Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Os limites das negociações do clima

Publicado em 29 de junho de 2014 por - 2 Comentários

Os limites das negociações do clima

O título da matéria é muito provocativo. O assunto clima está muito presente nas provas que tratam do meio ambiente.

A Mudança climática em nosso planeta pode provocar alterações catastróficas na agricultura e na distribuição de água, ou seja, toda a humanidade pode ser atingida, portanto é um tema que você sempre tem que estar antenado.

Essa matéria do Valor é uma boa dica.

A seguir uma parte do texto jornalistico:

http://www.valor.com.br/opiniao/3595802/os-limites-das-negociacoes-do-clima

Para o mundo vencer a crise decorrente das mudanças climáticas, precisaremos de uma nova abordagem. Atualmente, as maiores potências encaram o assunto como uma oportunidade para negociações sobre quem reduzirá suas emissões de CO2 (principalmente decorrentes do uso de carvão, petróleo e gás). Cada país aceita fazer pequenas “contribuições” para a redução das emissões, tentando induzir os outros países a fazer mais. Os EUA, por exemplo, vão “””admitir” um pouco de redução de CO2 se a China fizer o mesmo.

Durante duas décadas ficamos presos a essa mentalidade minimalista e incremental, errônea em dois aspectos fundamentais. Em primeiro lugar, ela não está funcionando: as emissões de CO2 estão crescendo – e não caindo. A indústria petrolífera mundial está deitando e rolando – fracking, perfuração, exploração no Ártico, gaseificando carvão e construindo novas usinas produtoras de gás natural liquefeito (GNL). O mundo está aniquilando os sistemas de climatização e de produção de alimentos a um ritmo alucinante.

(…)


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

2 comentários

  • Francinéia Matos

    A que ponto chega a ganância econômica de só assumir um compromisso de colaborar com a melhoria do ambiente se o concorrente também assumir compromissos…. é o fim do mundo.

    • diliane

      a verdade, é que nós como seres humanos estamos sempre fazendo algo que nos beneficie propriamente, caso não seja em favor disso, achamos melhor deixar pra lá, e não nos preocupando com o dia de amanhã, importando–se somente com o agora,” tipo se estou bem, dani-se as populações vindouras”!!!

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *