Olá concurseiros! Tudo bem com vocês?

E se der errado? E se eu não passar naquele concurso que estou me preparando há tanto tempo?

Foi esse questionamento que ouvi algumas semanas atrás.

Sabem concurseiros, penso que é muito importante sermos otimistas e realmente acreditarmos em nossa vitória. Aliás, existem diversos estudos que comprovam isso, explicam como alguém “motivado” realmente pode conseguir resultados extraordinários.

Mas meus queridos, também precisamos ter ciência do tamanho de nosso desafio.

É possível ser aprovado no concurso da Receita Federal do Brasil (cargo de Auditor), considerado um dos mais difíceis do país, estudando apenas alguns dias? A resposta é sim, é possível, mas temos que concordar que as chances de tal pessoa são infinitamente menores do que o candidato que já vem se preparando a algum tempo.

Nestes anos ministrando aulas, identifiquei um dado muito importante. O concurseiro que não se deixa abater por uma reprovação em um determinado concurso, normalmente, está prestes a ser aprovado. Ë difícil explicar, mas me parece algo relacionado a maturidade nos estudos.

Quando não passamos em um determinado concurso, temos duas opções:

1) Analisar erros e acertos e ficar se lamentando dos nossos erros;

2) Analisar erros e acertos, buscar as respostas certas, reorganizar nossos estudos e já focar no próximo concurso.

Penso que precisamos estar cientes que ao prestar um concurso temos duas chances: ser aprovado ou não.

Considerando ainda que cada vez mais os concursos estão difíceis, não resta outra opção ao verdadeiro concurseiro senão: Analisar erros e acertos, buscar as respostas certas, reorganizar nossos estudos e já focar no próximo concurso.

Lembrei agora das palavras de um professor amigo que admiro muito, que diz:

“Concurso não se faz para passar, mas até passar.”

Portanto, alminha, se você acabou não passando naquele tão desejado concurso, mantenha-se focado que logo logo sua aprovação vai chegar.

Sucesso!

Professor Everson

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *