A professora de Arquivologia do Aprova Concursos, Lúcia Markiv, que corrigiu e comentou ontem, dia 25, a prova da Polícia Rodoviária Federal no Gabarito Extraoficial do Aprova, elaborou modelos de recursos para serem apresentados contra algumas questões da prova de Arquivologia aplicada neste domingo!

Para os recursos contra questões das demais disciplinas da prova, utilize os comentários feitos pelos professores no Gabarito Extraoficial!

Atenção, pois conforme o edital não serão aceitos recursos:

  • sem fundamentação lógica e consistente;
  • e com argumentação idêntica a outros recursos.

“Assim, façam alguma alteração na redação para que não seja anulado seu recurso! Como eu fiz a prova, vou protocolar os meus recursos exatamente como escritos abaixo.
Como dica, vocês podem colocar a fundamentação legal que indiquei, mas, somente a redação deve ser diferente! Também não precisar embasar tanto cada alternativa, pode ir direto ao ponto! Assim ficará mais fácil de cada um redigir seu recurso!””

Professora, Lúcia Markiv

 

Questões

Gabarito Caderno R: 43) Recurso; 44) A; 45) C; 46) Recurso; 47) A; 48) E.

Gabarito Caderno Q: 43) Recurso; 44) B; 45) B; 46) Recurso; 47) B; 48) A.

 

RECURSOS

Questão 43 Caderno Q todas as alternativas erradas! Cabe recurso de anulação!

A arquivologia como ciência possui princípios que orientam seus trabalhos e estudos. O princípio da proveniência estabelece que os fundos:

A) são organizados pela origem dos arquivos e ficam custodiados em seu território de produção.

(Podemos considerar esta questão “menos errada”, porém, pela fundamentação este é o conceito do Princípio da Proveniência Territorial também chamado de Princípio da Territorialidade: Os arquivos deveriam ser conservados em serviços de arquivo do território no qual foram produzidos, excetuados os documentos elaborados pelas representações diplomáticas ou resultantes de operações militares.)

B) constituem um formação progressiva e natural, decorrente das funções de um organismo.

(Conceito do PRINCÍPIO DA CUMULATIVIDADE/NATURALIDADE: O arquivo é uma formação progressiva, natural e orgânica)

C) devem ser preservados sem dispersão, alienação, destruição ou acréscimos indevidos.

(Conceito do PRINCÍPIO DA INTEGRIDADE OU INDIVISIBILIDADE: Os fundos devem ser preservados sem dispersão, mutilação, alienação, destruição não autorizada ou acréscimo indevido, ou seja, não se pode adicionar ou retirar parte de um documento.)

D) Conservam seu caráter único em função do contexto em que foram produzidos.
(Conceito do PRINCÍPIO DA UNICIDADE: Os documentos de arquivo preservam seu caráter único, em função de seu contexto de produção. A mesma informação contida em mais de uma espécie documental determina a preservação de um único exemplar.)

E) Mostram a estrutura e as funções da entidade, em suas relações internas e externas.

(Conceito do PRINCÍPIO DA ORGANICIDADE: O conjunto de arquivos encontrados em alguma instituição deve ser guardado da mesma maneira como estavam organizados. As relações administrativas espelham-se nos conjuntos documentais. Todo documento foi criado com um fim, um propósito. Os arquivos produzidos por entidade coletiva, pessoa jurídica ou física refletem a estrutura e as atividades da sua entidade mantenedora no contexto da organização dos conjuntos documentais.

Modelo de RECURSO:
Senhores Examinadores,
Solicito a anulação da questão de número 43 devido todas as alternativas apresentadas não corresponderem ao solicitado no enunciado – O princípio da proveniência estabelece que os fundos:.

Conforme o Dicionário brasileiro de terminologia arquivística, Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005, disponível em;http://www.portalan.arquivonacional.gov.br/Media/Dicion%20Term%20Arquiv.pdf. p. 136, diz: “Princípio da proveniência. Princípio básico da arquivologia segundo o qual o arquivo produzido por uma entidade coletiva, pessoa ou família não deve ser misturado aos de outras entidades produtoras.
Também chamado princípio do respeito aos fundos”.

A alternativa “A”, conforme a mesma citação acima, p. 141, contempla o conceito do princípio da Proveniência Territorial: “Conceito derivado do princípio da proveniência e princípio da proveniência segundo o qual arquivos deveriam ser conservados em serviços de arquivo do território no qual foram produzidos, excetuados os documentos elaborados pelas representações diplomáticas ou resultantes de operações militares.” Ou seja, o Princípio da Proveniência Territorial, também conhecido como Princípio da Territorialidade, deriva do princípio da Proveniência, cujo conceito é de não misturar os fundos.

A alternativa “B”, contempla o conceito do princípio da cumulativida/naturalidade. Segundo Renato Valentini, Arquivologia para concursos – 3. Ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 133, “princípio da cumulativadade – o arquivo é uma formação progressiva, natural e orgânica.

A alterantiva “C” contempla o conceito do princípio da indivisibilidade ou integridade arquivística. Segundo Renato Valentini, Arquivologia para concursos – 3. Ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 133, alternativa “c” do item 3. Princípios arquivístivos “os fundos devem ser preservados sem dispersão, mutilação, alienação, destruição não autorizada ou acréscimo indevido.

A alternativa “D” contempla o princípio da Unicidade. Segundo Renato Valentini, Arquivologia para concursos – 3. Ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 133, alternativa “b” do item 3. Princípios arquivístivos, “os documentos de arquivo preservam seu caráter único, em função de seu contexto de produção.

A alternativa “E” contempla o princípio e o conceito da organicidade. Segundo Renato Valentini, Arquivologia para concursos – 3. Ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 133, alternativa “a” do item 3. Princípios arquivístivos. “princípio da organicidade – as relações administrativas espelham-se nos conjuntos documentais. E segundo o dicionário brasileiro de terminologia arquivística, Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005, p. 127, organicidade é a “Relação natural entre documentos de um arquivo em decorrência das atividades da entidade produtora.

Portanto, por não haver na alternativa o que estabelece aos fundos como princípio da proveniência, peço a anulação da questão.

Questão 44 Caderno Q: alternativa “B”.

A gestão de documentos tem por objetivo garantir, de maneira eficaz, a produção, administração, manutenção e destinação dos documentos de forma raciona e econômica. A fase básica desse conjunto de procedimentos – a qual incluir as atividades de protocolo e de elaboração de normas de acesso à documentação – denomina-se:

A) Avaliação (fase que cria a tabela de temporalidade)
B) Utilização (Correto. Fase de uso, tramitação, inclui as atividades de protocolo e a criação do Código de Classificação de Documentos – O Código é uma norma de acesso à documentação)
C) Classificação (atividade do protocolo. A prova tentou induzir ao erro.)
D) Descrição (fase do arquivo permanente: Arranjo, Descrição, Conservação e Referência)
E) Identificação (ato de identificar as pastas e os arquivos para recuperar a informação)

Questão 45 Caderno Q: alternativa “B”.

No protocolo – numa empresa, serviço responsável pelas atividades de controle da documentação -, a rotina de encaminhar os documentos aos respectivos destinos, de acordo com despacho de autoridade competente, está relacionada ao setor de:

A) Circulação e arquivamento (arquivamento não é atividade do protocolo)

B) Registro e movimentação (correto. Este setor funciona como um centro de distribuição e redistribuição de documentos)

C) Recebimento e classificação (duas atividades do protocolo que não correspondem à rotina de encaminhar os documentos. Receber a correspondência e a atividade intelectual de classificar os documentos segundo o Código de Classificação dos Documentos.)

D) Autuação e custódia (autuar ou registrar é colocar o carimbo de protocolo, identificado por data e hora. Custódia é guarda e o protocolo não guarda os documentos, ele distribui, expede e encaminha)

E) Análise e distribuição (análise é uma das atividades da organização de arquivos e distribuição é a atividade do setor de registro e movimentação)
Questão 46 Caderno Q: todas as alternativas erradas! Cabe recurso de anulação!
No âmbito da preservação e conservação, os documentos devem ser armazenados em local apropriado e acondicionados de maneira adequada. Nesse contexto, analise os itens abaixo.

I. O método de combate aos insetos mais eficiente é a encapsulação. Nesse processo, a substância química a ser empregada passa por testes de garantia da integridade do papel. (o método de desinfestação é a fumigação. Encapsulação é técnica de restauração)

II. A umidade é um fator que propicia o desenvolvimento de mofo. O índice de umidade ideal nas áreas de armazenamento dos documentos deve permanecer entre 21% e 26%. (eles tentaram confundir com a temperatura ideal, que dever ser em torno de 15º e 22º C. A umidade relativa deve ser entre 45% a 60%)

III. O alisamento consiste em colocar os documentos em bandejas de aço inoxidável, expondo-os à ação do ar com forte percentagem de umidade. (alisamento é uma técnica de conservação em que os documentos são passados a ferro, folha por folha, em máquina elétrica. Na falta desse equipamento usa-se o ferro de passar roupas. O correto seria dizer que é a umidificação, procedimento em que documentos quebradiços e ressecados são colocados numa atmosfera úmida para readquirirem flexibilidade pela absorção gradual do vapor d’água.)

IV. O local de acondicionamento de fotografias coloridas deve apresentar condições climáticas adequadas, com temperatura ambiente de 16ºC, com margem para mais ou menos 1ºC. (a fotografia é um suporte iconográfico e estes devem ser armazenados em baixa temperatura. O acondicionamento é feito em álbuns ou material de polietileno (plástico), logo, com temperatura elevada, o plástico soa e danifica a fotográfica. A temperatura ideal, conforme as recomendações do CONAR para fotografia colorida é de 5º C +- 1º C e a umidade relativa entre 35% +- 5%, clima seco)

Está correto o que se afirma apenas em:

A) III
B) II
C) I
D) II, III e IV
E) I, II e IV

Não tem alternativa para a questão. Mesmo que eles pedissem a incorreta ainda não teria.

Modelo de RECURSO:
Senhores Examinadores,
Solicito a anulação da questão de número 46 devido todas as alternativas apresentadas não corresponderem ao solicitado no enunciado. Todos os itens que correspondem às alternativas estão incorretos e, portanto não há alternativa correta.

No item I, o método de desinfestação e combate aos insetos chama-se fumigação, que consiste na aplicação de inseticidas na forma sólida ou líquida, que em contato com o ar transforma-se em gás, promovendo a eliminação dos insetos agindo no seu sistema respiratório. Conforme o Dicionário brasileiro de terminologia arquivística, Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005, disponível em;http://www.portalan.arquivonacional.gov.br/Media/Dicion%20Term%20Arquiv.pdf. p. 97, diz sobre fumigação: “Exposição de documentos a vapores químicos, geralmente em câmaras especiais, a vácuo ou não, para destruição de insetos, fungos e outros microorganismos.

O item II afirmou que o índice de umidade deve permanecer entre 21% e 26%. Este percentual corresponde a um atmosfera extremante seca, o que danificaria os documentos. Conforme as Recomendações para a produção e o armazenamento de documentos de arquivo, elaborado pelo Conselho Nacional de Arquivos, Rio de Janeiro: O Conselho, 2005, disponível em <http://www.conarq.arquivonacional.gov.br/Media/publicacoes/recomendaes_para_a_produo.pdf>. p. 12, diz: “A adoção de parâmetros recomendados por diferentes autores (de temperatura entre 15º e 22º C e de umidade relativa entre 45% e 60%) exige, nos climas quentes e úmidos, o emprego de meios mecânicos sofisticados, resultando em altos custos de investimento em equipamentos, manutenção e energia. Os índices muito elevado de temperatura e umidade relativa do ar, as as variações bruscas e a falta de ventilação promovem a ocorrência de infestações de insetos e o desenvolvimento de microorganismos, que aumentam as proporções de danos. Com base nessas contatações, recomenda-se: – armazenar todos os documentos em condições ambientais que assegurem a preservação, pelo prazo de guarda estabelecido, isto é, em temperatura e umidade relativa do ar adequadas a cada suporte documental.”

O item III confunde o conceito de alisamento com umidificação. Conforme o Dicionário brasileiro de terminologia arquivística, Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005, p. 166, umidificação é: “Procedimento em que documentos quebradiços e ressecados são colocados numa atmosfera úmida para readquirirem flexibilidade pela absorção gradual do vapor d’água.”. Segundo Renato Valentini, Arquivologia para concursos – 3. Ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 135, alternativa c do item 5.1 principais operações de conservação, Alisamento é quando “os documentos são passados a ferro.”

O item IV afirma que o local de acondicionamento de fotográficas coloridas deve apresentar temperatura ambiente de 16ºC, c om margem para mais ou menos 1º C. Conforme as Recomendações para a produção e o armazenamento de documentos de arquivo, elaborado pelo Conselho Nacional de Arquivos, Rio de Janeiro: O Conselho, 2005, p. 13, diz: “armazenar os acervos de fotografias, filmes, meios magnéticos e ópticos em condições climáticas especiais, de baixa temperatura e umidade relativa, obtidas por meio de equipamentos mecânicos bem dimensionados, sobretudo para a manutenção da estabilidade dessas condições, a saber: fotografias em preto e branco T(temperatura) 12º C +- 1ºC e UR (umidade relativa) 35% +- 5%; fotografias em cor T 5ºC +- 1ºC e UR 35% +- 5%, filmes e registro magnéticos T 18ºC +- 1ºC e UR 40% +- 5%”, ou seja, a temperatura ideal, mesmo que ambiente, não deve ser 16ºC. Esta temperatura, considerada elevada no índices expostos pelas Recomendações do CONAR, poderia provocar suor nos materiais de polietilenos que são apropriados para acondicionar as fotografias.

Pelo fato de todas as alternativas estarem incorretas, e não como não há nas alternativas da questões esta afirmativa, peço a anulação da questão.

Questão 47 Caderno Q: alternativa “B”.

Considere que determinado arquivo corrente da Polícia Rodoviária Federal adota o método de arquivamento alfabético. Ocorre que, na ordenação dos nomes, o responsável pelo arquivo identificou quatro pessoas com sobrenome Silva, João Silva, J. Silva, José Silva e Jair Silva. No mesmo arquivo havia mais duas pessoas: Carlos d’Araújo e Ivan de Arruda. Além disso, foram identificadas pessoas que possuíam titulações como General Ari Araújo e Coronel Ivo Costa Filho. Havia, também, três nomes orientais – Ken Takada, Li Suzuki e Aiko Kobashi e três nomes espanhóis – Juan Rios Escobar, Pablo Perez Rojas e Roger Mejia Ruiz.

Conforme as regras de alfabetação, para arquivamento de documentos cujo principal elemento seja o nome, é correto afirmar:

A) Na ordenação de nomes espanhóis, primeiro virá Juan Rios Escobar, em segundo Pablo Perez Rojas e, em terceiro, Roger Mejia Ruiz. (errado. Para alfabetar nomes espanhóis lembramos que na Espanha o último sobrenome é o da mãe e não do pai, logo, no brasil, alfabetamos pelo sobrenome do meio, referente ao da mãe, e o do pai consta na sequencia. A prova tentou induzir o candidato ao erro, alfabetando pelo último sobrenome como se este fosse do pai. A forma correta é:

Mejia Ruiz, Roger
Perez Rojas, Roger
Rios Escobar, Juan.)

B) Na ordenação das pessoas c om sobrenome Silva, o primeiro será J. Silva; o segundo, Jair Silva; o terceiro, João Silva e o último José Silva. (correto, quando há abreviações de nomes estas antecedem aos demais:

Silva, J.
Silva, Jair
Silva, João
Silva, José )

C) Os nomes orientais são registrados pelo sobrenome. Assim, primeiro virá Kobashi, Aiko; segundo, Suzuki, Li e, depois, Takada, Ken. (errado, os nomes orientais, (japoneses, chineses e árabes) são ordenados/registrados como se apresentam, na ordem direta. Desta forma:
Aiko Kobasshi
Ken Takada
Li Suzuki

D) Entre as pessoas cujos sobrenomes exprimem grau de parentesco, primeiro virá o Coronel Ivo Costa Filho e depois o General Ari Araújo Neto. (errado. O grau de parentesco não influi na alfabetação, apenas fica após o sobrenome como parte integrante, inclusive, os títulos são colocados entre parênteses no final do nome, desta forma:

Araújo Neto, Ari (General)
Costa Filho, Ivo (Coronel)

E) No arquivo, primeiro virá Ivan de Arruda e depois Carlos d’Araújo, pois preposições como do d’ são consideradas parte integrante do sobrenome. (errado. Os artigos e preposições não são parte integrante no sobrenome, exceto se forem grafados com letra maiúscula D’Araújo. Ficando assim:

Araújo, Carlos d’
Arruda, Ivan de

Questão 48 Caderno Q: alternativa “A”.

Ata de reunião, edital de licitação, relatório de viagem, contrato de trabalho e relatório de auditoria são definidos segundo uma determinada categorização de documentos arquivísticos. Assinale a opção que melhor define essa categorização.

A) Configuração que assume a espécie documental de acordo com a atividade que a gerou. (correto, esta é a definição de Tipologia ou Tipo que é a espécie + a função dos documentos. Ata é espécie (ato de assentamento) e ata de reunião é a tipologia ou tipo.)

B) Estruturação formal dos documentos de acordo com a disposição da informação neles contida. (errado. Isto é a forma como eles são apresentados: rascunho, minuta, original ou cópia)

C) Configuração que assume um documento segundo a natureza dos assuntos nele registrados. (errado. Quanto à natureza do assunto os documentos são ostensivos ou sigilosos)

D) Estruturação física que as espécies documentais assumem segundo o suporte informacional. (errado, a estruturação física é o método de arquivamento, a ordenação. Cada suporte deve ser armazenado e ordenado separadamente dos demais)

E) Representação dos formatos documentais segundo o conteúdo e a apresentação das informações. (errado. Formato está relacionado com as características físicas de um suporte Ex.: caderno, códice (livro de registro), livro.)

“Caso o gabarito provisório diferencie disso, posto novos recursos!

Obrigada a todos!”

Prof.ª Lúcia Markiv

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *