorados/noivos ou esposas/maridos de um concurseiro

“Eu sei, eu sei, eu sei que prometi ir com você naquele lugar e não fui. Sei que estou te devendo esta….mas está tão corrido…desculpe!”

“Meu amor, me perdoe não ter comprado nada em nosso aniversário! Se tudo correr bem, no ano que vem, quando eu já for servidor, te recompensarei!”

“Ai que dor em meu coração tenho em ver meu filho(a) crescendo, chorando, brincando e eu não poder ir lá com ele. Que saudades tenho daqueles domingo no parque, sem nada para fazer, agora dos domingos me restam dores de cabeça e conferências de gabarito pós-prova.”

“Pai e mãe, eu juro que logo poderemos almoçar juntos, por favor compreenda, é passageiro tudo isso.”

“Noiva(o)/Namorada(o) do meu coração, me desculpe por ontem.!Estou um pouco nervoso por não ter passado no último concurso e acabei descontando em você.”

Situações conhecidas, concurseiros?

Acredito que para uma grande parte de nós, situações ‘beeemmm’ comuns.

Acabamos por nos concentrar tanto nos estudos, que fica difícil conciliar a vida social e pessoal com os estudos. E as vezes bate até um remorso, não é mesmo? Chegamos a nos sentir mal por tantos “nãos” que dizemos as pessoas que amamos.

Talvez, se tivéssemos tempo para isso, gritaríamos aos nossos queridos:

PAI/ MÃE!!!! VOCÊS AINDA TERÃO ORGULHO DE MIM!!!!

AMMMOORRRR!! ISSO TUDO É PARA VOCÊ TAMBÉM!!!

Realmente não é nada fácil conciliar, mas a verdade alminhas é que realmente se faz necessário. Abrir mão de preciosos momentos agora, para poder aproveitar todos os benefícios da carreira publica, em um futuro próximo.

Quando conversamos com servidores, nos certificamos de como realmente vale a pena. Sugiro que se você tiver esta oportunidade, converse com algum. Nada melhor que exemplos vivos e recentes para nos espelharmos.

Mas, penso que seja importante algumas horas semanais de repouso e de interação social com aqueles que amamos. Realmente não dá para manter o “ritmo social” de antes dos estudos, mas duas ou três horas lhe farão bem. Você dará um pouco de atenção as pessoas especiais de sua vida e, de quebra ainda vai descansar um pouco.

Só não vale ficar falando de estudos nestas horas, né? Ai é melhor ficar estudando.

Como dizem os orientais: “O caminho do meio quase sempre é o melhor.”

Sucesso, alminhas!


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

8 comentários

  • Ivete Resende

    Preciso que me entenda!!!
    Realmente não e uma fase fácil, são momentos em que muitas vezes escutamos o que não queremos ouvir a incompreensão passa a fazer parte do nosso cotidiano principalmente quando temos que trabalhar. Na maioria das vezes ao chegar em casa nos deparamos com o mal humor estampada (no rosto) de quem nos espera, a dupla jornada não fácil mas tenho a plena convicção de que valera a pena.

  • elon lage perdigão

    Isso aí professor, nada é fácil nessa vida. É dedicar para conseguir passar em algum e depois aproveitar a vida com mais tranquilidade. Abraço.

  • ADRYA MAIA DE SOUZA

    Nossa mega me identifiquei, mas tenho o sacrifício irá valer a pena!!!

  • Carolina Nunes

    Show!!!! Amei profe querido!

  • rosa

    Nossa professor!!! como as linhas deste texto toca na minha realidade,. Bom demais adorei.

  • Fernando Mehl

    “Meu amor, me perdoe não ter comprado nada em nosso aniversário! Se tudo correr bem, no ano que vem, quando eu já for servidor, te recompensarei!”

    hahahaah,,,,,eu tava morto se esquecesse!! rsrs

  • Naiala Ferreira

    O pior de tudo continua sendo a culpa!
    Sabemos perfeitamente que tudo isso é passageiro, que dias de desânimo iram surgir sempre. É difícil também não ter com quem conversar, desabafar, ou até mesmo pedir uma opinião. A cada dia de estudo, a cada questão acertada, a cada aula compreendida sempre bate a vontade de dizer: Eu estou conseguindo, eu estou compreendendo, eu estou rumo ao meu sucesso. O que dói é lembrar que nem todos estão realmente satisfeitos com o seu desempenho, que muitas das vezes não compreende que o sacrifício que fazemos hoje é para compensar aqueles que amamos amanhã! O grito está entalado na garganta, o abraço está preso, o sorriso está aguardando o tão sonhado dia, da APROVAÇÃO!!!
    A todos concurseiros eu desejo FORÇA, e muita sabedoria para lhe dar e superar esses momentos!

  • Rodrigo Saraiva

    Passei por tudo isso e no final graças a DEUS deu certo. Fui aprovado e hj sou servidor federal. O comentário acima foi perfeito. Deve-se sempre lutar sem desesperar que um dia vc vai olhar pra trás e perceber que valeu todo o esforço dedicado.
    “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *