Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Dicas de como escrever e interpretar textos

Publicado em 29 de agosto de 2013 por - 11 Comentários

mulheresNesta postagem daremos dicas para você melhorar seu texto. São recomendações que visam à simplificação do ato de escrever, afastando as inutilidades que comprometem a produção textual. Vamos a elas:

– Elimine palavras ou expressões desnecessárias: em vez de ato de natureza hostil, escreva ato hostil; em vez de decisão tomada no âmbito da diretoria, escreva decisão da diretoria; em vez de pessoa sem discrição, escreva pessoa indiscreta; em vez de neste momento nós acreditamos, escreva acreditamos; em vez de travar uma discussão, escreva discutir; em vez de na eventualidade de faltar combustível, escreva se faltar combustível; em vez de com o objetivo de, escreva para.

– Evite o emprego de adjetivação excessiva: em vez de o difícil e alarmante problema da seca, escreva o problema da seca; em vez de a profunda crise europeia, escreva a crise europeia.

– Dispense nas datas, sempre que possível, os substantivos dia, mês e ano, além do adjetivo “último”: em vez de no dia 12 de janeiro, escreva em 12 de janeiro; em vez de no mês de fevereiro, escreva em fevereiro; em vez de no ano de 2012, escreva em 2012; em vez de no último dia 28 de janeiro, escreva em 28 de janeiro.

– Troque a locução verbo + substantivo pelo verbo: em vez de fazer uma viagem, escreva viajar; em vez de fazer um lanche, escreva lanchar; em vez de pôr moedas em circulação, escreva emitir moedas.

– Use o aposto em lugar da oração adjetiva e, dessa forma, elimine o “que”: em vez de O Recife, que é a capital de Pernambuco, tem sérios problemas de transporte público, escreva O Recife, a capital de Pernambuco, tem sérios problemas de transporte público; em vez de O Corinthians, que é o clube de maior torcida em São Paulo, conquistou o pentacampeonato brasileiro, escreva O Corinthians, clube de maior torcida em São Paulo, conquistou o pentacampeonato brasileiro.

– Empregue o particípio do verbo para reduzir orações: em vez de Agora que expliquei o título, passo a falar do tema, escreva Explicado o título, passo a falar do tema; em vez de Depois de concluir o trabalho, ligarei para você, escreva Concluído o trabalho, ligarei para você; em vez de Quando encerrar a apresentação, passarei ao assunto principal, escreva Encerrada a apresentação, passarei ao assunto principal.

– Elimine, sempre que possível, os indefinidos “um” e “uma”: em vez de A sociedade exige uma punição rigorosa para casos de corrupção, escreva A sociedade exige punição rigorosa para casos de corrupção; em vez de O Brasil se tornou uma terra de ninguém, escreva O Brasil se tornou terra de ninguém. – Corte o possessivo inútil: em vez de Estou com a minha consciência tranquila, escreva Estou com a consciência tranquila; em vez de Siga mais a sua intuição, escreva Siga mais a intuição.

– Evite o plural desnecessário, ou seja, não pluralize o substantivo abstrato que pertence a dois ou mais seres: em vez de A polícia não revelou as identidades dos bandidos, escreva A polícia não revelou a identidade dos bandidos; em vez de A universidade divulgou os nomes dos aprovados, escreva A universidade divulgou o nome dos aprovados; em vez de Estão confirmadas as presenças do governador e do ministro da Saúde, escreva Está confirmada a presença do governador e do ministro da Saúde.

10 dicas para interpretação de textos:

1. Leia o texto no mínimo duas vezes. Na primeira leitura, atenha-se ao conteúdo; na segunda, veja como o texto está articulado, desenvolvido.

2. Observe as relações interparágrafos. Um parágrafo geralmente mantém com outro uma relação de continuação, conclusão ou falsa oposição. Identifique muito bem essas relações.

3. Sublinhe, em cada parágrafo, o tópico frasal, ou seja, a ideia mais importante.

4. Leia com muito cuidado os enunciados das questões, sem pressa, para entender bem a pergunta.

5. Grife palavras como “correto” ou “incorreto”, evitando, assim, uma confusão na hora da resposta.

6. Não dê muito valor ao que o autor quis dizer, mas sim ao que ele disse, expressou no texto.

7. Identifique os personagens principais e secundários e centre-se nas características físicas e psicológicas deles.

8. Se o foco do enunciado for o tema ou a ideia principal, leia com atenção a introdução e/ou a conclusão.

9. Se o enunciado focar o item argumentação, concentre-se no desenvolvimento.

10. Olhe com especial atenção os pronomes relativos, pronomes pessoais, pronomes demonstrativos, etc., chamados vocábulos relatores, porque remetem a outros vocábulos do texto.

Dados:
portuguesnarede


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

11 comentários

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *