Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Aprova Atualidades 66 – 25 anos da queda do Muro de Berlim

Publicado em 10 de fevereiro de 2014 por - Comentar

Está difícil estudar Atualidades para concursos?

O Aprova Concursos te dá uma força: APROVA ATUALIDADES

Assunto desse programa:
•  25 anos da queda do Muro de Berlim 

Seguimos adiantando os temas que serão capas de jornais e revistas no ano de 2014. Esta edição falamos sobre os 25 anos da queda do muro de Berlim, a ser comemorado no dia 9 de novembro desse ano.
O muro de Berlim também era conhecido como muro da vergonha e a sua queda foi um marco para a reconfiguração e remodelagem do mapa mundial. Tal mudança não foi apenas uma alteração cartográfica, o mundo passou a ter uma outra configuração política e social, uma nova interpretação. A partir da queda do muro de Berlim, a Alemanha foi reunificada e marca o fim da Guerra Fria.
Esta obra é resultado da incapacidade humana de resolver os seus problemas pelas vias diplomáticas. Foi necessário construir um muro para separar um país em dois. A construção do muro se deu em 13 de agosto de 1961. Foi o símbolo da Guerra Fria, da separação entre comunistas e capitalistas.
Quando terminou a 2ª Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em partes dominadas pelos Estados Unidos, França, Inglaterra e URSS, tratado feito antes da guerra. Berlim foi dividida em duas partes. Os soviéticos resolveram fazer o bloqueio de Berlim, impedindo de se chegar a ela pelas vias terrestres.
Esse bloqueio foi feito porque os Estados Unidos fez um projeto para recuperar a Alemanha, o Plano Marshall e com isso foi criada uma nova moeda, o Marco Alemão, e uma reforma monetária intensa para sanear os problemas da Alemanha. Os soviéticos bloquearam a cidade de Berlim como oposição ao Plano Marshal. A Alemanha ficou dividida em Alemanha Ocidental, a parte capitalista, e Alemanha Oriental, a parte comunista.

O Aprova Atualidades é um programa semanal que apresenta as notícias mais relevantes, no Brasil e no mundo, que podem ser cobradas em questões das provas de Atualidades nos concursos públicos.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *