Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Aprovado no TRT 2 com menos de 3 meses de estudo

Publicado em 28 de abril de 2014 por - 31 Comentários

Aluno do Aprova Concursos aprovado no concurso do TRT 2

Aluno do Aprova Concursos aprovado no concurso do TRT 2

Eduardo Rocha decidiu estudar para concurso no final de 2013 e organizou uma preparação intensiva. Em menos de 90 dias estudou de 12 a 15 horas diariamente com o material do Aprova Concursos para o concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de São Paulo, para o cargo de técnico. O resultado foi que  com 33 anos,  o mestre em História foi aprovado em seu primeiro concurso público. Leia a entrevista.

Aprova Concursos – Em qual concurso você foi aprovado?

Eduardo Rocha – Eu fui aprovado no concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) para o cargo de Técnico Judiciário, área administrativa. Foram mais de 63 mil candidatos inscritos, concorrendo a 190 vagas. O resultado acabou de ser publicado, fiquei classificado em 11º lugar.

 

Aprova Concursos – Há quanto tempo estava estudando? Já passou em outros concursos?

Eduardo Rocha – Estou comemorando um momento muito especial, uma vez que esta foi a minha primeira aprovação em concursos públicos. Em relação ao tempo de preparação, talvez a minha trajetória seja um pouquinho diferente do caminho percorrido por muitos concurseiros: quando resolvi começar a estudar, vi diversos testemunhos que afirmavam ser necessário se dedicar por muitos anos para conquistar o tão sonhado cargo público. Pensei: “Tudo bem, não importa quanto tempo demorarei até obter a minha vaga, o que realmente importa é acreditar que vou consegui-la e, para isto, darei o melhor de mim nos estudos.” Com o pensamento positivo, comecei a estudar em dezembro de 2013. Portanto, foram pouco menos de três meses de preparação – a prova ocorreu no final de fevereiro de 2014.

 

Aprova Concursos – Como o Aprova Concursos te ajudou?

Eduardo Rocha – A contribuição do Aprova foi enorme. Mesmo sendo intensivo, o curso seguiu rigorosamente o conteúdo programático do edital, o que me deixou bastante tranquilo para seguir adiante a cada dia. O papel dos professores do Aprova foi marcante: eles se esforçaram ao máximo para passar todas as informações possíveis a respeito de suas disciplinas, forneceram inúmeras dicas sobre a banca examinadora e falaram, cada um do seu jeito, palavras que me incentivaram bastante.

Confesso que tinha algum receio de fazer um curso online, pois achava que não teria contato com os professores para sanar minhas dúvidas e tampouco disporia de um tratamento individualizado. Coube ao Aprova mostrar que o ensino à distância pode ser tão “humano” quanto a modalidade presencial, uma vez que os professores estavam sempre à disposição para me ajudar – até pelo Facebook! – e isso foi decisivo para a minha aprovação.

 

Aprova Concursos – Quando decidiu prestar concurso público? Por quê?

Eduardo Rocha – Decidi prestar concursos públicos no último trimestre de 2013. Como minha esposa trabalha no Tribunal Regional Federal, eu já tinha uma boa ideia das vantagens de se conseguir um cargo na administração pública, como estabilidade, jornada semanal de trabalho reduzida, recessos no final do ano, licenças para capacitação e, obviamente, salários, benefícios e vantagens acima da média da iniciativa privada.

 

Aprova Concursos – Quais concursos você prestou?

Eduardo Rocha – Eu prestei os concursos do TRT-2 e TRF-3, e adquiri cursos preparatórios do Aprova para estes dois certames. O resultado do TRF ainda não foi divulgado, embora minha preferência seja ficar com a vaga que conquistei no TRT.

 

Aprova Concursos – Como você se preparou?

Eduardo Rocha –Minha primeira atitude foi elaborar um cronograma de estudos de acordo com a quantidade de aulas que assistiria ao longo do curso. Eu normalmente acompanhava seis aulas por dia – cada uma tinha aproximadamente 30 minutos de duração –, e dedicava o restante do tempo para ter contato com a legislação, elaborar resumos no computador e fazer exercícios, muitos exercícios. Usei e abusei do banco de questões do Aprova, em algumas ocasiões cheguei a superar a marca de 100 questões por dia!

Em geral, eu estudava entre 10 e 15 horas diárias, com intervalos a cada 2 ou 3 horas para não perder o foco e me manter sempre concentrado.

 

Aprova Concursos – Você pretende continuar estudando?

Eduardo Rocha – Sim. Eu sempre gostei de estudar! Além disso, me empolguei bastante com a dinâmica dos concursos, que se baseia na meritocracia. Certamente continuarei prestando outros certames para cargos de meu interesse na carreira pública.

 

Aprova Concursos – Você teria uma dica para quem está estudando?

Eduardo Rocha – Primeiramente, nunca se assuste com a concorrência, pois o maior adversário de cada candidato acaba sendo ele mesmo, tudo por causa de diversos fatores como o cansaço, a ansiedade e o medo do fracasso. Tente afastar os sentimentos negativos e acredite que você pode conquistar sua aprovação a qualquer momento!

Em segundo lugar, procure estudar em ambientes que proporcionem conforto e esteja sempre ao lado de pessoas que mantenham a sua motivação lá em cima. Eu, por exemplo, estudava boa parte do tempo com a minha esposa, que também prestou o concurso do TRT-2 e conseguiu ser classificada para o cargo de analista. Durante a fase de preparação estávamos sempre nos ajudando, trocando palavras de incentivo e cuidando para que o pessimismo não invadisse nossos estudos.

Além disso, DISCIPLINA é a palavra chave. Defina claramente seus objetivos, elabore um roteiro de estudos e nunca deixe de resumir as aulas – eu corria para anotar o que os professores falavam num caderno de rascunho e depois passava tudo a limpo no computador, atividade que ajudava a fixar os conteúdos na minha mente. E, volto a dizer: faça muitos exercícios e procure observar por que errou determinada questão, pois na preparação prestar atenção nos erros é mais importante que comemorar os acertos. No caso da FCC, é importantíssimo ler o enunciado e as alternativas palavra por palavra.

Finalmente, lembre-se que cada prova é só mais uma prova: por mais difícil que essa tarefa possa parecer, é necessário “tirar o peso” do certame, encará-lo apenas como mais um momento do seu caminho em busca de um cargo público. Respire fundo, procure ficar em paz consigo mesmo e faça uma excelente prova.

 


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

31 comentários

  • Rudinei

    Gostaria de saber se já saiu o gabarito da prova do mf

    • Blog Aprova Concursos

      Olá, Rudinei!
      Já saiu sim! Veja aqui:
      http://www.esaf.fazenda.gov.br/concursos_publicos/em-andamento-1/assistente-tecnico-administrativo-ata

      Abs!

  • Carla

    Boa Tarde!

    Achei bem interessante o seu caso, mas gostaria de saber como faço para obter o mesmo exito, uma vez que trabalho 9h por dia e estudo. Estou tentando assimilar a matéria, mas estou nervosa, pois o concurso deve aplicar a prova no final de maio e inicio de junho.

    Parabéns pela conquista!

    • Eduardo Rocha

      Oi Carla! É muito difícil mesmo trabalhar, cursar a faculdade ou escola e ainda estudar para os concursos. A minha situação neste concurso do TRT foi diferente, porém já passei por fases parecidas com a que você está vivendo hoje. O importante é você estar em paz consigo mesmo! Você deve olhar para si e dizer: “tenho orgulho de todo o esforço que estou fazendo, das horas a mais que deixei de dormir essa semana, dos sacrifícios que fiz no final de semana”. E saiba que você já é uma vencedora, ser aprovada no concurso é apenas um detalhe que virá com o tempo. Não fique se cobrando tanto. Tente relaxar mais, principalmente na hora da prova. Lembre-se que se não obtiver a aprovação nesse certame, terá muitos outros pela frente! Esse pensamento ajuda a tirar o peso das nossas costas. Tente organizar sua rotina de estudo para aproveitar o tempo da melhor maneira possível e não encane com o que deixou de estudar, ao contrário, fique feliz por tudo que conseguiu aprender. E, em situações de tempo reduzido, um curso preparatório como o do Aprova é bastante recomendável, pois os professores conhecem bem as provas e escolhem os temas que são mais explorados pelas bancas, facilitando um pouco a nossa tarefa. Um abraço e sucesso!

      • LP32

        Eduardo, sua conquista é meteórica como dizem no TRT e bem atípica também.

        Trabalho como prestador de serviço no TRT de determinada região a 3 anos. Fui aprovado em 3 concursos da carreira militar e fiquei reprovado na corrida de todos e decidi mudar o foco da carreira para TRT/TRE e me preparo a pouco mais de 2 meses para os mesmos (inclusive sou aluno do aprova concursos e de um outro curso preparatório presencial).

        Eu tenho contato com muitos e muitos e muitos servidores e com nisso gostaria de relatar alguns fatos de alguns servidores.

        1 – Parte dos servidores já eram concursados de outras instituições e já tinham certa base de direito, não em todos os direitos, mas é um ponto a considerar;

        2 – Há uma outra grande parte de advogados nas vagas e por incrível que pareça, nos cargos de técnico e não de analista, ou seja, uma outra grande vantagem destas pessoas frente a pessoas com diferentes formações acadêmicas que é o nosso caso;

        3 – Em média, relatam entre dois e três anos de estudo para aprovação dentro do qtd de vagas ou no início do cadastro reserva, mas todos referem que com um ano de dedicação com 4/5 horas por dia…já é possível êxito no concurso;

        4 – Casos atípicos: Conheço apenas dois sendo uma servidora que foi aprovada apenas com os conhecimentos da sua graduação em direito e uma outra servidora que foi aprovada com 3 meses, mas que tambem acabava de concluir graduação em direito;

        5 – Casos extremamente atípicos: alguns servidores afirmam que existe um momento certo da aprovação no concurso. Há vários servidores que tiram dúvidas ainda hoje com ex amigoa de cursinho muito mais preparadas para aprovação no concurso que eles próprio mas que ainda não conseguiram e não se sabe explicar!

        6 – Servidores que não trabalhavam antes

        A) Muitos servidores decidiram que um cônjuge deixaria de trabalhar enquanto o outro (a) proveria o sustento apenas para ter mais tempo e tranquilidade para estudar e depois da aprovação o outro cônjuge faria o mesmo processo! (Esses casos são bastante comum). Fora isso, a maioria trabalha e estuda para concurso simultaneamente!

        Estes comentários são de servidores. Então seu caso Eduardo é realmente bem atípico e você está super super de parabéns.

        Meu conselho é o seguinte:

        “Concurso é como uma fila, você entra na fila quando começa a se preparar e independente do quanto estude a sua vez vai chegar, mais cedo para uns e tarde para outros”. Mantenha-se firme no papiro que vai dar certo!

  • Kely

    Meus parabéns pela conquista e vale como um incentivo e tanto para quem está começando essa jornada, como eu.

  • CATIANE

    Boa noite !!!

    muito legal sua historia,que bom que tinha todo esse tempo para estudar,porque não é facil.Eu mesma fico perdida porque trabalho em uma escala de 12/36 e quando estou de folga tenho milhões de coisas para fazer visto que tenho uma filha pequena.Mas o tempo que me sobra é somente a noite,sei que a minha conquista pode demora um pouco a mais por causa disso,mas prefiro me sentir motivada e acreditando que um dia chegarei lá.
    Parabéns !!!!

    • rejane

      Nossa Catiane, também tenho um filho pequeno e milhões de coisas a fazer, mas devemos seguir estudando para se Deus quiser termos a nossa oportunidade! 🙂

    • Eduardo Rocha

      Catiane, todo esforço será recompensado! O tempo é relativo, e o que realmente importa é aproveitá-lo da melhor maneira, seja 1 hora, 5 horas ou 15 horas por dia. Tenho certeza que há muitas pessoas estudando 12 horas por dia e aprendendo menos do que outros que só estudam na hora do almoço. E isso pode ser explicado por vários fatores, desde a facilidade de cada pessoa para assimilar determinado conteúdo até a organização da rotina de estudo do candidato (elaboração de resumos consistentes, prática de leitura, pensamento crítico, raciocínio, etc). Portanto, mesmo tendo pouco tempo para estudar, você pode passar, pois cada pessoa escreve sua história de forma singular. Use o tempo a seu favor: se você estiver consciente que está dando o melhor de si em meio a uma jornada desgastante como a que relatou, já é uma vencedora e está no caminho certo para a aprovação. Sucesso! Tudo de bom!

  • rejane

    #Muito #Legal! Obrigado por suas dicas, realmente o pensamento positivo e Deus que nos direciona.

  • Enildo Jose Vidal

    Nossa! O êxito de pessoas como o Eduardo Rocha, nos motiva a estudar com mais vontade de conquistar uma vaga num órgão público. Isso me deixa muito feliz, ver resultados, pena que para algumas pessoas, estudar tanto em tão curto espaço de tempo, está longe da realidade, é quase humanamente impossível. Digo isso por mim… Sou funcionário público de uma prefeitura, tenho dois filhos e o meu salário não dá condições de pagar um cursinho, mas estou sempre estudando e tentando aprender da melhor forma possível e dentro das minhas possibilidades, vou seguindo com os estudos. Um dia, com muito esforço e muita fé em Deus, que é o mais importante, vou chegar lá.

    PARABÉNS!!!!!!!!!

    • jose lopes de sousa

      Eduardo voc. é um exemplo sei que cada cabeça é uma sentença mais gostei em voc. de transmitir a sua satisfação sucesso parabéns. eu estou com 63 anos de idade ainda na esperança de conquistar meu espaço na busca de fazer concurso e obter aprovação sou formado em direito e espero dias melhores mesmo sem motivação de ninguém estou na luta e espero sucesso na busca de conhecimento.

      • Eduardo Rocha

        É isso aí, José! Parabéns pelo exemplo de perseverança, continue lutando pelos seus sonhos, hoje e sempre!

    • Eduardo Rocha

      Olá Enildo, tudo bem? Em primeiro lugar, obrigado pelas suas palavras de carinho.
      Eu imagino a dificuldade que você deve enfrentar para se preparar como gostaria, passei por fases semelhantes em minha vida, trabalhando sábados, domingos e feriados, saindo 5h30 de casa para trabalhar todos os dias e retornando por volta de 0h, ao regressar da faculdade. Portanto, digo que você está no caminho certo, afinal, ao invés de reclamar das dificuldades impostas pela vida, está tentando se preparar da maneira que lhe é possível. A sua aprovação virá, com certeza, porque você aproveita o seu tempo disponível da melhor forma. Siga em frente com o seu sonho, não desista jamais e tente maximizar o seu tempo, organizando bastante sua rotina de estudos e, quando possível, invista num curso como o do Aprova, que fez muita diferença para mim. Tudo de bom! Um abraço!

  • Caio Mestres

    Parabéns cara, show ! Só não vem fazer os mesmos concursos que eu agora ! hahaha

  • Tiago

    Eduardo,eu gostaria de saber como você avalia minha chance de passar num concurso,haja vista que eu trabalho (das 13 as 21:20 e chego em casa umas 22horas)tenho a manhã livre e uma parte da noite,fora os finais de semana,onde folgo um dia do final de semana e trabalho outro.
    No mais,parabéns,

    • Blog Aprova Concursos

      Olá Tiago!
      Dá sim, é só se organizar! No nosso canal no youtube temos vídeos no Aprova Informa com dicas de estudos. Veja aqui: https://www.youtube.com/playlist?list=PL2B283B701F2DDF84 . Este vídeo https://www.youtube.com/watch?v=xQnZn90A3bs&list=PL2B283B701F2DDF84&index=4 fala como quem trabalha pode montar um cronograma de estudos.
      Abs.

  • Aline

    Eduardo, parabéns pela aprovação. Estudo para concursos faz um bom tempo e sei o quanto é difícil esse caminho escolhido. Poderia, por gentileza, dizer qual foi a sua preparação no que se refere a redação?
    Obrigada. Abraço

  • aprovado

    Eduardo
    Como voce fez com a redacão?
    pois sempre que eu estudo as matérias fico pensando nela
    aí não consigo me concentrar
    pois sei que preciso ser um ás nela pra passar no trt
    obrigado.

  • paulo robson

    Ola achei bem interessante a maneira como ele estudou e do modo que ele foi aprovado mas queria saber como faco o que devo estudar pois tambem quero alcancar o mesmo objetivo o meu tambem er concurso do trt e queria que os senhores podessem me ajudar me dando algumas dicas pois trabalho 12 hrs e folgo 36 hrs pois quero muito alcancar esse objetivo

  • Renata

    Parabéns pela vitória. A sua história é um incentivo e tanto. Estou me baseando em vc Eduardo. Apenas uma dúvida. Quando vc fazia questões e percebia que estavam cobrando mais conteúdo do que o que o professor lecionou ou estava na apostila, corria atrás pra saber ou seguia a diante ?

  • iris cristina coura alves

    Voçê quanho na mega sena fi parabens

  • gessica

    Olá, Robson. Fico muito contente em saber que efetivamente há exemplos como você para nós concurseiros que também estamos na luta pela aprovação do tão sonhado concurso público.
    Particularmente, sinto um medo tremendo quando penso que poderia ter estudado e me dedicado mais, apesar de estar me esforçando bastante, tendo em vista que no momento só estudo (me formei no ano passado). No meu caso, a pressão é enorme, as vezes me sinto sufocada, pois as cobranças da família e amigos são constantes e principalmente de mim mesma.
    Irei prestar concurso para o TRT 3ª região, não sei se conseguirei, mas sei que ainda chegará minha vez.
    Para este concurso também estou tendo o mesmo tempo que você, 3 meses (as vezes me pego pensando, que locucura! tão pouco tempo), mas durante esse pouco tempo aprendi muita coisa. Além disso, suas palavras me emocionaram, pois é um vitorioso que não desistiu de sua meta, apesar de tempo e outros obstáculos da vida.
    Espero também chegar lá e muito obrigado mesmo pela enorme contribuição!
    Grande abraço!

  • Danielle Mateus

    Eduardo, parabéns pelo sucesso!!
    Então, tenho estudado em média 10hs diárias em casa para o inss,entretanto, sinto que devo estender um pouco mais. O que acha?Algo que faço com frequência são estes resumos,pois também,acho de suma importãncia. Às vezes penso na concorrência e isto me enfraquece umpouco.Que medida tomar? Sempre tiro alguns minutos pra ver um vídeo motivacional ou até mesmo depoimentos de concurseiros aprovados pra me darem um up! Acho fundamental.

  • LUCIO FERREIRA

    Olá Eduardo boa noite
    Primeiramente queria parabeniza-lo por essa grande conquista que vc teve….PARABÉNS
    Estou no começo dos estudos para o próximo concurso do TRT, montando um cronograma de estudo através do Aprovar. Queria muito que vc me ajudasse em uma coisa!
    Qual o nivel de questões que vc acha aceitável acertar para se passar nesse concurso?
    O que vc acha primordial estudar?
    E se vc lembra quantas questões vc errou…rsrsr ?

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *