Confira o gabarito extraoficial da prova de Língua Portuguesa
do cargo de Analista do Seguro Social do concurso do INSS 2013, comentado pela professora Daniela Tatarin

 

Professora Daniela Tatarin

Professora Daniela Tatarin

Questão 01

Conhecido comercial da tevê fala de uma “cerveja que desce redondo”. O sentido atribuído à palavra “redondo” refere-se

a) à mesa do bar que aparece no cenário dos comerciais de cerveja.
b) à pró´roa cerveja que pode ser assim considerada em sentido denotativo.
c) ao ato de descer facilmente que, nesse caso, significa escorrer pela garganta.
d) ao líquido da bebida, que toma o formato arredondado da garrafa que o contém.
e) ao pronome relativo empregado na frase, para substituir o termo cerveja.

Resposta: C

Questão 02

Conforme a posição que as palavras ocupem na frase, sua significação e seu papel gramatical podem mudar. É isso que pode ocorrer com um dos adjetivos grifados nas alternativas abaixo: ele mudará de significado e classe se for antecipado ao substantivo com o qual se relaciona. Assinale-o.

a) A fábrica fica perto de uma praça antiga, hoje bem pouco arborizada.
b) Amanhã cedo sairemos em comitiva para inaugurar uma fábrica nova.
c) Nessa fábrica, bem provavelmente conheceremos equipamentos modernos.
d) Os operários dedicados dessa fábrica moram em bairros próximos e bem localizados.
e) Os produtos dessa fábrica demandam vigilância forte na sua fase de armazenamento.

Resposta: B

Questão 03

Num Concurso de redação, um candidato deveria escrever sobre Noel Rosa Chico Buarque de Holanda. Refletindo sobre a passagem do texto abaixo transcrita, identifique a alternativa que torna coerentes os ajustes redacionais então propostos, de modo a evitar que sejam repetidos os nomes dos dois artistas brasileiros.

Chico Buarque de Holanda e Noel Rosa sempre estiveram em destaque na MPB, embora Chico Buarque de Holanda tenha uma obra, sob certa perspectiva, mais polêmica do que a de Noel Rosa.

a) Chico Buarque de Holanda e Noel Rosa sempre ocuparam um lugar de destaque na MPB, embora cada um tenha uma obra, sob certa perspectiva, mais polêmica do que a dos demais.
b) Chico Buarque de Holanda e Noel Rosa sempre ocuparam um lugar de destaque na MPB, embora este um tenha uma obra, sob certa perspectiva, mais polêmica do que a aquele.
a) Chico Buarque de Holanda e Noel Rosa sempre ocuparam um lugar de destaque na MPB, embora o primeiro um tenha uma obra, sob certa perspectiva, mais polêmica do que o segundo.
a) Chico Buarque de Holanda e Noel Rosa sempre ocuparam um lugar de destaque na MPB, embora tenham uma obra, sob certa perspectiva, mais polêmica do que reconhecida.
a) Chico Buarque de Holanda e Noel Rosa sempre ocuparam um lugar de destaque na MPB, embora um tenha uma obra, sob certa perspectiva, mais polêmica do que o outro.

Resposta: C

Questão 04

O ilustre acadêmico Antônio Carlos Secchin, no artigo intitulado “Um obstinado e discreto gênio da literatura”, disponível em www.academia.org.br, declarou o que segue:

“Costuma-se dizer que o desinteresse relativo à vida de Machado de Assis (1839-1908) é simetricamente proporcional ao interesse gerado por sua obra: enquanto a produção literária de Machado não cessa de ser mais e mais valorizada, sua biografia estamparia apenas o morno transcurso de um exemplar funcionário público, de um esposo fiel e devotado à dona Carolina, de um ser algo distante das questões políticas, e, juntando-se as duas pontas da existência, de alguém que, vencendo barreiras da origem ética e de uma frágil constituição física, alçou-se ao posto de nosso escritor máximo, tornando-se também o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras.”

No excerto citado, observa-se o predomínio das características presentes num texto argumentativo em virtude de

a) empregar formas linguísticas com as quais o enunciados explicite sua intenção de instar o destinatário, ouvinte ou leitor a praticar atos ou tomar atitudes.
b) encadear proposições com vista à defesa de um ponto de vista e à persuasão do interlocutor.
c) fazer uma sequenciação própria da apresentação de fatos que envolvem personagens e suas respectivas ações articuladas à linha do tempo.
d) mostrar um tipo de construção em que se encadeiam os trações que caracterizam tipificando a composição de um personagem de ficção.
e) propor um tipo de construção em que se encadeiam os traços que caracterizam tipificando a composição de um personagem de ficção.
e) propor um tipo de construção em que predomine a atitude comunicativa de informar, que exclui a presença da razão e da objetividade.

Resposta: B

Questão 05

“Chamar chávena à miserável xícara onde se toma a média nos botequins, com aquele cheiro de desinfetante que vem bafejar o café com leite do pobre, deve valorizar a coisa.” (Dinah Silveira de Queiroz)

Assinale o item em que a palavra “média” tem o mesmo sentido apresentado no trecho acima:

a) A média da inflação anual ultrapassou os patamares esperados pelo Governo.
b) Pela experiência que tenho da vida, dificilmente alguém faz média comigo!
c) O grupo não conseguiu atingir a média para ser classificado no certame.
d) O professor calculou rapidamente a média dos seus melhores alunos.
e) Seu desjejum constava sempre de uma média com pão e manteiga e nada mais.

Resposta: E

Questão 06

“De noite, foi de doer na alma. Eles, apenas eles, ali trepados, cercados de água, no maior abandono do mundo. Uma luz não havia, um sinal de comunicação não havia. Só água. Muitas casas estavam completamente encobertas.” (Gilvan Lemos)

Assinale o item que contraria as ideias apresentadas no texto acima:

a) À noite, o estado físico das pessoas suscitava maior compaixão.
b) Em “só água”, a palavra “só” denota exclusão de outros elementos circunstantes.
c) Em “Uma luz não havia.”, a colocação dos termos é uma questão de estilo do autor.
d) O trecho relata as agruras de uma inundação.
e) Todas as casas do lugar estava soterradas, cobertas pela água.

Resposta: E

Questão 07

Assinale o item em que a palavra algum(a,s) se diferencia dos demais em significação e sentido:

a) Algum dado importante faltou ao cadastro do candidato?
b) Algum desejo do infeliz melhor seria que nunca tivesse se concretizado.
c) Recebi algum informe importante e decisivo sobre o assunto em pauta.
d) Naquela altura dos acontecimentos, remédio algum lhe mitigaria a dor que sentia.
e) Traziam na velha mala de couro algum dinheiro para realizar a compra da fazendola.

Resposta: D

Questão 08

“A língua é viva, eu sei, mas sujeita a vírus que, de repente, atacam a TV, a internet e a imprensa, contaminam milhões, e as pessoas começam a achar que foi sempre assim que se falou ou se deve falar.” (Ruy Castro. Folha de S.Paulo, 27/06/2012)

Assinale a assertiva correta sobre o emprego, no texto, da flexão de número da palavra “vírus“:

a) está é uma palavra que só se emprega no plural, tal como ocorre com “boas” e “óculos”.
b) está empregada no singular, como se pode depreender do uso do artigo definido que a precede.
c) está empregada no plural, como se percebe pelo flexão da forma verbal de “atacar”.
d) foi empregada no singular por ter-se originado do Latim.
e) exemplifica o emprego de uma palavra que preserva integralmente a grafia latina.

Resposta: C

Questão 09

Uma das estratégias do humor é, sem dúvida, a quebra da expectativa de desenvolvimento numa sequência de fatos. Dentro desse quadro, circula na Internet a seguinte historieta, cuja veracidade é bastante discutível.
“O grande jurista Ruy Barbosa, ao chegar à casa ao entardecer, ouviu um barulho suspeito vindo do seu quintal. Dirigindo-se ao local donde vinham os ruídos, deparou com um homem que recolhera, num saco, três patos muito bem nutridos de sua criação. Rui aproximou-se do indivíduo, surpreendendo-o no momento em que se preparava para pular o muro que circundava a casa. Disse, então, o causídico ao infrator:
– Oh, bucéfalo anácrono! Não te interpleo pelo valor instrínseco das aves palmípedes que estás a carregar, mas pelo ato vil e sorrateiro de profanares a minha habitação, levando os ovíparos à sorrelfa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha condição de cidadão digno e honrado, reagirei como minha bengala no alto da tua sinagoga, de modo que te reduzirei a quinquagésima potência do que o vulgo denomina nada.
O ladrão, totalmente confuso, diz:
– Dotô, posso levá ou tenho que deixá os pato?”

(http://mariomarcos.wordpress.com/2012/09/12 – adaptado)

Marque a alternativa que completa a seguinte proposição: a compreensão do texto acima reproduzido permite depreender que o humor da narrativa está centrado

a) na cena composta por um homem assustado tentando pular um muro com um saco contendo patos vivos, provavelmente grasnando.
b) na crítica à existência de cidadãos cultos e letrados, incapazes de entender a fala popular do homem comum, seu compatriota.
c) na marcante diferença entre as falas dos personagens, cada uma delas típica de um uso linguístico de determinada natureza social.
d) no improvável encontro de um intelectual de renome com um homem sem cultura escolarizada.
e) no fato de um homem culto preocupar-se com um roubo de pouca importância, que praticamente não lhe diminuiria nem o status nem as posses.

Resposta: C

Questão 10

O jornal O Globo de 25/10/2011 deu a seguinte notícia: “A vitória avassaladora  da Presidente argentina  pode abrir caminho para que Cristina Kirchner avance com projetos cada vez mais polêmicos, entre eles o de uma reforma constitucional que incluiria a possibilidade de reeleição indefinida, atitude negada por ela durante a campanha.”

Considerando apenas os dados disponíveis no texto, pode-se fazer a seguinte interpretação da notícia:

a) A maneira pela qual se deu a vitória de Cristina Kirchner talvez sirva como argumento para uma possível reforma constitucional.
b) Cristina Kirchner pretende aprovar a possibilidade de reeleição indefinida, embora essa atitude contrarie o que foi dito durante a sua campanha eleitoral.
c) Para dar sequência a projetos de reforma, impõe-se que Cristina Kirchner abra os caminhos criados por sua vitória nas urnas.
d) Depois de eleita, Cristina Kirchner ameaça a sociedade argentina com uma polêmica reforma constitucional que vai de encontro com a liberdade de imprensa.
e) Por conta do procedimento autoritário de Cristina Kirchner, a reeleição presidencial pode ser colocada em discussão após sua vitória.

Resposta: A

 

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *