Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Gabarito Comentado – Contabilidade – Polícia Civil SP

Publicado em 5 de março de 2014 por - Comentar

Confira o gabarito comentado da prova  de Noções de Contabilidade para o cargo de Perito Criminal da Polícia Civil de São Paulo corrigida pela professora Camila Gomes.

91. A finalidade da contabilidade é assegurar o controle do patrimônio administrado e fornecer
informações sobre a composição e as variações patrimoniais, bem como o resultado das atividades
econômicas desenvolvidas. Analise a seguinte frase: A contabilidade é a ciência que estuda, registra,
controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das________________ , com fins lucrativos ou
não.

Complete a frase com a alternativa que preenche corretamente a lacuna do texto.
(A) entidades
(B) sociedades civis
(C) empresas
(D) sociedades de economia privada
(E) organizações não governamentais
COMENTÁRIO: Esse é um conceito amplamente utilizado na contabilidade. A contabilidade estuda, registra, controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das entidades. Como entidades podemos considerar as
pessoas físicas, pessoas jurídicas de direito privado (empresa), pessoa jurídica de direito público e
entidades não formais.
92. Os elementos diretamente relacionados com a mensuração da posição patrimonial e financeira são
o ativo, o passivo e o patrimônio líquido e, estes ativo, passivo e patrimônio líquido são definidos como
segue:
(A) passivo circulante é o interesse residual nos ativos da entidade depois de deduzidos todos os seus
passivos.
(B) patrimônio líquido é um recurso controlado pela sociedade de economia privada como resultado de
eventos passados e do qual se espera que fluam futuros benefícios econômicos.
(C) passivo é uma obrigação presente da entidade, derivada de eventos passados, cuja liquidação se
espera que resulte na saída de recursos da entidade capazes de gerar benefícios econômicos.
(D) passivo é um recurso controlado pela sociedade como resultado de eventos passados e do qual se
espera que fluam futuros benefícios econômicos para a sociedade.
(E) ativo é uma obrigação presente da empresa, derivada de eventos passados, cuja liquidação se espera
que resulte na saída de recursos da empresa capazes de gerar benefícios econômicos.

COMENTÁRIO:
(A) Essa descrição refere-se ao conceito de patrimônio líquido, veja! Resolução 1.374/11 CFC: 4.4 (c)
patrimônio líquido é o interesse residual nos ativos da entidade depois de deduzidos todos os seus
passivos.
(B) Essa descrição refere-se ao conceito de ativo, veja! Resolução 1.374/11 CFC: 4.4 (a) ativo é um
recurso controlado pela entidade como resultado de eventos passados e do qual se espera que fluam
futuros benefícios econômicos para a entidade.
(C) Correto. Esse conceito encontra-se na Resolução 1.374/11 CFC, item 4.4 (b): passivo é uma
obrigação presente da entidade, derivada de eventos passados, cuja liquidação se espera que resulte
na saída de recursos da entidade capazes de gerar benefícios econômicos.
(D) Essa descrição refere-se ao conceito de ativo. Veja letra “B”.
(E) Esta descrição refere-se ao conceito de passivo. Veja letra “C”.
A Companhia SOBE Ltda. possui máquinas e equipamentos no valor de R$ 30, um contas a receber na
importância de R$ 20, e ainda consta em seu caixa, recursos em espécie no montante de R$ 10. Já a
Companhia DESCE Ltda. possui mercadorias para venda na ordem de R$ 70, um veículo para transportar
mercadorias no valor de R$ 90, possui também as seguintes dívidas: salários a pagar de R$ 40 e
financiamento bancário no valor de R$ 45.
Com base apenas nessas informações e considerando a equação do patrimônio, responda às questões
de números 93 a 95.
93. O valor do Ativo da Companhia SOBE está representado pela importância de
(A) R$ 40.
(B) R$ 60.
(C) R$ 30.
(D) R$ 20.
(E) R$ 10.

COMENTÁRIO:
Ativo Cia SOBE:
– Máquinas e equipamentos: $30
– Contas a receber: $20
– Caixa: $10
Total do ativo = $60
94. O valor do Passivo da Companhia DESCE está representado pela importância de
(A) R$ 40.
(B) R$ 45.
(C) R$ 70.
(D) R$ 85.
(E) R$ 75.
Passivo Cia DESCE:
– Salários a pagar: $40
– Financiamento bancário: $45
Total do Passivo = $85
95. O valor do Patrimônio Líquido de SOBE e DESCE são, respectivamente,
(A) R$ 60 e R$ 160.
(B) R$ 60 e R$ 85.
(C) R$ 50 e R$ 85.
(D) R$ 30 e R$ 40.
(E) R$ 60 e R$ 75.

COMENTÁRIO:
PL Cia SOBE:
– Ativo = $60
– Passivo = 0
– PL = ?
A = P + PL
60 = 0 + PL
PL = $60
PL Cia DESCE:
– Ativo = 70 (mercadorias)+90 (veículos) = $160
– Passivo = $85
– PL = ?
A = P + PL
160 = 85 + PL
PL = 160 – 85
PL = $75
96. As demonstrações contábeis retratam os efeitos patrimoniais e financeiros das transações e outros
eventos, por meio do grupamento dos mesmos em classes amplas de acordo com as suas características
econômicas. Essas classes amplas são denominadas de elementos das demonstrações contábeis. Os
elementos diretamente relacionados à mensuração da posição patrimonial e financeira no balanço
patrimonial são os ativos, os passivos e o patrimônio líquido. Assim sendo, considerando que em 31 de
dezembro de 2013 uma determinada companhia possuiu no seu Balanço Patrimonial uma “dívida”
qualquer e, em janeiro de 2014 ocorre o seu pagamento, essa é uma operação que
(A) diminui o passivo e o ativo.
(B) aumenta o passivo e o ativo.
(C) aumenta o passivo e diminui o ativo.
(D) aumenta o ativo e diminui o passivo.
(E) diminui o ativo e aumenta o patrimônio líquido.

COMENTÁRIO: No Ativo nós registramos os bens e direitos (valores a receber). No Passivo nós registramos as
obrigações (valores a pagar). Dessa forma nós registramos a “dívida” no Passivo. Para pagar essa
dívida será necessário utilizar o saldo de caixa (que registramos no Ativo pois faz parte dos bens da
empresa. Porém essa dívida também pode ser paga com o saldo bancário que, assim como “caixa”, é
registrado no Ativo ). Quando efetuamos um pagamento diminuímos o saldo que temos em nosso
caixa (“sai” dinheiro para quitar a dívida), e consequentemente diminuímos também o saldo da
“dívida” (inicialmente tínhamos uma dívida de $50,00 e quitamos, ou seja, depois que quitada a
dívida passou de $50,00 para $0,00). Se diminuímos o saldo de caixa e diminuímos também o saldo da
dívida, podemos dizer que diminuímos o ativo e o passivo.
97. A escrituração contábil deve ser realizada com observância aos Princípios de Contabilidade. O nível
de detalhamento da escrituração contábil deve estar alinhado às necessidades de informação de seus
usuários. O detalhamento dos registros contábeis é diretamente proporcional à complexidade das
operações e dos requisitos de informações a ela aplicáveis e, exceto nos casos em que uma autoridade
reguladora assim o requeira, não devem necessariamente observar um padrão pré-definido. Contudo, a
escrituração deve conter, no mínimo, além do valor do registro contábil:
(A) data; conta credora; histórico; forma de pagamento.
(B) data; histórico; forma de pagamento.
(C) data; conta devedora; conta credora; histórico.
(D) data; conta devedora; histórico; forma de pagamento.
(E) conta devedora; conta credora; histórico; forma de pagamento.

COMENTÁRIO: RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11
Formalidades da escrituração contábil
6. A escrituração em forma contábil de que trata o item 5 deve conter, no mínimo:
a) data do registro contábil, ou seja, a data em que o fato contábil ocorreu;
b) conta devedora;
c) conta credora;
d) histórico que represente a essência econômica da transação ou o código de histórico padronizado,
neste caso baseado em tabela auxiliar inclusa em livro próprio;
e) valor do registro contábil;
f) informação que permita identificar, de forma unívoca, todos os registros que integram um mesmo
lançamento contábil.
98. As demonstrações contábeis são uma representação estruturada da posição patrimonial e financeira
e de desempenho. O objetivo das demonstrações contábeis é o de proporcionar informação acerca da
posição patrimonial, financeira e de desempenho. Para satisfazer a esse objetivo, o conjunto completo
das demonstrações contábeis, de acordo com Resolução CFC n.º 1.185/09, são, além do balanço
patrimonial e das notas explicativas do período:
(A) demonstração do resultado; demonstração do resultado abrangente; demonstração das mutações
do patrimônio líquido; demonstração de lucros e prejuízos acumulados e demonstração das origens e
aplicações de recursos.
(B) demonstração das mutações do patrimônio líquido; demonstração de lucros e prejuízos acumulados;
demonstração das origens e aplicações de recursos; demonstração dos fluxos de caixa e demonstração
do valor adicionado.
(C) demonstração do resultado; demonstração do resultado abrangente; demonstração de lucros e
prejuízos acumulados; demonstração das origens e aplicações de recursos e demonstração do valor
adicionado.
(D) demonstração do resultado; demonstração do resultado abrangente; demonstração das mutações do patrimônio líquido; demonstração dos fluxos de caixa e demonstração do valor adicionado.
(E) demonstração do resultado abrangente; demonstração de lucros e prejuízos acumulados;
demonstração das mutações do patrimônio líquido; demonstração dos fluxos de caixa e demonstração
do valor adicionado.
COMENTÁRIO: Resolução CFC n.º 1.185/09
Conjunto completo de demonstrações contábeis
10. O conjunto completo de demonstrações contábeis inclui:
(a) balanço patrimonial ao final do período;
(b) demonstração do resultado do período;
(c) demonstração do resultado abrangente do período;
(d) demonstração das mutações do patrimônio líquido do período;
(e) demonstração dos fluxos de caixa do período;
(f) demonstração do valor adicionado do período, conforme NBC TG 09 – Demonstração do Valor
Adicionado, se exigido legalmente ou por algum órgão regulador ou mesmo se apresentada
voluntariamente;
(g) notas explicativas, compreendendo um resumo das políticas contábeis significativas e outras
informações explanatórias; e
(h) balanço patrimonial no início do período mais antigo comparativamente apresentado quando a
entidade aplica uma política contábil retrospectivamente ou procede à reapresentação retrospectiva
de itens das demonstrações contábeis, ou ainda quando procede à reclassificação de itens de suas
demonstrações contábeis.
99. De acordo com o Código Tributário Nacional (CTN), tributo é toda prestação pecuniária compulsória,
em moeda ou cujo valor se possa exprimir, que não constitua sanção por ato ilícito, instituída em lei e
cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada. Assim sendo, é correto afirmar que
são espécies de tributo:
(A) impostos: decorrem de situações geradoras independentes de quaisquer prestações do Estado em favor dos contribuintes.
(B) contribuições sociais: são cobradas quando do benefício trazido aos contribuintes por obras públicas.
(C) contribuições de melhoria: são cobradas pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federal ou pelos
Municípios, no âmbito de suas respectivas atribuições, tendo como fato gerador o exercício regular do
poder de polícia, ou a utilização, efetiva ou potencial, de serviço público específico e divisível, prestado
ao contribuinte ou posto à sua disposição.
(D) taxas: são as situações descritas em lei que uma vez ocorrida corretamente, determina a
transferência, em favor do Estado, da titularidade de certa quantia.
(E) contribuições federais: estão vinculadas à utilização efetiva ou potencial por parte do contribuinte,
de serviços públicos específicos e divisíveis.

COMENTÁRIO:

(A) Correto. Art. 16, CTN: Imposto é o tributo cuja obrigação tem por fato gerador uma situação

independente de qualquer atividade estatal específica, relativa ao contribuinte.
(B) Errado: Conceito de contribuição de melhoria
(C) Errado: Conceito de taxas
(D) Errado: Art. 77, CTN: As taxas cobradas pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federal ou pelos
Municípios, no âmbito de suas respectivas atribuições, têm como fato gerador o exercício regular do
poder de polícia, ou a utilização, efetiva ou potencial, de serviço público específico e divisível,
prestado ao contribuinte ou posto à sua disposição.
(E) Errado: “utilização efetiva ou potencial por parte do contribuinte, de serviços públicos específicos
e divisíveis” é uma característica das taxas.
Literalidade do CTN!!


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *