20130903_104223O empresário Vilmar Ribeiro Bononi, 45 anos, de Uberlândia/MG, estudou com o Aprova Concursos e passou nas duas fases do Exame de Ordem da OAB realizado neste ano! Ele concluiu a faculdade de Direito em 2006 e também é formado em Gestão de RH.

O Aprova Concursos o entrevistou e ele contou como foram as prova, como se preparou, compartilhando excelentes dicas de como aproveitar melhor o tempo para estudar. Confira!

Aprova Concursos -Por que você decidiu fazer Direito? Em qual área você quer atuar?
Vilmar Bononi – Durante toda minha carreira como gestor de empresas, sempre estive ligado ao ramo do Direito, tendo participado de inúmeras audiências trabalhistas pelas empresas em que atuei.
Ao me tornar empresário busquei algo que estivesse ligado à Advocacia e, por isso, vendo, implanto e treino Advogados, Estagiários e Paralegais no Software de Gestão.
Minha meta será implementar o setor Jurídico nas minhas empresas. E se sobrar tempo ainda pretendo realizar um concurso para Delegado.

AC – Essa é a primeira vez que você faz a prova da OAB? Não tinha receio dessa prova?
VB – Já fiz a prova algumas vezes e sempre soube da dificuldade em realizá-la.

AC – Quando você começou a estudar para o Exame de Ordem?
VB  – Iniciei os estudos exatamente no momento em que foram disponibilizadas as aulas do Aprova.

AC – Por que decidiu fazer o curso do Aprova?
VB – Decidi fazer o Aprova, após assistir a um experimental e também porque gostei muito do formato do curso. E agradeço a toda equipe de professores do Aprova Concursos, e parabenizar alguns professores que na minha opinião se destacaram: Marcelo Lebre; Antonio Kozikoski; Barbieri, Ahyrton e o “Jump the Cat” – eles são fantásticos!

AC – Como foi a sua preparação? Quais foram os desafios e o que foi mais fácil?
VB – Eu me organizei e estabeleci metas de aulas por dia, segui rigorosamente a meta, alternando aulas pela manhã e à noite.
Os maiores desafios foram cumprir a carga horária em tão pouco tempo, pois assistia uma média de 08 a 10 aulas por dias. E a facilidade consistiu na flexibilização, ou seja, poder assistir as aulas em horários alternados.

AC – Como foram as provas?
VB – Considero que a prova não foi tão difícil, pois com um pouco mais de preparação poderia ter gabaritado algumas matérias!
Observação importantíssima: na manhã de Domingo, dia da prova, revi duas aulas de Direito Constitucional (Prof. Antonio); pois bem na hora da prova uma das questões era exatamente a aula que assisti – Questão que tratava da vacância no Cargo de Presidente, nos dois últimos anos do mandato. Foi magnífico… bingo!

Na segunda prova, fui aprovado com a nota de 8,45 onde certamente considero uma boa nota para os altos índices de reprovação. Fiz a prova de Direito Civil. Considero que não estava difícil, porém com a ressalva de que estudei bastante.
Eu me dediquei muito a esta aprovação. Revi todas as aulas de Direito Civil, inclusive Consumidor ( item da peça), assisti as novas aulas de Direito Material e Processual com muito afinco e este foi o grande diferencial. Aliado a todo exposto, a didática utilizada pelos professores contribuíram sensivelmente para o resultado.

AC – E quais dicas você deixa para quem está se preparando?
BV – Disciplina e dedicação, pois o conteúdo do Aprova é excelente. Estudei todos os dias, inclusive sábados, domingos e feriados.  Abri mão de muitas coisas neste período de preparação.

 

*Notícia atualizada em julho/2014, com a aprovação de Vilmar Bononi na segunda fase!

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *