Do Metro/Rio

Nos próximos meses, por meio de suas secretarias, o governo do Estado vai abrir concurso para 3.484 vagas de emprego. O número está dentro da previsão de 6 mil novas vagas que a secretaria de Planejamento e Gestão previu até o fim do ano, segundo a Lei do Orçamento para 2011.

Além das vagas abertas, serão nomeados 10.904 servidores de concursos do ano passado. Ao lado de Educação, quem leva a maior parte das vagas é a secretaria de Segurança. Por causa da política das UPP (Unidades de Polícia Pacificadora) e a proximidade com eventos esportivos, como a Copa e as Olimpíadas, o efetivo da Polícia Militar chegará a 62 mil agentes até 2016. Para isso, o governo precisa contratar 7 mil novos PMs por ano.

Além disso, a secretaria ainda prevê a contratação de 544 policiais civis, 300 inspetores e 50 delegados para este ano. Na segunda-feira, foi divulgado o edital do concurso que visa ao preenchimento de 44 vagas no cargo de perito legista de 3ª classe, que exige nível superior. O salário oferecido é de R$ 3.474,37. O próximo a ser anunciado é o edital para piloto policial. Em seguida, será anunciado o concurso para inspetor.

Em agosto, a secretaria de Administração Penitenciária vai divulgar o edital para o concurso de inspetor penitenciário, com 800 vagas ao todo.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy Barbosa, sua pasta abrirá o terceiro concurso nos últimos três anos para gestor público (com 80 vagas). Outros órgãos também vão realizar concursos semelhantes, como o Rioprevidência e as secretarias de Fazenda e de Saúde. Ele avalia como positiva a renovação do quadro com novos concursados.

“São carreiras que exigem nível superior em qualquer área e quanto mais ampla for a gama de conhecimento do candidato, tanto melhor”, comenta Barbosa.

Fonte: http://www.band.com.br/jornalismo/emprego/conteudo.asp?ID=100000435329

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *