Aprova Concursos - Blog

Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

Concurso do MPOG para preencher 825 vagas de analista técnico de políticas sociais

Publicado em 30 de agosto de 2012 por - 13 Comentários

Cursos preparatórios para o concurso do MPOG:

As vagas são destinadas ao Distrito Federal

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou o edital nº 35/2012 para a realização do concurso público para seleção de Analistas Técnicos de Políticas Sociais, cargo integrante da carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais.

O concurso prevê 825 vagas para o cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais, com salário inicial de até R$5.466,53. As vagas são destinadas ao Distrito Federal. Os locais de lotação e exercício serão definidos pelo Ministério.

Os nomeados serão distribuídos em diferentes Órgãos, que aparecem no Diário Oficial de maio deste ano, quando o concurso foi autorizado pela ministra do planejamento.

As oportunidades estão distribuídas entre as áreas de Assistência Social (77 vagas), Educação (30), Gestão Social (248), Previdência (20) e Saúde (450). Lembrando que existem vagas reservadas aos candidatos portadores de deficiência.

Inscrições

As inscrições começam às 10h do dia 3 de setembro e vão até às 23h59 de 16 de setembro de 2012 e devem ser feitas no site www.esaf.fazenda.gov.br. O valor da taxa é de R$ 100.

Requisitos

Para participar, o candidato deve ter curso superior em qualquer área e idade mínima de 18 anos, além de preencher outros requisitos listados no edital.

Etapas

O concurso terá quatro etapas. As duas primeiras são as provas de Conhecimentos Básicos e de Conhecimentos Específicos. A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 18 de novembro de 2012. Os locais e horários de prova ainda serão informados no site da organizadora do concurso.

A terceira etapa é a prova discursiva, com data a ser definida. Segundo o edital, haverá um limite máximo de candidatos aprovados nas provas objetivas que serão convocados para a prova discursiva. Então, além de alcançar a nota mínima, é preciso ficar em uma das posições estabelecidas no edital. A última etapa é apresentação de títulos.

Informações sobre o Concurso do MPOG

  • Inscrições: 03/09 a 16/09/2012
  • Cargo: Analista Técnico de Políticas Sociais
  • Taxa de Inscrição: R$ 100
  • Salário/Remuneração: Até R$ 5.466,53
  • Nº Vagas: 825
  • Data da Prova: 18/11/2012
  • Nível: Superior
  • Edital: ESAF


Inscreva-se

Receba as notícias por e-mail

13 comentários

  • adriel sena santos

    eu quero fazer esse concuso mais nao tenho condiçao como eu faço

    • Blog Aprova Concursos

      Olá Adriel!
      Você pode tentar fazer o pedido de isenção da Taxa de inscrição. Veja aqui o que é necessário ter, segundo o edital:

      6. DA ISENÇÃO DO PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO
      6.1 – Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto para o candidato que, cumulativamente:
      a) estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico, de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de
      junho de 2007; e
      b) for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135/2007.
      6.1.1 – Para estar inscrito no Cadastro Único é necessário que o candidato tenha efetuado o cadastramento junto ao órgão gestor do
      Cadastro Único do município em que reside, considerando que o processamento das informações na base nacional do CadÚnico poderá
      ocorrer no prazo de até 45 (quarenta e cinco) dias para concretização da inscrição no referido Programa do Governo Federal.
      6.1.2 – Não será concedida a isenção do pagamento da taxa de inscrição a candidato que não possua o Número de Identificação Social – NIS
      já identificado e confirmado na base de dados do CadÚnico, na data da sua inscrição.
      6.1.3 – É da inteira responsabilidade do candidato procurar o órgão gestor do CadÚnico do seu município para a atualização do seu cadastro
      na base da dados.
      6.2 – Para a realização da inscrição com isenção do pagamento da taxa de inscrição, o candidato deverá preencher o Formulário de
      Inscrição, via Internet, no endereço http://www.esaf.fazenda.gov.br, no qual indicará o Número de Identificação Social – NIS atribuído pelo
      CadÚnico do Governo Federal e firmará declaração de que atende à condição estabelecida na letra “b” do subitem 6.1.
      6.2.1 – Os dados informados pelo candidato, no ato da inscrição, deverão ser exatamente iguais aos que foram declarados ao Órgão Gestor
      do CadÚnico.
      6.3 – Não serão analisados os pedidos de isenção sem a indicação do número correto do NIS e, ainda, aqueles que não contenham as
      informações suficientes e corretas para a identificação do candidato na base de dados do Órgão Gestor do CadÚnico.
      6.4 – A inscrição com o pedido de isenção poderá ser efetuada no período compreendido entre 10 horas do dia 03 e 23h59min do dia 16
      de setembro de 2012.

      Abs

    • VÁ NA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DE SUA CIDADE OU NA CAIXA ECONOMICA FEDERAL E PEÇA SEU NUMERO DO NIS, NÃO SERVE O NIT COMO MUITOS COSTUMAM DIZER, LEVA DE 45 HÁ 90 DIAS PARA LIBERAREM SEU NUMERO DE NIS, COM FUNÇÃO DE ISENÇÃO, NÃO ADIANTA PROCURAR OUTRA RESPOSTA FOI ASSIM QUE EU CONSEGUI O MEU DEPOIS DE SEGUIR CONSELHOS DE VARIOS ANALFABETOS QUE NÃO TEM O QUE FAZER NA INTERNET ATÉ QUE FUI AO LUGAR CERTO LEMBRANDO QUE VÃO FAZER VÁRIAS PERGUNTAS E PEDIRÃO DOCUMENTOS PESSOAIS E COPIAS, COMPROVANTE DE ENDEREÇO NÃO SERVE CONTA TELEFONICA, CPF, RG, TITULO DE ELEITOR, CARTEIRA DE TRABALHO SE CASADO CARTEIRA DE TRABALHO DO CONJUGE EM CASO DE CARTEIRA ASSINADA CÓPIA DO CONTRA CHEQUE, EM CASO DE CRIANÇA OS DOCUMENTOS SÃO OUTROS, HÁ A SOMA TOTAL DE GANHOS DE TODOS OS MEBROS DA FAMILIA NA MESMA CASA NÃO PODE PASSAR DE 311 REAIS POR PESSOA, ELES FAZEM VISTORIA ENTÃO NÃO ADIANTA MENTIR ELES VÃO MESMO CONFERIR.
      http://cidasoaresadv.blogspot.com.br/

  • Marion

    Vocês do Aprova poderiam me ajudar: o fato de eu ser sócia de uma pequena empresa na área previdenciária (gestão de benefícios para idosos) serve para pontuação de títulos no campo experiência profissional? Não tenho a convicção se isso me ajudaria ou me atrapalharia..

    • Blog Aprova Concursos

      Olá Marion!
      No edital há a seguinte informação: “Após conclusão de curso superior, em nível de graduação, para cada ano de experiência profissional nos setores público ou privado, em atividades relacionadas à área a que concorre. 1,0 por ano completo de exercício, sem sobreposição de tempo.”
      O fato de você ser sócia não interfere, mas se você possui experiência profissional comprovada após a sua formação superior, ela pode ser avaliada para a obtenção da pontuação dos títulos.
      Abs.

    • nao serve, só serve certificaçâo

  • Deusiane

    é válido para qualquer curso superior?

  • Debora Pinto

    Trabalhei por 4 anos em um banco privado, sou formada em Direito e prestarei concurso do MPOG para a área de Gestão Social, embora trabalhando em uma instituição financeira, aquém à minha formação, poderei contar como experiência? Se eu ligar para a ESAF ela me tira essa dúvida?

    • Blog Aprova Concursos

      Olá Debora!
      Recomendamos que você leia atentamente o item 11.17 do edital: http://www.esaf.fazenda.gov.br/concursos/concursos_selecoes/ATPS-2012/Editais/Edital_35_2012-ATPS_Abertura.pdf
      A sua experiência só será aceita se tiver sido adquirida após a conclusão do curso superior e na área de Gestão Social, para a qual você está concorrendo.
      Você também pode entrar em contato diretamente com a Esaf. Ela, assim como outras grandes bancas, costumam responder todas as dúvidas dos candidatos sobre itens do edital.
      Abs.

    • Blog Aprova Concursos

      Olá, Debora.

      O importante, para obter os pontos na avaliação de títulos, é que você consiga comprovar que exerceu atividades relacionadas à área a que irá concorrer. Para isso você precisará de documentos como Carteira de Trabalho e declaração ou atestado de capacidade técnica expedido pelo órgão ou empresa com o nome do cargo e a indicação das atividades desempenhadas.

      Abs

  • Ana

    Elucidem por favor:
    A prova objetiva tem 70 questões, e tenho que acertar no mínimo 60. É isso mesmo?
    Ou é 60%, ou seja, devo acertar no mínimo 42 questões.

    Abraços….

    • Blog Aprova Concursos

      Olá Ana!
      A prova objetiva tem 70 questões, mas se você analisar o peso de cada disciplina, o total de pontos chega a 120. E o candidato precisa acertar pelo menos 60 pontos ponderados, ou seja, nesta prova ele deve acertar 50% dos pontos ponderados correspondentes.
      Abs

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *