5326_mulher pfO Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) acionou a Justiça para impedir que candidatas do sexo feminino sejam eliminadas dos concursos da Polícia Federal (PF) por não conseguirem realizar, no exame de aptidão física, o teste em barra fixa na modalidade dinâmica.

O teste de aptidão física da Polícia Federal esta com data prevista para 14 e 15 de setembro. A prova exige que candidatas façam no mínimo uma flexão. No edital está descrito que para pontuar as concurseiras devem conseguir ultrapassar o queixo acima da barra fixa e voltar à posição inicial, completando a flexão.

O MP-DF considera que o requisito é discriminatório inconstitucional e pede que as candidatas possam fazer o teste na modalidade de suspensão, na qual, para gerar pontuação, o que vale é a contagem do tempo mínimo de permanência com o queixo acima da barra, que nesse caso, seria de 10 a 13 segundos. Essa modalidade já acontece em concursos similares como os da Polícia Rodoviário Federal, Polícia Civil do Distrito Federal e Corpo de Bombeiros Militar do DF.

A ação será julgada pela 2ª Vara Federal do Distrito Federal e para os concurseiros, só resta aguardar.

Veja também:

No Aprova Informa nós conversamos com o preparador físico Antonio Leonardo sobre o teste de Aptidão física da PF. Vale a pena assistir!

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *