Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Aprendendo com as derrotas

Publicado em 10 de julho de 2014 por - 3 Comentários

Oi oi oi oi oi concurseiros!

Em dias que a maioria absoluta dos brasileiros lamenta entristecido a derrota na Copa do Mundo, é muito válido refletirmos sobre as derrotas…

“O campo da derrota não está povoado de fracassos, mas de homens que tombaram antes de vencer.”

Abraham Lincoln

Longe de mim reflexões filosóficas por aqui, mas a verdade é que quando aceitamos que nós também podemos perder, as coisas ficam mais fáceis. Não quero dizer que devemos aceitar a derrota, mas é preciso aprender com ela.

Quantos concurseiros você conhece que foram aprovados no primeiro concurso? Tenho certeza que a maioria absoluta não conhece ninguém. Vou mais além, quantos concurseiros vocês conhecem que foram aprovados com poucos meses de preparação? Certamente o numero aumenta um pouco, mas ainda assim é uma minoria.

E quando lembramos dos concurseiros que aguardam por anos um edital específico, estudando diariamente?

A verdade meus queridos é que 99,9% dos concurseiros tentam por meses e até anos a aprovação, antes de enfim conseguir VENCER.

Entre vitórias e derrotas, temos duas opções:

1) Se lamentar pela derrota e desistir
2) Não entender como derrota a reprovação e avaliar todos os pontos que devemos melhorar

Ninguém disse que seria fácil, alminhas. Mas sim, é possível!

Vamos aprender com nossas derrotas.

Professor Everson


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

3 comentários

  • Eu,prsto concurso só para policia civil

    • julio g costa

      Muito boa reflexão professor Everson! Quantos concursos que eu mesmo já fiz, e fui “derrotado”, às vezes por inexeperiência ou por falta de preparação ou concentração no dia da prova, desisti muitas vezes de estudar, mas voltei a ativa, e hoje sei que sou um vencedor, passei para agente administrativo da Prefeitura do RJ em 38º lugar, e fui chamado este ano, e estou feliz. Digo: nunca devemos desistir de lutar! Sempre olhando os nossos erros e pontos fracos,e procurando acertar e nos aprimorar sempre! “Quem é guerreiro não foge à luta, jamais!

  • Daniel Concurseiro

    Disse tudo professor. Aprendamos com as nossas derrotas. Façamos bonito nos gramados e nos estudos. Que possamos tirar lições sábias deste revés nos campos e entender que sem preparação profunda e dedicação exclusiva jamais ganharemos as batalhas do dia a dia e, muito menos, faremos os gols da aprovação.

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *