Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Dobradinha do Aprova 10 — Atualidades e Redação: Lei da Palmada

Publicado em 24 de julho de 2014 por - Um Comentário

Veja no Dobradinha do Aprova 10, com os professores Laércio de Mello, de Atualidades, e Marlus Geronasso, de Redação e Língua Portuguesa, quais pontos você pode escolher para construir uma redação sobre a Lei da Palmada, rebatizada por Lei Menino Bernardo, em vigor desde o dia 26 de junho de 2014!
Esse tema é sugestão de nossos amigos e estamos atendendo a um pedido.Você que está nos assistindo, manda para a gente sua sugestão que tentaremos encaixar dentro de nossa programação.
Antes da entrada em vigor da Lei da Palmada, ou a Lei Menino Bernardo, rebatizada a pedido da bancada evangélica, já existia algumas regras estabelecidas no Estatuto da Criança e do Adolescente, que surgiu há mais de 18 anos.
A proposta da Lei da Palmada surgiu durante o governo Lula e em parte foi questionada pela bancada evangélica porque o castigo físico é permitido em algumas situações dentro da esfera religiosa.
Essa Lei trata de um problema que nossa sociedade vive e também de uma situação crítica. Se o pai não tem o poder do verbo sobre uma criança, porque tem que trabalhar com a força.
Num texto dissertativo argumentativo, o candidato pode opinar contra ou a favor da implantação desta nova lei. A Lei Menino Bernardo protege crianças que vivem em famílias onde os pais exageram na condução da educação de seus filhos e o argumento pode ser favorável no sentido em que ela foi implantada mesmo que tardiamente.
Ou a argumentação pode ser contrária, uma vez que o próprio Estatuto da Criança e do Adolescente já contempla a agressão física exagerada a uma criança.
Esse tema vem de encontro com a questão da disciplina, porque todo o ser humano precisa de disciplina. E aí vem a questão bíblica, é a admoestação a fim de corrigir. Essa correção mudou ao longo dos tempos, com o desenvolvimento da sociedade. Vivemos entre o extremo do autoritarismo, presente nas famílias do século XIX e o da permissividade, muito comum na educação familiar da sociedade atual.
Assista o programa e veja como usar os argumentos sobre esta lei na hora de fazer a sua redação.
Inscreva-se no canal do Aprova Concursos no Youtube: http://goo.gl/TdHkpt


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

  • Deusdete

    Sou Bel. a lei M, Bernado sim,no entendimento jurídico, falha da promotoria,um pedido de socorro por qualquer cidadão cabe averiguação, não é preciso que mais casos aconteça para tomes providências.

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *