Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Saiba como adicionar as novas regras ortográficas ao seu editor de textos

Publicado em 23 de agosto de 2013 por - Um Comentário

Keyboard - Enter key replace with a RED HELP KeyO novo acordo ortográfico é um tema que gera muita discussão, mas, a verdade é que mais dia menos dia, ele vai ser cobrado nos certames. Por isso, o ideal é que aos poucos os estudantes procurem se adaptar às novas mudanças.

Concurseiros que estudam em casa, via internet, na dúvida, usam o editor de textos para exercitar o conteúdo aprendido. As versões mais recentes do Word já vêm com o novo acordo ortográfico aplicado, porém, edições anteriores a 2010 devem ser adaptadas.

Word 2007- Para usuários da versão 2007, a Microsoft oferece uma atualização do dicionário, com tudo formatado para a reforma do idioma. Ele pode ser baixado neste link.  Basta entrar e iniciar o download. Depois, a instalação é feita com um duplo clique no executável.

Word 2003 ou versões anteriores- Se o concurseiro utiliza o Word 2003, a forma de contornar o problema é baixar um dicionário que já tenha as novas regras ortográficas da língua portuguesa. Depois, deve-se instalá-lo no editor de textos, para que ele seja usado por padrão. Veja como fazer isso passo a passo.

Passo 1- Abra o Word e Clique em Ferramentas

1

Passo 2- Clique em Opções.

2

Passo 3- Na janela que abre, entre na aba Ortografia e Gramática. Clique em Dicionários Personalizados.

3

Passo 4- Na janela que abre, entre na aba Ortografia e Gramática. Clique em Dicionários Personalizados.

4

Passo 5- Na janela que abre, certifique-se que o dicionário está marcado e clique em Modificar.

5

Passo 6- Aparecerão as opções personalizadas pelo usuário. Para excluir o verbete errado, basta marcá-lo e clicar em Excluir. Para adicionar novas palavras, digite-as no campo Palavra e clique em Adicionar. Depois que terminar, basta dar OK e pronto, as palavras adicionadas não serão mais checadas pelo dicionário. As excluídas passarão a ser.

12

Mudanças na língua portuguesa:

Alfabeto
Nova Regra
O alfabeto será formado por 26 letras
Como é
As letras “k”, “w” e “y” não são consideradas integrantes do alfabeto
Como será
Essas letras serão usadas em unidades de medida, nomes próprios, palavras estrangeiras e outras palavras em geral. Exemplos: km, kg, watt, playground, William, Kafka, kafkiano.

Trema
Nova regra
Não existirá mais o trema na língua portuguesa. Será mantido apenas em casos de nomes estrangeiros. Exemplo: Müller, mülleriano.
Como é
Agüentar, conseqüência, cinqüenta, freqüência, tranqüilo, lingüiça, bilíngüe.
Como será
Aguentar, consequência, cinquenta, frequência, tranquilo, linguiça, bilíngue.

Acentuação – ditongos “ei” e “oi”
Nova regra
Os ditongos abertos “ei” e “oi” não serão mais acentuados em palavras paroxítonas
Como é
Assembléia, platéia, idéia, colméia, boléia, Coréia, bóia, paranóia, jibóia, apóio, heróico, paranóico
Como será
Assembleia, plateia, ideia, colmeia, boleia, Coreia, boia, paranoia, jiboia, apoio, heroico, paranoico.
Obs: Nos ditongos abertos de palavras oxítonas terminadas em éi, éu e ói e monossílabas o acento continua: herói, constrói, dói, anéis, papéis, troféu, céu, chapéu.

Acentuação – “i” e “u” formando hiato
Nova regra
Não se acentuarão mais “i” e “u” tônicos formando hiato quando vierem depois de ditongo
Como é
baiúca, boiúna, feiúra, feiúme, bocaiúva
Como será
baiuca, boiuna, feiura, feiume, bocaiuva
Obs 1: Se a palavra for oxítona e o “i” ou “u” estiverem em posição final o acento permanece: tuiuiú, Piauí.
Obs 2: Nos demais “i” e “u” tônicos, formando hiato, o acento continua. Exemplo: saúde, saída, gaúcho.

Hiato
Nova regra
Os hiatos “oo” e “ee” não serão mais acentuados
Como é
enjôo, vôo, perdôo, abençôo, povôo, crêem, dêem, lêem, vêem, relêem
Como será
enjoo, voo, perdoo, abençoo, povoo, creem, deem, leem, veem, releem

Palavras homônimas
Nova regra
Não existirá mais o acento diferencial em palavras homônimas (grafia igual, som e sentido diferentes)
Como é
Pára/para, péla/pela, pêlo/pelo, pêra/pera, pólo/polo
Como será
para, pela, pelo, pera, polo
Obs 1: O acento diferencial ainda permanece no verbo poder (pôde, quando usado no passado) e no verbo pôr (para diferenciar da preposição por).
Obs 2: É facultativo o uso do acento circunflexo para diferenciar as palavras forma/fôrma. Em alguns casos, o uso do acento deixa a frase mais clara. Exemplo: Qual é a forma da fôrma do bolo?

Hífen – “r” e “s”
Nova regra
O hífen não será mais utilizado em prefixos terminados em vogal seguida de palavras iniciadas com “r” ou “s”. Nesse caso, essas letras deverão ser duplicadas.
Como é
ante-sala, auto-retrato, anti-social, anti-rugas, arqui-rival, auto-regulamentação, auto-sugestão, contra-senso, contra-regra, contra-senha, extra-regimento, infra-som, ultra-sonografia, semi-real, supra-renal.
Como será
antessala, autorretrato, antissocial, antirrugas, arquirrival, autorregulamentação, autossugestão, contrassenso, contrarregra, contrassenha, extrarregimento, infrassom, ultrassonografia, semirreal, suprarrenal.

Hífen – mesma vogal
Nova Regra
O hífen será utilizado quando o prefixo terminar com uma vogal e a segunda palavra começar com a mesma vogal.
Como é
antiibérico, antiinflamatório, antiinflacionário, antiimperialista, arquiinimigo, arquiirmandade, microondas, microônibus.
Como será
anti-ibérico, anti-inflamatório, anti-inflacionário, anti-imperialista, arqui-inimigo, arqui-irmandade, micro-ondas, micro-ônibus.

Hífen – vogais diferentes
Nova regra
O hífen não será utilizado quando o prefixo terminar em vogal diferente da que inicia a segunda palavra.
Como é
auto-afirmação, auto-ajuda, auto-aprendizagem, auto-escola, auto-estrada, auto-instrução, co-autor, contra-exemplo, contra-indicação, contra-ordem, extra-escolar, extra-oficial, infra-estrutura, intra-ocular, intra-uterino, neo-expressionista, neo-imperialista, semi-aberto, semi-árido, semi-automático
Como será
autoafirmação, autoajuda, autoaprendizagem, autoescola, autoestrada, autoinstrução, coautor, contraexemplo, contraindicação, contraordem, extraescolar, extraoficial, infraestrutura, intraocular, intrauterino, neoexpressionista, neoimperialista, semiaberto, semiárido, semiautomático.
Obs: A regra não se encaixa quando a palavra seguinte iniciar por h: anti-herói, anti-higiênico, extra-humano, semi-herbáceo.
Fonte: Cláudia Beltrão, professora de português.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Um comentário

  • Irene Weber Donatelli

    Acho estranho um site que mostra regras novas de acentuacao escrever que chapéu e monossílaba?????

    Monossílaba e uma única iliba bem diferente de oxitona

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *