Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Aprova Atualidades 62 – Chico Mendes um símbolo de luta contra a desigualdade no Brasil

Publicado em 4 de janeiro de 2014 por - Comentar

Está difícil estudar Atualidades para concursos?

O Aprova Concursos te dá uma força: APROVA ATUALIDADES

Assunto desse programa:
•  Chico Mendes um símbolo de luta contra a desigualdade no Brasil 

Em 22 de dezembro de 2013 comemorou-se 25 anos do assassinato de Chico Mendes. Contextualizando com as notícias publicadas recentemente, tem-se a notícia do UOL Notícias “Acre vive cotidiano de tensão agrária 25 anos após a morte de Chico Mendes”. No G1 a manchete da notícia foi “Após 25 anos, viúva de Chico Mendes dia não perdoar assassinos”. Na Folha de São Paulo ” Testemunha da morte de Chico Mendes conta sua história em livro”.

Chico Mendes é apenas um exemplo de pessoa que morreu em disputas de terras devido à concentração fundiária. No início da colonização do Brasil a aquisição de terras era feita apenas por intermédio do governo de Portugal que distribuía as terras usando o sistema de capitanias hereditárias e de sesmarias. Uma boa parte de políticos que temos hoje são famílias que resultam do sistema de capitanias hereditárias e sesmarias.

Mais tarde, quando o Brasil tinha a possibilidade de resolver o problema fundiário não resolveu. No final do século XVIII e início do século XIX, havia terras devolutas que foram também concedidas a pouquíssimos grandes proprietários, ou seja, a latifundiários. No Brasil não houve uma distribuição de terras como em países desenvolvidos como o Canadá e os Estados Unidos.

Outro exemplo, nos anos de 1800 quanto mais escravos um proprietário de terras tinha, mais escravos ele tinha direito de adquirir terras do Estado, isso aumentava a desigualdade.

 

O Aprova Atualidades é um programa semanal que apresenta as notícias mais relevantes, no Brasil e no mundo, que podem ser cobradas em questões das provas de Atualidades nos concursos públicos.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *