Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Dicas para escrever uma dissertação argumentativa

Publicado em 9 de junho de 2014 por - 17 Comentários

Muitos candidatos temem a prova discursiva e consideram a dissertação argumentativa um bicho de sete cabeças, aqui estão algumas dicas para tentar ajudar a entender como deve ser escrito esse tipo de dissertação:

  1. Em relação à estrutura, o texto dissertativo-argumentativo possui uma estrutura própria, sendo dividido em:

TEMA

POSICIONAMENTO

ARGUMENTAÇÃO

CONCLUSÃO

  1. Essa estrutura DEVE e PRECISA ser obedecida, sem inverter a ordem, sendo assim:
  • o TEMA e o POSICIONAMENTO devem aparecer já no primeiro parágrafo;
  • a ARGUMENTAÇÃO, que faz parte do desenvolvimento do texto, deve estar nos próximos parágrafos, que podem ser 2 ou 3, sendo um parágrafo para cada argumento;
  • a CONCLUSÃO, por fim, faz parte do último parágrafo.
  1. TEMA: é o assunto sobre o qual o aluno irá dissertar, deve ser citado de forma resumida, para situar o avaliador a respeito do que será abordado no texto;
  2. POSICIONAMENTO: no texto dissertativo-argumentativo o autor precisa se posicionar quanto à situação-problema, a opinião do autor – contrária ou a favor – deve ser exposta de forma clara já no início do texto;
  3. ARGUMENTAÇÃO: a partir do posicionamento do autor, serão agora expostos argumentos que o fundamentem para convencer o leitor a concordar com o seu posicionamento, o texto dissertativo-argumentativo difere do texto dissertativo justamente por isso, através da argumentação o autor precisa convencer o avaliador;
  4. CONCLUSÃO: para finalizar o texto, o autor deve dar a ele um tom conclusivo, dar um fechamento para as ideias expostas e retomar a ideia inicial – primeiro parágrafo – para isso, o autor pode comparar o primeiro e o último parágrafo verificando se não há ideias conflitantes e se há coerência entre os dois.

 

Por onde começar?

  1. Informe-se sobre o assunto, pesquise na internet mesmo, leia notícias e artigos de jornalistas renomados a respeito do assunto;
  2. Comece se posicionando, escolha um posicionamento que facilite a argumentação, mesmo o texto sendo de sua autoria, ele não precisa apresentar ideias e opiniões pessoais;
  3.  Busque argumentos de outros, utilize ideias e opiniões de outras pessoas para a argumentação, não há nenhum problema nisso, desde que sejam opiniões de especialistas, de profissionais renomados;
  4. Cite a fonte dessas informações, mesmo que sejam retiradas de sites e busque sites confiáveis;
  5. Apresente mais de um argumento, o ideal é que sejam apresentados 2 ou 3 argumentos, é no desenvolvimento que o autor vai mostrar que conhece/domina o tema;
  6. Conclua o seu texto com algum conectivo ou expressão que indique conclusão (“Dessa forma”, “Assim”, “Pode-se concluir”, “Então”, etc.);
  7. O texto não pode, de maneira nenhuma ser escrito de maneira subjetiva, não se deve usar marcas de pessoalidade como pronomes ou verbos em primeira pessoa;
  8. Respeite as margens do texto e o número máximo de linhas;
  9. Escreva o texto de forma legível, em caso de erro, apenas risque com um traço simples a palavra, o trecho ou o sinal gráfico e escreva o respectivo substituto;
  10. Seja claro e objetivo, sem fazer rodeios, indo direto ao assunto, evitando parágrafos muito longos, se for preciso, releia o parágrafo e retire informações desnecessárias.

Espero que tudo isso possa ajudá-los, lembrando que a prática de redações é fundamental, só se “aprende a escrever” escrevendo!


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

17 comentários

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *