Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Concurso da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte oferece 91 vagas e salários de até R$ 17 mil

Publicado em 10 de junho de 2013 por - Comentar

Concurso ALE RNJá estão abertas as inscrições para o concurso da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte que oferece 91 vagas para os níveis médio e superior. Os aprovados terão carga de trabalho de 40 horas semanais e remuneração de R$ 2.609,48 a R$ 17.025 dependendo do cargo escolhido.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas de 10/06 a 08/07/2013 pelo site www.concursosfcc.com.br. A taxa é de R$ 68 para os cargos de nível médio, R$ 89 para os de nível superior e R$ 98 para o cargo de Assessor Técnico do Controle Interno.

Cargos

Confira os cargos, requisitos e remuneração:

Cargo

Habilitação

Requisitos

Vagas

Salário

Geral

PCD

Analista Legislativo

Analista Legislativo

Curso Superior em qualquer área

10

1

R$ 6.215,20

Arquitetura

Graduação em Arquitetura

1

Analista de Sistema

Curso Superior da área de Tecnologia da Informação ou de qualquer outro Curso Superior com Pós-Graduação na área de Tecnologia da Informação

3

Biblioteconomia

Graduação em Biblioteconomia

2

Enfermagem

Graduação em Enfermagem

2

Engenharia Civil

Graduação em Engenharia Civil

1

Jornalismo

Graduação em Jornalismo

1

Medicina – Clínica Geral

Graduação em Medicina

2

Psicologia

Graduação em Psicologia

2

Assessor Técnico do Controle Interno

Assessoria Técnica do Controle Interno

Graduação em Administração, Contabilidade, Direito ou Economia

1

R$ 17.025,00

Técnico Legislativo

Técnico Legislativo

Certificado de conclusão de curso de ensino médio

43

3

R$ 2.609,48

Operador de Som

Certificado de conclusão de curso de ensino médio e certificado de curso profissionalizante correlato.

3

Programador

Certificado de conclusão de curso de ensino médio e certificado de curso profissionalizante correlato.

5

1

Taquigrafia

Certificado de conclusão de curso de ensino médio e certificado de curso profissionalizante correlato.

5

1

Técnico em Hardware

Certificado de conclusão de curso de ensino médio e certificado de curso profissionalizante correlato.

4


Provas

– Prova objetiva: a prova objetiva será aplicada na cidade de Natal – RN no dia 01/09/2013:
no período da manhã: para os cargos de Técnico Legislativo, todas as habilitações;

no período da tarde: para os cargos de Analista Legislativo, todas as habilitações e para o cargo de Assessor Técnico do Controle Interno.
– Prova discursiva: a prova discursiva para os cargos de Assessor Técnico do Controle Interno, Analista Legislativo, Arquitetura, Analista de Sistemas, Biblioteconomia, Enfermagem, Engenharia Civil, Jornalismo, Medicina – Clínica Geral, Psicologia, Técnico Legislativo e Taquigrafia será realizada no mesmo dia e horário da prova objetiva.
– Prova de estudo de caso: a prova de estudo de caso para os cargos de Operador de Som, Programador e Técnico de Hardware será realizada no mesmo dia e horário da prova objetiva.
– Prova Prática de Taquigrafia: a prova praticada para o cargo de Taquigrafia será aplicada no dia 08/12/2013.

Validade

O concurso público terá validade de 2 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Cronograma

Cronograma das provas e publicações

Período de inscrições e da solicitação de Isenção do pagamento do valor da inscrição

10/06 a 08/07/2013

Último dia para pagamento do valor da inscrição

08/07/2013

Divulgação dos pedidos de isenção deferidos e indeferidos no site da Fundação Carlos Chagas

19/07/2013

Publicação no Diário Oficial do Estado do Edital Divulgação dos pedidos de isenção deferidos e indeferidos, após análise de recursos

30/07/2013

Último dia para pagamento do valor da inscrição para os candidatos que tiveram o pedido de isenção indeferido

05/08/2013

Aplicação das Provas Objetivas e Discursiva – Redação/Estudo de Caso

01/09/2013

Divulgação do Gabarito e das Questões das Provas Objetivas

09/09/2013

Publicação no Diário Oficial do Edital de Resultado das Provas Objetivas, Discursiva – Redação/Estudo de Caso

30/10/2013

Aplicação da Prova Prática de Taquigrafia

08/12/2013

Publicação no Diário Oficial do Edital de Resultado da Prova Prática de Taquigrafia

06/01/2014

 

 

Informações sobre o Concurso da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

  • Inscrições: 10/06 a 08/07/2013
  • Cargo: Diversos
  • Taxa de Inscrição: R$ 68 a R$ 98
  • Salário/Remuneração: R$ 2.609,48 a R$ 17.025
  • Nº Vagas: 91
  • Data da Prova: 01/09/2013
  • Nível: Médio e Superior
  • Edital

Prepare-se para o concurso da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte com o Aprova Concursos!

ATRIBUIÇÕES BÁSICAS DOS CARGOS/HABILITAÇÃO

GRUPO DE ATIVIDADES DE NÍVEL SUPERIOR
CARGO: ANALISTA LEGISLATIVO

Habilitação: Analista Legislativo
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores;
– instruir e despachar os processos administrativos e acompanhar a tramitação das proposições legislativas;
– elaborar exposições de motivos, ofícios, certidões, relatórios e outros expedientes;
– zelar pela guarda e manutenção dos equipamentos sob sua responsabilidade; e
– executar atividades de apoio administrativo.

Habilitação: Arquitetura
– elaborar e fiscalizar a execução de projetos de arquitetura, de interiores e paisagísticos;
– acompanhar a elaboração dos projetos complementares de engenharia (estrutural, hidro sanitário, elétrico, e outros);
– especificar materiais e administrar a execução de obras ou serviços de arquitetura; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

Habilitação: Analista de Sistema
– desenvolver e manter o sistema de informação de processamento de dados;
– elaborar os projetos de sistema de programação;
– analisar a qualidade e a confiabilidade dos trabalhos desenvolvidos;
– avaliar os resultados de testes de programas;
– supervisionar e orientar os setores sobre os sistemas de informação; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores;

Habilitação: Biblioteconomia
– estabelecer, coordenar e executar a política de seleção e aferição do material integrante das coleções do acervo da Assembleia Legislativa;
– responder pela operacionalização e normalização dos serviços técnico-biblioteconômicos, pelo tratamento das informações e pelo estabelecimento das prioridades na aquisição dos bens do acervo da biblioteca;
– zelar pela conservação do material documental sob sua guarda; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

Habilitação: Enfermagem
– executar atividades de assistência de enfermagem aos Deputados, servidores e seus dependentes,
prestando-lhes atendimento ambulatorial no local de trabalho;
– efetuar curativos e imobilizações;
– requisitar e controlar medicamentos em geral;
– prestar os primeiros socorros no local de trabalho, em caso de acidentes ou de doenças;
– zelar pela guarda e asseio dos equipamentos sob sua responsabilidade; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

Habilitação: Engenharia Civil
– elaborar, assessorar, acompanhar e analisar projetos (estruturais, hidro-sanitário, elétrico, e outros);
– especificar materiais e equipamentos, fornecendo seus quantitativos e orçamentos;
– administrar e fiscalizar a execução de obras ou serviços de engenharia;
– efetuar desenho técnico; e,
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

Habilitação: Jornalismo
– redigir notícias e promover a divulgação das atividades desenvolvidas pela Assembleia Legislativa;
– organizar e coordenar entrevistas;
– fazer divulgar através do órgão de imprensa os trabalhos e atos de interesse da Assembleia Legislativa e dos Deputados;
– fazer seleção, revisão e preparo definitivo das matérias jornalísticas a serem divulgadas em jornais, revistas, televisão, rádio, internet, assessoria de imprensa e quaisquer outros meios de comunicação com o público;
– apresentar programas de rádio e televisão, ancorar os programas, noticiar fatos, ler textos, e entrevistar pessoas; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

Habilitação: Medicina – Clínica Geral
– efetuar exames em pacientes para a realização de diagnósticos, prescrições e tratamentos clínicos, e fornecer atestados e laudos médicos;
– requisitar exames radiológicos, laboratoriais e outros complementares;
– encaminhar pacientes para assistência complementar e acompanhar a evolução do tratamento;
– executar atividades de educação sanitária e realizar inquéritos epidemiológicos;
– realizar estudos e auxiliar na implantação de projetos e programas de saúde no âmbito da Assembleia Legislativa;
– instruir laudos periciais;
– zelar e cuidar dos equipamentos e utensílios sob sua responsabilidade; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

Habilitação: Psicologia
– executar atividades na área da psicologia organizacional e aplicar testes psicológicos;
– efetuar entrevistas de avaliação psicológica;
– acompanhar o desenvolvimento de programas de orientação profissional e de avaliação de desempenho funcional;
– participar na elaboração de programas de capacitação e readaptação de servidores;
– executar atividades na área de psicologia clínica e efetuar psicodiagnóstico e psicoterapia; e
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores.

CARGO: ASSESSOR TÉCNICO DO CONTROLE INTERNO

Habilitação: Assessoria Técnica do Controle Interno
– prestar consultoria ao Plenário, à Mesa, às Comissões e aos Deputados em matérias de natureza legislativa;
– assessorar as diretorias, coordenadorias e demais setores;
– auxiliar na elaboração de anteprojetos de lei adequando as proposições à técnica legislativa e à legislação em vigor;
– instruir processos, elaborar contratos, redigir certidões e ofícios e demais documentos de natureza jurídica;
– prestar assessoramento técnico ao Gabinete da Presidência, à Secretaria Administrativa, às Diretorias, setores e às Coordenadorias;
– promover a revisão e adequação de proposições;
– efetuar a instrução de processos e informações econômico-financeiras;
– elaborar estudos técnico-científicos necessários à elaboração de normas;
– elaborar pareceres sobre questões jurídicas ou administrativas submetidas a seu exame; e
– fornecer subsídios técnicos e/ou elaborar pareceres e notas técnicas, orientando sobre normas constitucionais, legais e regimentais ao processo legislativo.

GRUPO DE ATIVIDADES DE NÍVEL MÉDIO

CARGO: TÉCNICO LEGISLATIVO

Habilitação: Técnico Legislativo
– executar trabalhos de digitação de textos e de planilhas;
– elaborar minutas de ofícios, certidões, declarações, sinopses e demais documentos;
– redigir atas e efetuar sua correção;
– registrar e organizar os dados necessários à elaboração da folha de pagamento;
– executar atividades de controle de entrada e saída de materiais;
– registrar e atualizar o tombamento do material permanente;
– organizar os processos, anexar documentos e encaminhar para análise e decisão;
– executar atividades de apoio administrativo;
– auxiliar na recepção de autoridades e visitantes;
– registrar os dados relativos ao assentamento funcional dos servidores;
– organizar os dados para a elaboração de boletim de frequência dos servidores;
– organizar e instruir processo de licitação e os cadastros de fornecedores; e
– controlar as proposições legislativas e correspondências.

Habilitação: Operador de Som
– instalar e operar aparelhos de gravação de som;
– efetuar a edição e a transmissão de informações;
– reproduzir cópias de fitas cassetes;
– zelar pela manutenção e guarda dos equipamentos sob sua responsabilidade; e
– executar atividades de apoio administrativo.

Habilitação: Programador
– criar programas que satisfaçam às necessidades definidas;
– prestar manutenção aos programas;
– exercer atividades de supervisão da programação de sistemas;
– definir e/ou participar na elaboração de sistemas de pequeno porte;
– analisar a qualidade e a confiabilidade dos trabalhos desenvolvidos;
– zelar pela guarda e manutenção dos equipamentos sob sua responsabilidade; e
– executar atividades de apoio administrativo.

Habilitação: Taquigrafia
– executar e interpretar o apanhamento taquigráfico no Plenário, nas Comissões e em outras atividades solicitadas pelos Deputados;
– fazer gravação das reuniões das Comissões;
– digitar os pronunciamentos dos Deputados;
– proceder à revisão final dos textos para publicação; e
– executar atividades de apoio administrativo.

Habilitação: Técnico em Hardware
-avaliar, montar e configurar microcomputadores;
-prover a manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos e periféricos de informática;
-instalar software nos microcomputadores da Assembleia Legislativa;
-dar suporte técnico e manutenção de cabeamento de redes locais;
-orientar usuários na digitação e alimentação de dados dos processos informatizados, em suas áreas; e
– orientar os usuários acerca da correta utilização dos equipamentos.


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *