Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

PRF reaplicará prova somente aos 415 candidatos de Campo Grande/MS

Publicado em 11 de junho de 2014 por - 72 Comentários

PRFA Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou hoje, dia 11, no Diário Oficial da União a anulação e reaplicação da prova objetiva aos 415 candidatos de Campo Grande (MS) que denunciaram não ter recebido o caderno de prova.

O concurso prevê  o provimento de 216 vagas de nível médio no cargo  Agente Administrativo do Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Rodoviária Federal e contou com 259.136 candidatos inscritos.

Nova prova

A prova objetiva será reaplicada somente aos 415 candidatos de Campo Grande no dia 22 de Junho de 2014, em local e horário indicados no COCP (Comunicado Oficial de Convocação para Prova) disponível no site da organizadora: www.funcab.org.

As provas terão duração de 3 horas e 30 minutos, com abertura dos portões às 14h e fechamento às 15h, no turno da tarde, seguindo horário oficial de Brasília.

Desistência do concurso

Os candidatos que poderão fazer a nova prova podem desistir do concurso e receber a devolução do valor da taxa de inscrição, devendo seguir o seguinte procedimento:

– Formalizar o pedido através do site da organizadora (www.funcab.org) até o dia 20/06/2014.

– Enviar para o e-mail concursos@funcab.org: cópia da Carteira de Identidade, CPF e número de conta corrente ou poupança em nome próprio.

Os valores serão ressarcidos no prazo máximo de 10 dias após a solicitação formalizada.

Denúncias

Em Campo Grande (MS),  415 candidatos ao cargo de Agente Administrativo no concurso da PRF, que fariam a prova objetiva do certame na data de 25 de maio de 2014, no bloco E do colégio Dom Bosco, não receberam os cadernos de provas.

Mas outras denúncias foram feitas relatando outros problemas no dia da prova em outras capitais, tais como: provas abertas, atraso, candidatos sem prova, candidatos que saíam e sozinhos para irem ao banheiro, comida na sala durante a prova, uso de canetas fora do padrão exigido no edital, entre outros.

Novo cronograma
Prova: 22/06.

Divulgação do gabarito: 23/06.
Recursos contra o gabarito preliminar: 24/06 e 25/06
Resposta aos recursos contra o gabarito preliminar, divulgação do Gabarito Oficial final, resultado da prova objetiva e convocação para a entrega da documentação da
Investigação Social e Perícia Médica: 26/06.

Leia mais

Divulgado o gabarito preliminar da PRF e os recursos encerram dia 13/06

Mais de 400 inscritos no concurso da PRF ficaram sem provas

MPF/MS instaura inquérito para apurar irregularidades em concurso da PRF

FUNCAB divulga comunicado sobre prova da PRF

Informações sobre o Concurso da PRF

  • Inscrições encerradas: 09/04 a 30/04/2014
  • Cargo: Agente Administrativo
  • Salário: R$ 2.043,17 +GDATPRF
  • Taxa de Inscrição: R$ 60
  • Número de vagas: 216
  • Data da prova: 25/05/2014 e 22/06/2014 (reaplicação)
  • Nível: Médio
  • EditalFUNCAB

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

72 comentários

  • Lilian

    Gente, podem fazer isso? É legal? Esses candidatos terão que fazer uma prova totalmente diferenciada da que fizemos. Além de terem tido mais tempo para se preparar. Acho injusto

    • claudia

      Bah pode isso?????

      • Alessandro de Sousa

        Li o comentário do Paulo Leonel o mesmo diz que não houve fraude… tenho que rir.

        Como não houve fraude!? Se sumirão 450 cadernos de provas!

        A banca alega que houve atraso mas, quem garante que estes 450 cadernos não caíram em mãos de quadrilhas especializadas em fraudar provas. Pelo que eu li na nota que a Funcab disponibilizou no próprio site, ela diz que: os cadernos reservas seriam enviados para o colégio que ficou sem as provas, ou seja, se eram cadernos reservas que seriam enviados a banca está dizendo claramente que houve extravio de 450 provas!

        E a isonomia!…
        Vão rasgar a constituição!…
        Não quero saber! Prova para todos JÁ!!!

      • Já que eles os graduados vê a gente como minguem vamos marca um protesto a favor dos nosso direito como consumidor pagamos muito caro para eles nós frauda na cara grande 415 provas foram pra onde para as pessoas já separada que eles vão coloca e pagamos a toa como o de 2009 vamos protesta sai as Ruas.

    • paulo leonel

      uai, o MP daqui viu que não houve fraude e escolheu o melhor caminho para esse problema. Quem estudou, fez sua parte, não pode ser prejudicado por causa de 1 pessoa. Achei muito boa decisão!

    • Helio

      Isso não pode !!! Fere o PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA ISONOMIA OU IGUALDADE…Não quero dizer que os candidatos estão errados…Mas a BANCA, ao analizar os erros, deveriam e devem aplicar para todos as provas novamente para não ferir o PRINCÍPIO SUPRACITADO Lilian.

    • Rogério A Rodrigues

      Também acho injusto, isso não pode…

      • Edsonia

        É muito injusto… o que poderemos fazer? cada um entrar com uma petição junto ao MP de cada Estado ou
        MPF?
        Podem contar comigo..

  • Djalma Júnior

    Não sou da área do Direito, mas pelo pouco que sei, me parece que alguns princípios não foram observados. Quem é da área do Direito deve dizer se está correto ou não. Vamos aguardar.

  • Isso é um vergonha e uma afronta aos princípios constitucionais, sobretudo o da moralidade administrativa e da isonomia. O concurso devia ser todo ANULADO foram tantas falhas relatadas e vai ficar por isso mesmo, VERGONHA !!!

    • Henique

      O concurso deve ser anulado no Brasil todo, pois fere o Princípio da Isonomia!! O mesmo ocorreu com o concurso do INSS organizado pela Funrio.

      • Aline

        Temos que ir no MP do seu , respectivo estado , e solicitar anulação do concurso .

      • Filipe

        Em se raando de um Concurso em âmbio Nacional , a soliciação de anulação deve ser feia ao MPF – Miniserio Publico Federal .

      • Valéria

        Isso para mim é uma vergonha!! A Funrio anulou o concurso do INSS e não foi amplamente divulgado, impossibilitando várias pessoas de fazer a prova novamente, a Funcab com essa bagunça generalizada, vai aplicar provas diferentes em um mesmo concurso, deveria aplicar para todos. No dia da aplicação das provas da PRF, aqui no RJ, houve concurso para os Bombeiros que também foi anulado. Estão querendo desmoralizar os concursos públicos.

    • Rodrigo Miguel

      mas não vai mesmo. vou entrar com uma ação pedindo a suspensão do concurso e a reaplicação da prova pra todos. Não é porque os candidatos do MS não fizeram prova, que podem estudar mais um mês e se preparar melhor, ferindo a isonomia dos demais.

  • GILSON

    O correto seria aplicar prova para todos!

  • Aline

    Isso é ridículo ! Como o Ministério público aceitou isso ! Falcatruas , isso é favorecimento esse concurso tem que ser anulado e reaplicado nova prova para todos , eles não querem é gastar pois vai sair do bolso deles !

  • Aline

    Bah ! Sentido-me lesada! Se ficar por isso mesmo , posso dizer que aprendi uma grande lição : não faço mais concurso se a banca for desconhecida , fundo de quintal como a FUNCAB “.

  • Luiz

    Fiz questão de registrar minha denuncia no site do Ministério Público… (http://cidadao.mpf.mp.br/formularios/formulario-eletronico). É ridículo isso, fere o princípio da isonomia…Agora o pessoal lá do MS fará uma prova completamente diferente da nossa, tendo mais tempo de estudar…que palhaçada isso!!!

    • Lilian

      Também já registrei minha denúncia no MP. Vamos lá, pessoal, vamos nos mobilizar. Essa situação é inaceitável.

    • paulo leonel

      nada vê! Quem fez, fez, e quem não fez, vai fazer ueh?! o nível das questões será os mesmo e quem estudou nao tem medo de prova! Concordei com a notícia! E você é de MS por acaso? A lotação é daqui! Se liga, se você estudou, e foi bem, ninguem tira a sua vaga!!!

      • Luiz

        Realmente Paulo Leonel, não sou do MS, entretanto por questão de lógica é que não aceito tal injustiça dessa tanto com quem já fez quanto com quem vai fazer. É fato que ou eu ou eles terão uma prova de nível diferente, só é possível uma prova no mesmo nível se for a mesma prova que fizemos. Consultei o gabarito e fui bem sim graças a Deus e tenho grande chance de passar sim, mas não vejo problema algum de refazer esse concurso pois independente do novo nível eu creio que me daria bem porque me esforcei para isso!!! Provavelmente você não participou deste concurso e está só querendo causar…

      • ORIOVALDO TEIXEIRA BASTOS

        Engano seu pensar que ninguém tira sua vaga, o concurso é em nível federal e pode haver sim lotação para os candidatos melhores colocados fora de sua base territorial, o que esta errado não é a aplicação da prova para os candidatos do Mato Grosso do Sul, o que está errado é a possibilidade de ter havido fraude no desaparecimento destes cadernos. A decisão fere sim vários princípios constitucionais e éticos, mas como nesse país tudo pode, mais uma vez veremos acontecer uma quebra de regras ditadas por aqueles mesmos que as editam.

    • joao carlos

      QUEM ME GARANTE QUE AS PROVAS QUE IRÃO REFAZER NÃO SERÃO MAIS FÁCEIS DA QUAL FIZEMOS, E SE A DELES FOREM MAIS DIFÍCIL DO QUE FIZEMOS, NÃO É JUSTO PARA AMBAS AS PARTES, DEVERIAM REFAZER PARA TODOS, É O MAIS DECENTE PARA ACONTECER, RESPEITO DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS NÃO ESPEREM E SIM SOMENTE O INTERESSE DELES.
      VOU MUDAR DE PAÍS, CELEIRO DE CORRUPTOS, ESCOLA DA MARGINALIDADE LEGALIZADA POR LEIS.

    • joao carlos

      É O PAIZINHO DE [editado pelo moderador] EM QUE SOBREVIVEMOS, O CONCURSO DO MP DO PR TAMBÉM É MESMA PORCARIA.

  • Victor Fernandes Soares

    Bela seriedade no trato da coisa pública, na aplicação de princípios constitucionais ! Vocês fortalecem, com esse tipo de decisão, a “grande confiança” que o povo brasileiro, especialmente a cada vez maior massa de candidatos a alguma vaga em órgãos como esta “PRF”, deposita-lhes ! De todo o coração: deitem com a cabeça tranquila em seus respectivos travesseiros ! Desaprova concursos ?

    • Blog Aprova Concursos

      Olá, Victor!
      Não aprovamos essa decisão. Estamos divulgando para que os candidatos tomem conhecimento do que está acontecendo.
      Abs.

    • Suzana

      Vitor, deu uma viajada legal agora. O que o Aprova Concurso tem com a decisão do MPF-MS? Em sã consciência, ninguém é a favor dessa decisão.

  • Aline

    Também denunciei essa palhaçada no site do MPF!

  • paulo leonel

    nada vê! Quem fez, fez, e quem não fez, vai fazer ueh?! o nível das questões serão os mesmo e quem estudou nao tem medo de prova! Concordei com a notícia!

  • Daniela

    Nunca vi tamanho absurdo…prova diferenciada fere o princípio constitucional da isonomia…e quanto ao sumiço das 415 provas?Nenhum esclarecimento à sociedade?Como assim?

  • Georllan

    Será que não tem como recorrer dessa decisão??? Temos que fazer alguma coisa, é muito injusto isso. Tem que ser pra todo mundo. Não está havendo igualdade nessa situação. Até pra eles que vão fazer a prova é prejudicial.

  • martha aparecida pinho

    anulação para todos, aonde fica o princÍpio da ISONOMIA!!!!!!

  • cida reis

    Aplicar nova prova para todos…..direitos iguais!!!!!!!!!!!!!

  • Vanderlucia

    Acho muito injusto o fato dessas 415 pessoas fazerem a prova, sendo que eles terão mais tempo para estudar e por não ser possível mensurar o grau de dificuldade da prova passada, sendo que eles já sabem como a banca inovou, era para ser anulado para todos.

  • Luciana

    Esta decisão não foi justa com os demais candidatos. Deveriam ter estendido o direito à desistência a todos os candidatos do certame. Afinal, onde está a isonomia?

  • Wescley

    Pra mim tem que ser anulado!!!
    Pois na minha forma de pensar, essa pessoa estão sendo favorecida. Pois eles agora estão tendo uma base de como é a prova da FUNCAB.
    E se não me engano a FUNCAB nunca fez uma prova de uma Instituição Federal, como por exemplo, PRF.

  • Andre Costa

    Concurso PRF… 2014.

    Resposta aos recursos contra o Gabarito preliminar,
    divulgação do Gabarito Oficial final, Resultado da Prova
    Objetiva e convocação para a entrega da documentação da
    Investigação Social e Perícia Médica – após 16 horas
    26/06/2014 26/06/2014
    Data preenchimento e entrega de documentação para
    Investigação Social
    Realização de Perícia Médica
    27/06/2014 27/06/2014

    Como consegue entregar os documentos para Investigacao Social em apenas 1 dia. Alguem pode me explicar…

  • Luana

    Concordo com o pessoal! O concurso deveria ser anulado e aplicado nova prova para TODOS no mesmo dia. Certamente estes 415 candidatos terão mais tempo para se prepararem e com certeza isso é benéfico para eles, ao contrário de nós que já fizemos a prova com tempo menor para a preparação! igualdade e justiça é o que falta nesta decisão! Deve ter alguma maneira de recorrer desta decisão e anular este concurso!

  • adauto

    Novo cronograma : prova dia 22/06
    divulgação do gabarito: 23/06
    recursos contra o Gabarito preliminar: 24/06 e 25/06
    Resposta aos recursos contra o Gabarito preliminar,
    divulgação do Gabarito Oficial final, Resultado da Prova
    Objetiva e convocação para a entrega da documentação da
    Investigação Social e Perícia Médica: 26/06

  • Marcelo

    Acho que só poderiam fazer isso se esses 415 concorressem só entre si. Só pra lembrar, os candidatos do Brasil inteiro podiam fazer provas para locais diversos daqueles escolhidos para lotação. Então eles podem estar concorrendo com qualquer um, em qualquer canto do Brasil. Mesmo que consigam eleborar uma prova com dificuldade similar, eles já contam com mais 1 mês de estudo. CADÊ A ISONOMIA?

  • THE O.C

    E o resultado para quem fez a prova normal, vai sair quando?

    • Blog Aprova Concursos

      Olá THE O.C,
      O resultado está previsto para ocorrer no dia 26/06/2014, conforme consta no edital que acabou de ser publicado.
      Abs!

  • junio anibal teixeira

    1 a questão e a seguinte, alguns dizem, quem fez? fez!
    2 quem não fez tem direito de fazer? claro que tem!
    3 mas o erro e a desorganização foi de quem? da banca!
    4 e isso prejudica a todos de varias formas…
    quem não fez a prova, quem fez em menos de 30 dias de preparo, quem fez e gabaritou!
    mas detalhe se são 216 vagas para nova prova para 415 candidatos, essas pessoas tem muito mais tempo, e conhecimento do tipo de aplicao e visão da banca, que favorece e muito a uma nova prova. mesmo eles dizendo que sera em mesmo grau de dificuldade, e então digamos que dos 415, 200 candidatos gabaritem a prova, isso vai prejudicar os outros 258.484,00 que fizeram a prova respeitando o grau de dificuldade do dia? e claro!!! pois pra essaa quantidade de pessoas 1 ponto derruba muita gente!

    então pergunto a vocês, o que fazer nesse caso???
    a quem recorrer com eficiência???
    estamos errados e querer uma nova prova???

  • junio anibal teixeira

    entao pergunto quem realmente esta sendo prejudicado os 0,16 que sao os 415 ou os 258.500…..

  • paulo leonel

    certeza que esses que querem anulação não foram bem, não se garantem rs

  • xênia

    Não sou da área de direito,mas essa decisão entendo que prejudicou aos demais candidatos.Os 415 candidatos do MS não têm realmente culpa.No entanto,vamos ter ai dois resultados diferentes já que serão duas provas diferentes para um mesmo concurso e se eu estiver errada por favor me corrijam.Alguém já viu isso? aprendi a lição: FUNCAB nunca mais.

  • Luiz

    Isso realmente ta completamente errado. Temos que fazer alguma coisa. Aonde ja se viu 415 candidatos fazerem outra prova diferente!!! Isso não existe!!! Feri o principio da ISONOMIA!!! Temos que denunciar!!!
    Vamos pedir a anulação desse concurso imediatamente gente!!!

  • Marcia

    Absurdo essa decisão. Injusta com os candidatos que ja fizeram essa prova esquisita, pra não dizer outra coisa. Agora vamos concorrer com os demais , sem saber que tipo de prova irão fazer? Lamentavel , achei que se tratava de um concurso sério, mas pelo jeito acho que perdemos nosso tempo estudando.

  • MÔNICA

    NÃO CONCORDO, DEVE SER ANULADA, PRINCÍPIO DA ISONOMIA. A FUNRIO ANULOU NO CONCURSO DO INSS, ESSA FUNCAB DEVE FAZER O MESMO. VAMOS PROTESTAR.

  • A prova deve ser anulada a nível nacional e refeita para todos. Acredito que esse será o entendimento jurídico para a resolução do problema. Também irei procurar o MPF. Funcab nunca mais! Abraços a todos!

  • Suzana

    Pessoal,
    Assim como eu, quem não concorda com tal decisão, faça a sua parte:

    Links para TENTAR por em prática nossos direitos:

    Petição Pública
    http://www.peticaopublica.com.br/psign.aspx?pi=BR72612

    Formulário para denuncia junto ao MPF-BR
    http://cidadao.mpf.mp.br/formularios/formularios/formulario-eletronico

    Mais uma opção, onde podemos denunciar irregularidades em concursos públicos
    http://www.anpac.org.br/portal/index.php

    Agora, faça a sua parte caso assim achar que deve.

  • Joao Silveira

    Como disseram , é um tanto absurdo você fazer provas diferentes para o mesmo cargo , por mais que o conteúdo seja o mesmo , além do maior tempo de estudo (1 mês) para esses até então prejudicados.

    O correto a se fazer é verificar pra qual localidades estão concorrendo esses 415 e reaplicar a prova em todos os estados que vão sofrer influencia de algum desses 415, enquanto os outros estados seguem normalmente.

  • Temos que pedi anulação do concurso que estamos sendo lesados. nosso pais e uma vergonha ate num concurso e preciso rouba o povo se eles tivesse honra faria uma nova prova para todos para que todos fiquem no mesmo patamar de dificuldade a gora os que vão faze pó último vai ter me lho resultado.

  • alex

    Eu não concordo com isso!
    Deve ser anulado para todo o brasil.

  • Alanio Sousa

    Se ficar por isso mesmo, realmente, e esse concurso não for anulado completamente, ou não haver se quer a possibilidade de desistência e reembolso do valor da inscrição pra todo mundo, então tenho que concordar com o joão carlos, acrescentando ainda que o respeito aos direitos do cidadão das pessoas que organizam esse concurso é uma verdadeira BO*TA. Lamentável!

  • Edilson costa

    lamentável,, a prova tem ser reaplicada para todos!! vergonhoso,

  • Pedro

    Esta rolando uma petição publica contra essa decisão arbitraria se vc tb ficou indignado assine.

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR72612

  • Antônio Barros

    Essa banca e uma verdadeira sem noção … Todos tem que mostrar sua indignação .

  • marcio

    Eu já assinei a petição, palhaçada isso tudo viu, não dá para acreditar mais em nada nestes concursos, não podem garantir somente a isonomia, mas também LISURA do CERTAME, porque o MP não deferiu a anulação disso e aplicação para todos diante dos fatos… agora vai demorar mais pois aplicarão esta nova prova e nós que ficamos de fora temos que pedir para anular as 415, dai nova novela…. Anulação

    tem mais gente no outro post:
    http://www.aprovaconcursos.com.br/noticias/2014/05/26/funcab-divulga-comunicado-sobre-prova-da-prf/

  • marcio

    Assinei a petição ! denunciei no MP e no AMPAC, FAÇAM TAMBÉM!!! Temos que nos unir para um concurso mais justo, honesto, transparente, ISONOMIA. Caso contrário os concursos não terão mais confiabilidade, a aplicação de provas devem ser IMPECÁVEIS, os fatos é que sumirarm 415 provas, um concurso deve ser anulado se sumir uma UNICA PROVA…precisamos de QUALIDADE DE BANCAS e não QUANTIDADE DE BANCAS.

    • xênia

      Eu já assinei através de uma petição que está circulando .Mas, parece que não estão levando isso a sério,visto que a haverá aplicação de provas dia 21 de junho para os 415 candidatos.Dá pra acreditar que nesse concurso houve oportunidade igual para todos? não tem como.

      • Sonia

        É verdade!!! é uma injustiça…. eu tb assinei a petição as acho que não vai dar em nada, como tudo nesse País

        O pior que fiz prova em BH com opção para MS – quem garante que as provas extraviadadas já não foram garantido as vagas para o MS…..

  • LENILDO

    MEU POVO BANCA DE RESPONSABILIDADE CHAMA-SE CESPE ENTENDERAM

  • marcio

    ALGUÉM foi diretamente Ministério Publico para denunciar isso ?

  • marcio

    http://www.funcab.org/noticias-detalhe.php?id=1595

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *