Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Quando a persistência vira teimosia?

Publicado em 27 de agosto de 2014 por - 6 Comentários

Oi oi oi oi oi concurseiros!

Tudo bem com vocês? Espero que sim!

Quando a persistência vira teimosia?

Que pergunta difícil, não é mesmo concurseiros?

Ontem, só para variar, eu conversando com alguns alunos e de repente um deles: desisto professor, isso não é pra mim!

Fiquei curioso com sua afirmação e fiz diversos questionamentos: Como assim? Desiste de que exatamente?

Então ele me contou que era filho de pai e mãe servidores e que sempre sonhou em ter a própria empresa, mas que analisando o mercado e a estabilidade que os pais tinham, resolveu tentar entrar na carreira pública.

Sabe concurseiros, este é realmente um ponto muito importante. Claaarrrroooooo que a remuneração é fundamental, mas precisamos nos atentar as funções e atividades que teremos que exercer no dia a dia.

Já pensou estudar tanto, ser aprovado e só depois de assumir o cargo descobrir que terá que fazer algo que odeia? Frustrante, não é mesmo?

Infelizmente a verdade é que a maioria absoluta dos candidatos sequer faz a leitura das atividades relacionadas ao seu futuro cargo.

Mas muito bem, voltando ao caso do João (o chamarei assim). Ele estava frustrado porque não via evolução em seus resultados e ainda pensava no seu próprio negócio. Ou seja, ele ainda não tinha certeza de que era aquilo mesmo que queria.

Alminhas do meu coração, é FUNDAMENTAL que você tenha convicção de que realmente quer ser servidor. Obviamente, no começo as vezes não temos tanta certeza assim. Ai acredito que seja válido ponderar prós e contras.

E foi o que orientei ao João. “Ponha no papel”o que você ganha e perde ao tentar a carreira pública.

Sinceramente concurseiros, ao fazer esta planilha, dificilmente você concluirá que é ruim tentar, mas esta conclusão PRECISA SER SUA!

Sobre o João? Ele acabou me informando que estava estudando há apenas 2 meses, resolveu insistir mais e concluiu o óbvio: Posso pensar em algum negócio depois conquistar minha vaga.

Abraços concurseiros!

Professor Everson


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

6 comentários

  • Adhemir T

    Isso mesmo. Meus resultados só melhoraram quando tive certeza da carreira publica. Ainda nao passei, mas sei que vou passar logo!

    Valeuuu profeeeee

  • Wagner MH

    Beleza Everson?

    Lendo tua mensagem pensei em duas coisas: amar o que se faz, independente do trabalho – se é em casa ou se é na rua – e se ver como servidor, sentir e viver o efeito de prestar um serviço ao próximo. O mais próximo que a gente encontra são os nossos familiares.

    Acho que se as pessoas aprenderem a ter uma visão mais ampla da vida essas inquietações se dissolvem.

    Abraços fraternos.

  • Penha Dias.

    É importante ler,reler e reler o edital.Isto evita surpresas.Muitos concurseiros não leem o edital.

  • Hugo

    Obrigado pela dica..

  • Patrícia

    Realmente é isso. Primeiro uma segurança. Depois planos futuros são mais “fáceis” de serem analisados e executados.

  • CLAUDIA LANDA

    Acredito que ter estabilidade e vencimentos mais atrativos pode ser uma boa maneira organizar a vida. No entanto, se é só isso que nos atrai no serviço público, podemos nos frustrar.
    Há que se considerar que, certamente, fica mais fácil pensar em voos mais altos, se nossa vida está mais equilibrada. Acredito que, no caso em questão, insistir mais um pouco na carreira pública pode viabilizar que o sonho do próprio negócio se concretize mais facilmente no futuro.

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *