A expectativa é que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos abra um concurso público ainda esse ano.  A existência do concurso é confirmada por uma autorização concedida em 27 de junho de 2012 pelo Ministério do Planejamento. A quantidade de vagas ainda não foi divulgada e a empresa está organizando os setores onde precisará de mais funcionários.

A prioridade é para cargos como: Atendente Comercial, Carteiro e Operador de Triagem e Transbordo. Também haverá  vagas para cargos de nível superior. Embora essas oportunidades ainda não tenham sido informadas, considera-se que elas serão para as mesmas funções ofertadas no último concurso (para Enfermeiro do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho e Médico do trabalho).


Motivos que justificam o concurso Correios 

Uma planilha divulgada pelo Correios mostra que até julho deste ano a empresa contava com um efetivo de 124.004 funcionários em todo território nacional. É possível ver também a diferença por localidade. A regional de Roraima  mostra o índice mais baixo, com apenas 229 funcionários. Outros estados como, Acre, Amapá, Rondônia Sergipe e Tocantins também somam menos de mil efetivos cada. Já o estado de São Paulo, na região metropolitana, apresenta o maior número de contratados, com 20.330 funcionários no total.

O balanço divulgado pelo Correios em dezembro de 2012 mostra que a empresa  distribuiu, por dia, 36,5 milhões de objetos. Se levarmos em consideração a quantidade do efetivo de 124.004 funcionários para atender a demanda de todo o Brasil,  é possível justificar o número de  concursos que o Correios  vem tentando realizar. Hoje, trabalham apenas 27.624 Atendentes, 62.038 Carteiros e 14.991 Operadores de Triagem e Transbordo, e outros cargos somam 19.351.

Outro fator que impulsiona a realização dos concursos é faixa etária dos funcionários, que em breve  estarão, em época de aposentadoria. No última balanço, mais de 6 mil funcionários já completaram 58 anos anos de idade.

Esses são alguns dos motivos que justificam a necessidade do Correios em fazer concursos com frequência. Mesmo chamando os aprovados em cadastro reserva do concurso realizado em 2011, ainda assim, será quase impossível suprir a necessidade do serviço de distribuição de postagens de todo o país.

Apesar de a  Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos não divulgar mais informações sobre o certame, muitos concurseiros já estão se preparando para o concurso. Para iniciar os estudos, por enquanto, o indicado é que o interessado se baseie nas provas do ano de 2011. Estima-se que os conteúdos pedidos na prova provavelmente sejam os mesmos de 2011: Língua Portuguesa, Informática, Inglês, Administração Pública, além de Conteúdos Específicos.

Garanta sua vaga, comece a estudar agora para aprova dos Correios!


Vantagens de garantir sua vaga nos Correios 

Ao se tornarem servidores públicos dos Correios, os aprovados também têm acesso a plano de saúde e odontológico, além de tabela especial para comprar a casa própria e muitos outros benefícios. Quanto ao plano de carreiras e salários, segundo divulgado no site da empresa, os funcionários podem ter dois tipos de promoção: a vertical e a horizontal. Na primeira modalidade (vertical), o desenvolvimento da carreira se faz por evolução funcional, ou seja,  por mudança de cargo,  mudança de estágio de desenvolvimento, ou, reclassificação.  Já a promoção horizontal é dada por mérito, por antiguidade, ou, por mudança de atividade. Com o plano de carreira, em 5 anos é possível aumentar o salário inicial em mais de 50%.

Veja a descrição completa do plano de carreira e salários dos Correios!


Veja a lista completa de funcionários por região:

Efetivo próprio

Julho de 2013

Distribuição do efetivo por Diretoria Regional

Diretoria Regional

Efetivo

%

Empregado Jovem Aprendiz

%

Administração Central 4.366 3,52% 19 0,02%
Acre 339 0,27% 6 0,00%
Alagoas 1.311 1,06% 42 0,03%
Amazonas 1.356 1,09% 63 0,05%
Amapá 300 0,24% 7 0,01%
Bahia 5.900 4,76% 97 0,08%
Brasília 3.351 2,70% 65 0,05%
Ceará 3.051 2,46% 126 0,10%
Espirito Santo 2.282 1,84% 47 0,04%
Goiás 3.043 2,45% 92 0,07%
Maranhão 1.981 1,60% 20 0,02%
Minas Gerais 12.583 10,15% 231 0,19%
Mato Grosso do Sul 1.687 1,36% 46 0,04%
Mato Grosso 1.661 1,34% 48 0,04%
Pará 2.512 2,03% 32 0,03%
Paraíba 1.641 1,32% 47 0,04%
Pernambuco 3.561 2,87% 96 0,08%
Piauí 1.680 1,35% 54 0,04%
Paraná 6.779 5,47% 29 0,02%
Rio de Janeiro 13.442 10,84% 109 0,09%
Rio Grande do Norte 1.514 1,22% 25 0,02%
Rondônia 890 0,72% 27 0,02%
Roraima 229 0,18% 9 0,01%
Rio grande do Sul 8.462 6,82% 148 0,12%
Santa Catarina 4.390 3,54% 0 0,00%
Sergipe 971 0,78% 36 0,03%
São Paulo Interior 13.603 10,97% 103 0,08%
São Paulo Metropolitana 20.330 16,39% 616 0,50%
Tocantins 789 0,64% 13 0,01%
Total

124.004

100,00%

2.253

1,82%

Balanço Correios 2012:

Dezembro de 2012

Tipo

Quantidade

Objetos distribuídos/dia

36,5 milhões

Objetos distribuídos em 2012

9,03 bilhões

Unidades operacionais (tratamento, distribuição e logística)

10.052

Frota (motocicletas, veículos leves e pesados)

19.918

Linhas da rede postal aérea noturna

13

Receita total em 2011

R$ 14,63 bilhões

Distribuição por cargo:

Distribuição do efetivo por cargo

Cargo

Quantidade

%

Atendente 27.624 22,28%
Carteiro 62.038 50,03%
Operador de Triagem e Transbordo 14.991 12,09%
Outros cargos 19.351 15,61%
Total 124.004 100,00%

 

Concurso Correios

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *