Justiça suspende o concurso do MAPA

mapaUma liminar emitida pela 3ª vara da Justiça Federal do Amazonas suspendeu o concurso para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).  A decisão á da juíza Maria Lúcia Gomes de Souza, que acolheu uma ação ordinária impetrada por oito fiscais federais agropecuários que se sentiram lesados no direito de predileção na lotação de vagas. Há alguns anos esses profissionais tentavam ser removidos para os locais onde o MAPA oferece vagas na seleção.

De acordo com a Assessoria de Imprensa do Mapa, o órgão vai se manifestar sobre o assunto assim que houver um avanço no caso. A União já recorreu da liminar.

O concurso tem 412.118 inscritos e as provas, pelo calendário do edital, estão marcadas para 4 de maio, nas capitais de todas as unidades da federação. A seleção destina-se ao preenchimento de 796 vagas em diversos cargos.

Fonte: Folha Dirigida

Comentários

  1. OI,BOA NOITE,NÃO HAVERÁ MAIS O CONCURSO DIA 4 DE MAIO,SERÁ EM TODAS AS CAPITAIS?

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Christiane,
      Por enquanto essa é a decisão da Justiça, mas pode ser revertida a qualquer momento pois a União já entrou com recurso. Sugerimos aguardar e continuar seus estudos!
      Abs.

      • Devanchirles maria da silva diz:

        Agora e estudar e esperar um concurso tão esperado deveria ter sido melhor planejado………chega a ser desmotivador.

    • Christiane, bom dia tem novidade sobre o concurso do ministério da agricultura ?

    • boa noite!
      gostaria de saber , se sera devolvido o valor das inscrições.

      att: alcine

      • Blog Aprova Concursos diz:

        Olá, Alcione!
        O concurso não foi cancelado. Mas se mudar de data, provavelmente haverá a opção de devolução da taxa de inscrição para quem não puder continuar no concurso.
        Abs!

  2. Isso é sacanagem!!!

    • Sacanagem é a Administração Pública impedir que o servidor seja redistribuído para outro local onde há vaga. Somos seres humanos e não meros números! Saímos de nossas cidades para tentarmos vaga em outro local por questão de necessidade e não de mera preferência.

      • Olá, bom dia a todos!!!
        Cledson, concordo contigo em gênero, número e grau, pois, o MAPA deveria ter dado a devida atenção à solicitação de remanejo desses profissionais (se preenchem ou não requisitos para tal), já que sua inobservância poderia resultar em aumento ou diminuição no número de vagas em todo território nacional. Na minha humilde opinião, houve falta de planejamento e organização da referida instituição, e só pra variar quem é que arcará com todos os ônus? Acertou quem respondeu – o povo brasileiro. Todo o prejuízo será nosso, haja visto que, o voo, o hotel, etc terão que ser cancelados …blá blá blá.

      • Sim, concordo com vocês! Mas também é sacanagem com 412.118 seres humanos que pagaram a inscrição, se planejaram e abriram mão de muitas coisas para se dedicar aos estudos. Por necessidade, não por mera preferência!
        Impedir que o servidor seja redistribuído é errado sim, mas, suspender um concurso faltando menos de um mês para as provas está longe de ser certo. Sei que não é nada definitivo, pode ser revertido. E se não for? Vão nos reembolsar o valor das inscrições, o tempo dedicado e outras oportunidades perdidas?

      • Prezados,

        O fato não é impedir. Se não me engano, para um funcionário ser transferido para uma outra unidade terá que uma outra pessoa ocupe a lacuna deixada por ele, ou seja, para um funcionário ser transferido do AM para o DF terá que ter um outro funcionário que queira ir para o AM para que não prejudique o superintendência de lá. Parece que o MAPA tem em sua administração uma relação de pessoas que estão em busca de remanejamento, mas, só podem ser transferidos se não ficar postos em abertos.

        Acredito que logo essa suspensão seja revertida.

      • Daniela, pelo visto você não está estudando para o concurso, tendo em vista que Gênero e Número concordam com o Sujeito, porém Grau não faz concordância. Portanto esse é mais um Chavão equivocado da nossa língua. Tipo aquele: correr atrás do prejuízo.

      • Não vejo problema algum a pessoa expressar sua opinião usando um ” chavão” da Língua Portuguesa, todavia, é um tanto paradoxo ver opiniões taxando de forma negativa opiniões alheias, somente para mostrar que supostamente “aprenderam” alguma regra gramatical. O Português possui muita facetas, e não deve ficar preso em apenas algumas regras “decorebas.”

      • Eli Nicolau diz:

        Cledson, concordo plenamente com vc pois já estive na mesma situação. E outros amigos meus também. O correto seria ter colocado todas as vagas à disposição de imediato e após análise jurídica interna após a seleção dos fiscais ora existentes ai sim, seria aberto as vagas realmente necessárias a cada estado e microregiões. Isso não impede de ninguém continuar a estudar, apenas é um direito adquirido de cada cidadão e, se estivéssemos no mesmo barco não gostaríamos nenhum pouco que isto acontecesse é só se colocar do outro lado….Tenho colegas que estão no Amapá desde 2005 e ainda não conseguiram retornar, não é justo…. e, os que conseguiram foram através de politicagem….quem não tem apenas aguarda a boa vontade da nossa Justiça…..

      • Valeria Ribeiro diz:

        concordo com vc ….

      • EXATAMENTE!!!
        SOU SERVIDOR PÚBLICO E ESTOU TENTANDO AGORA O MAPA, E CONCORDO COM O COLEGA!!
        DEVE-SE LOTAR OS SERVIDORES, ONDE ELES PREFERIREM, APÓS O ESTÁGIO PROBATÓRIO, DE ACORDO COM LEI FEDERAL, POIS É UM DIREITO DO SERVIDOR!!
        PRA QUEM JÁ ESPEROU, PODE-SE ESPERAR MAIS UM POUCO PRA PRESTAR O CONCURSO!!!
        APROVEITE PRA ESTUDAR AO INVÉS DE RECLAMAR! ATÉ PQ, ESSE CONCURSO NÃO É PRA QUALQUER UM, MAS SIM PRA QUEM SE DEDICA MUUUITO, E TEM EXPERIÊNCIA EM CONCURSOS EM GERAL, DEVIDO AS INÚMERAS E CLÁSSICAS “PEGADINHAS” NAS QUESTÕES!

      • Ta querendo ficar pertinho de casa, faz prova pra prefeitura!

  3. Gracielle David Melo diz:

    Boa Noite
    Sabem dizer quando sai o recurso? Nossa mas é muita sacanagem agente estuda pra morrer conhecimento específico do edital, compra passagem pra viajar pra fazer a prova, paga curso caro, e depois vem com isso simplesmente suspendem o concurso, misericórdia só por deus mesmo, parece ate brincadeira, que falta de organização desse pessoal, putzzzzz !!!!

  4. TAIS NUNCUI diz:

    OI! POR GENTILEZA COMO FAÇO PRA SABER EM QUE LOCAL SERA REALIZADA A PROVA DE Goiania?
    att tais

  5. Foi suspenso todo o concurso ou há cargos específicos que sofrerão com essa decisão??

  6. Gostaria de saber mais informações sobre o concurso do mapa dia 4/5/2014

  7. karla cristina diz:

    Não consigo visualizar local de prova como faço?

  8. Com a suspensão, se a data da prova for prorrogada, o curso do aprova ainda terá validade para 30 após a prova?

  9. Wallace Rodrigues diz:

    Eu perdi as inscrições. Tem alguma possibilidade de abrir novas inscrições?

    • Aprova Concursos diz:

      Olá Wallace!
      Este concurso não devem reabrir as inscrições.
      Abs.

      • Ana Priscila diz:

        Olá,

        E sobre esse concurso que fala esse artigo? Então vai haver outro concurso para o MAPA além desse aí? é isso mesmo ou essa informação não procede? Grata desde, já.

      • Aprova Concursos diz:

        Olá Ana!
        É sobre o concurso que ocorreu dia 04 de maio. Não há outro concurso do MAPA previsto.
        Abs.

  10. Olá, vcs do blog sabem o numero desse processo impetrado pelos servidores do amazonas, gostaria de acompanhar pelo site do TJ ou STJ.

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá Osnyr,
      Não temos o número do processo.
      Abs.

    • Ontem consegui acessar este documento na internet:

      RECOMENDAÇÃO Nº 002/2014/6ºOFCÍVEL/PR/AM
      RECOMENDAÇÃO LEGAL
      O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, no exercício de suas atribuições
      constitucionais e legais, com especial fundamento nos artigos 127 e 129, da Constituição Federal;
      artigos 1º, caput, 2º, caput, 5°, incisos I, II, III e V, e art. 6°, inciso XX, da Lei Complementar 75/93;
      e:
      CONSIDERANDO que o Ministério Público é instituição permanente, essencial
      à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático
      e dos interesses sociais e individuais indisponíveis (CF, artigo 127);
      CONSIDERANDO que o Ministério Público tem como funções institucionais a
      promoção do inquérito civil e da ação civil pública para a proteção do patrimônio público e social, do
      meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos, de conformidade com a Constituição
      Federal, artigos 127, caput, e 129, incisos II e VI, e Lei Complementar 75/93, artigo 5º;
      CONSIDERANDO que dispõe o artigo 129, inciso II, da Constituição Federal
      ser função institucional do Ministério Público: “zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e
      dos serviços de relevância pública aos direitos assegurados nesta Constituição, promovendo as
      medidas necessárias a sua garantia”;
      CONSIDERANDO que cabe ao Ministério Público a expedição de
      recomendações, visando a melhoria dos serviços de relevância pública, bem como o respeito aos
      interesses, direitos e bens cuja defesa lhe cabe promover, fixando prazo razoável para a adoção das
      providências cabíveis (LC 75/93, art. 6º, XX);
      Avenida André Araújo, 358, Bairro Aleixo, CEP: 69.060-000, Manaus -AM
      Tel./Fax : (92) 2129-4700 E-mail : oficiocivel6@pram.mpf.gov.br
      MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
      Procuradoria da República no Estado do Amazonas
      CONSIDERANDO o trâmite do inquérito civil público n.º
      1.13.000.000195/2014-98, com a finalidade de “apurar possíveis irregularidades praticadas pelo
      Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ao publicar edital para provimento de vagas
      para a carreira de Fiscal Federal sem antes oferecer os cargos vagos por meio de concurso de
      remoção”;
      CONSIDERANDO a publicação do Edital n.º 1, de 21 de janeiro de 2014, do
      Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA que visa, mediante concurso público
      de provas e títulos, prover 796 vagas para as carreiras de Fiscal Federal Agropecuário, de atividades
      técnicas de fiscalização e do plano geral de cargos do Poder Executivo;
      CONSIDERANDO que, na presente data, as inscrições para o concurso já se
      encerraram e as provas estão previstas para serem aplicadas no próximo dia 04 de maio, em todas as
      27 Unidades da Federação;
      CONSIDERANDO que, no ato de inscrição, segundo o disposto nos itens 1.2,
      1.4 e 1.4.1 do Edital, os candidatos já formalizam a escolha da sua futura lotação e a concorrência,
      bem como a classificação, dar-se-á por área/localidade de lotação em que se inscreveram;
      CONSIDERANDO, nos termos das informações prestadas pelo MAPA (Nota n.º
      022/2014 – CGAG/CONJUR/MAPA/CGU/AGU):
      i. as dificuldades em se obter autorização do Ministério do Planejamento,
      Orçamento e Gestão – MPOG para a deflagração do referido concurso
      público;
      ii. a necessidade premente do MAPA para prover cargos vagos, diante, de um
      lado, da falta de pessoal e, de outro, das suas relevantes funções
      desempenhadas;
      Avenida André Araújo, 358, Bairro Aleixo, CEP: 69.060-000, Manaus -AM
      Tel./Fax : (92) 2129-4700 E-mail : oficiocivel6@pram.mpf.gov.br
      MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
      Procuradoria da República no Estado do Amazonas
      iii. o dispêndio de recursos públicos necessários à contratação da empresa
      CONSULPLAN, responsável pela realização do certame;
      iv. a grande quantidade de inscritos no concurso público;
      v. o disposto no artigo 73, inciso V, alínea c, da lei 9.504/97, in verbis:
      “Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes
      condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos
      eleitorais:
      (…)
      V – nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa,
      suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício
      funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na
      circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob
      pena de nulidade de pleno direito, ressalvados:
      a) a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa
      de funções de confiança;
      b) a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos
      Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República;
      c) a nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início
      daquele prazo;
      d) a nomeação ou contratação necessária à instalação ou ao funcionamento
      inadiável de serviços públicos essenciais, com prévia e expressa autorização do Chefe
      do Poder Executivo;
      e) a transferência ou remoção ex officio de militares, policiais civis e de agentes
      penitenciários;” (grifou-se)
      CONSIDERANDO, nos termos das informações prestadas pelo MAPA (Nota n.º
      022/2014 – CGAG/CONJUR/MAPA/CGU/AGU), especialmente o fato de que não existe previsão
      certa para a realização de concurso de remoção para os cargos envolvidos no concurso público
      retromencionado, podendo aquele ocorrer “quer seja de forma antecedente, quer seja de forma
      simultânea, ou mesmo depois da realização do concurso público já deflagrado”;
      CONSIDERANDO que a Portaria MAPA n.º 221, de 12 de março de 2014,
      embora tenha regulamentado no âmbito do Ministério “os critérios e procedimentos de
      movimentação de servidores e empregados públicos” do seu quadro de pessoal, somente garante a
      Avenida André Araújo, 358, Bairro Aleixo, CEP: 69.060-000, Manaus -AM
      Tel./Fax : (92) 2129-4700 E-mail : oficiocivel6@pram.mpf.gov.br
      MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
      Procuradoria da República no Estado do Amazonas
      periodicidade anual do concurso de remoção, a critério do Secretário-Executivo da Pasta (art. 4º, §
      1º), nada dispondo acerca do início do próximo concurso;
      CONSIDERANDO que a Portaria MAPA n.º 221, de 12 de março de 2014, em
      seu artigo 4º, § 3º, expressamente adota o critério da precedência da remoção à nomeação ao
      prescrever que “as vagas que surgirem após a realização de concurso de remoção não serão
      disponibilizadas para o concurso público, até que sejam oferecidas aos servidores e empregados do
      quadro de pessoal do MAPA”;
      CONSIDERANDO que existe a praxe no MAPA de, anteriormente à nomeação
      de novos servidores, oferecer cargos vagos aos servidores do quadro, como denota a edição da
      Portaria MAPA n.º 254, de 10 de outubro de 2006, do Excelentíssimo Senhor Ministro da
      Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que autorizou a realização de concurso de remoção a pedido
      dos Fiscais Federais Agropecuários anteriormente à deflagração de concurso para o provimento de
      cargos no mesmo quadro (Edital n.º 04/2006);
      CONSIDERANDO a representação dirigida a esta Procuradoria da República,
      formulada por Fiscais Federais Agropecuários residentes em Manaus/AM, na qual manifestam
      sentimento de desrespeito aos seus direitos pela não realização de concurso de remoção previamente
      à nomeação dos futuros aprovados no concurso público regido pelo Edital MAPA 01/2014,
      vislumbrando que vagas mais bem localizadas serão oferecidas aos novos servidores sem antes ter
      sido oferecidas aos servidores mais antigos na carreira;
      CONSIDERANDO que a movimentação nas carreiras públicas segue os critérios
      de antiguidade e merecimento, de modo a valorizar o servidor mais antigo e experiente em relação
      aos servidores com menos tempo de serviço e experiência, a exemplo do que consagra a Portaria
      MAPA n.º 221, de 12 de março de 2014, em seu artigo 10;
      CONSIDERANDO ser corolário dos critérios de antiguidade e merecimento a
      Avenida André Araújo, 358, Bairro Aleixo, CEP: 69.060-000, Manaus -AM
      Tel./Fax : (92) 2129-4700 E-mail : oficiocivel6@pram.mpf.gov.br
      MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
      Procuradoria da República no Estado do Amazonas
      prévia realização de concurso de remoção à nomeação de novos servidores, em relação às vagas
      oferecidas em concurso, mesmo à míngua de expressa e clara disposição legal ou infralegal neste
      sentido;
      CONSIDERANDO que a remoção a pedido, para outra localidade,
      independentemente do interesse da Administração, em virtude de processo seletivo promovido, na
      hipótese em que o número de interessados for superior ao número de vagas, de acordo com normas
      preestabelecidas pelo órgão ou entidade em que aqueles estejam lotados, possui expressa previsão
      legal (art. 36, III, c, lei 8.112/90);
      CONSIDERANDO a existência de decisões judiciais (MS 29.350, Rel. Min.
      Luiz Fux, STF; AI 68.404/CE, Rel. Des. Fed. Élio Siqueira, TRF/5) e administrativas (CNJ) que
      amparam o direito de servidores públicos a concorrer a cargos vagos, na mesma carreira,
      anteriormente à disponibilização dos mesmos a novos servidores nomeados, mormente quando existe
      previsão legal ou infralegal neste sentido, como é o caso do MAPA (art. 4º, § 3º, Pot. MAPA 221/14);
      RESOLVE:
      I – RECOMENDAR, nos termos do artigo 6°, inciso XX, da Lei Complementar
      75/93, ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que, previamente à nomeação dos
      aprovados no concurso público regido pelo Edital MAPA n.º 1/14, deflagre e finalize concurso de
      remoção, facultando aos servidores públicos pertencentes às carreiras mencionadas no Edital a
      movimentação para as vagas nas localidades de lotação descritas no seu Anexo I, observando-se a
      regra da precedência das remoções às nomeações, assim como os demais preceitos legais e
      infralegais atinentes à movimentação de servidores;
      II – RECOMENDAR, nos termos do artigo 6°, inciso XX, da Lei Complementar
      75/93, ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que não suspenda ou cancele o
      certame regido pelo Edital MAPA n.º 1/14, a fim de resguardar os recursos públicos despendidos,
      Avenida André Araújo, 358, Bairro Aleixo, CEP: 69.060-000, Manaus -AM
      Tel./Fax : (92) 2129-4700 E-mail : oficiocivel6@pram.mpf.gov.br
      MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
      Procuradoria da República no Estado do Amazonas
      garantir a ordem administrativa, o preenchimento de cargos vagos, preservar a justa expectativa dos
      candidatos inscritos e respeitar a legislação eleitoral, sem embargo de eventuais
      alterações/retificações do Edital que a Administração entenda necessária, a fim de compatibilizar o
      direito dos servidores públicos e dos cidadãos inscritos no concurso público.
      III – FIXAR o prazo de 15 (quinze) dias para que esta Procuradoria da
      República seja informada do acolhimento desta Recomendação e as providências adotadas no sentido
      de fazê-la cumprida, juntando-se cópia da documentação pertinente.
      EFICÁCIA DA RECOMENDAÇÃO: A ciência da presente recomendação
      constitui em mora o(s) destinatário(s). O não atendimento das providências apontadas ensejará a
      responsabilização do MAPA e dos servidores diretamente envolvidos no fato, sujeitando-os às
      consequentes medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.
      A presente recomendação não esgota a atuação do Ministério Público Federal
      sobre o tema, não excluindo futuras recomendações ou outras iniciativas com relação à(s) pessoa(s)
      indicada(s) ou outros cuja atuação seja pertinente ao seu objeto.
      Comunique-se. Cumpra-se.
      Manaus (AM), 04 de abril de 2014.
      ALEXANDRE JABUR
      Procurador da República
      Avenida André Araújo, 358, Bairro Aleixo, CEP: 69.060-000, Manaus -AM
      Tel./Fax : (92) 2129-4700 E-mail : oficiocivel6@pram.mpf.gov.br

      • Boa contribuição.
        Pela resposta da CONJUR do MAPA ao MPU, percebe-se que a CONJUR não tem argumentos jurídicos para cassar a liminar. Apenas faz apelos de ordem conjuntural e política que apenas deixam implícita a falta de competência e planejamento na gestão de seu quadro de pessoal. O MAPA espera que a Justiça se dobre diante da situação conjuntural que ele próprio criou, por falha e omissão.

        Sobre as recomendações do MPU, achei fantasiosas, utópicas e contraditórias. Fruto de um complexo de Dom Quixote de procurador que fica enfurnado dentro de uma sala, sem contato com o mundo real, achando que pode salvar o país a canetadas.
        Nos incontáveis “CONSIDERANDOS” ele reconheceu que a realização de concurso de remoção é necessária e que existe um direito de precedência dos servidores mais antigos. Mas isso não o impediu de recomendar a não suspensão do concurso e a lotação dos aprovados nas vagas remanescentes. Será que ele não se lembrou de que o quadro de vagas por unidade de lotação irá mudar completamente após o concurso de remoção? Como é que fica a opção de lotação já feita pelos inscritos? Seria desconsiderada?
        Caso ele não tenha pensado num absurdo desses, então ele está supondo que os novos nomeados irão ocupar as vagas já antes oferecidas (e igualmente já preenchidas pelos removidos), o que seria absurdo do ponto de vista da otimização da força de trabalho, com incalculável prejuízo financeiro e funcional para o MAPA.
        Além disso, ele recomenda que o MAPA não cancele ou suspenda o concurso, quando essa iniciativa está sendo impetrada pela Justiça e independe da vontade do MAPA. Ele deveria recomendar que o MAPA não permitisse a suspensão, ou tentasse revertê-la judicialmente.

        Na falta de ideias sobre a melhor solução para o impasse, ele simplesmente joga a peteca para o MAPA, dizendo “faça, não quero saber como”. Vejam isso:

        “…preservar a justa expectativa dos candidatos inscritos e respeitar a legislação eleitoral, sem embargo de eventuais alterações/retificações do Edital que a Administração entenda necessária, a fim de compatibilizar o direito dos servidores públicos e dos cidadãos inscritos no concurso público.”

  11. gostarua de saber se abrirão de novos as incrições?

  12. e ai ninguem sabe me informar o numero do processo,

  13. Nossa que faltq de organizaçao por parte do mapa!! Estudei demais pra isso

  14. Temos que pensar: Existem concursos que a lotação depende da classificação do candidato. Neste caso, o local independe da vontade do aprovado. Outros, como é o caso do MAPA, a escolha da lotação é feita já no momento da inscrição. Portanto, os locais indesejados são uma escolha e não uma imposição para o emprego. Não quero julgar os candidatos quanto ao motivo da remoção mas, para mim está claro que escolheram já no momento da inscrição, seja por motivos pessoais ou “concurseiros”. Este recurso impetrado por meio da liminar, ao meu ver, é uma forma de “forçar a barra” para conseguirem locais privilegiados, que foram preteridos pelos mesmos no momento da inscrição, porquê, naquele momento eram muito concorridos.

    • Caro Ricardo, concordo plenamente contigo. Apenas expressando minha opinião; conheço concurseiros que querem ” o melhor dos mundos”, ou seja, prestam onde a concorrência é menor para depois pedirem remoção do cargo, em busca dos lugares anteriormente “disputados”. O edital é explícito e dá escolha do local de vaga ao candidato no momento da inscrição no certame. Algum passarinho VERDE diz que tal liminar será cassada em breve.

    • Nesse caso, seria recomendável que você lesse a Decisão da juíza. Há vários argumentos e até jurisprudência do STF que garantem ordem de preferência para os servidores já lotados/mais antigos.
      Claro que eles fizeram a opção inicial, mas já estão lá há vários anos e o MAPA sempre negou seus pedidos de remoção alegando que não havia vagas, sendo que agora oferece essas vagas no edital do concurso. A administração tem a prerrogativa de decidir o que considera melhor para o órgão, mas, por princípio, suas decisões precisam ser corretamente motivadas. Nesse caso, ficou patente que as decisões anteriores, de negar a remoção, foram arbitrárias, houve negligência do órgão.

  15. Vou continuar estudando ,pois ja paguei o curso aqui da aprova concursos ,me avisem se vai sair a prova ou se vão devolver dinheiro o que eles vão fazer .Obrigada

  16. Quero reaver o valor da inscrição, pois não tenho o interesse de fazer o concurso em outra data.
    Como faço para reaver?

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá Inácio,
      Sugerimos que aguarde, pois deve sair nova decisão, uma vez que a União entrou com recurso. Não há definição que a prova será em outra data.
      Abs

  17. Gente também é muita falta de organização desta Consulplan, meu marido é deficiente e só abriram 6 vagas em cidades diversas fiz a inscrição em uma delas que ficou com o número mais alto de concorrentes deficientes e outros conseguiram fazer em cidades onde não haviam vagas e liguei na organizadora para entender e fui informada que estes deficientes vão ficar no cadastro reserva de “deficientes” no local onde foram inscritos sendo que não existe cadastro reserva no edital… Gostaria de saber se isto é possível não sendo previsto no edital porque Brasília como todos sabem é o local onde mais requisita profissionais mais como não tinha vaga não o inscrevi.. Agora tem apenas 3 inscritos… caso chamem é muito injusto.. é muita bagunça por parte do MAPA e da organizadora… o que posso fazer???

  18. bom as vagas saem por interesse da administração, não tem nada ver cancelar o conc. sou mlitar da fab, muitos tentam transferencia e todos os anos chegam novos militares concursados para localidades de interesse . po fala serio, `´azar é do goleiro´´ como se diz

    • O problema é que sua experiência numa organização militar não serve como parâmetro para uma administração civil. Vocês possuem Leis e regras próprias. O modelo administrativo de vocês é muito mais rígido e hierárquico de modo que, quem está embaixo, não apita nada, só obedece. Não tem como comparar…

  19. Maíze Silva diz:

    Amigos, consta que devido à suspenção, a provável data para a prova seja por volta de novembro. Confere esta informação?

  20. Maíze Silva diz:

    Suspensão*

  21. Sacanagem é o cara prestar pro Amazónas só porque ninguém quer ir pra lá, ou seja, a concorrência é mais baixa lá, consequentemente mais fácil de passar. Posso até estar errado em pensar q esse é o caso dos 8 FF, mas tenho quase certeza que sim. “Ahh mas o servidor tem direito à remoção”, com certeza tem sim, mas imagine q são 8 de uma vez, ta na cara q esse pessoal deslocou para lá só para conseguir a vaga e depois retornar para sua região(visto que em casos de real necessidade previstos pela lei, a remoção é obrigatoriamente feita. Ou seja, mesmo se n houver alguem para suprir a vaga q ficara em deficit de imediato, o servidor tem q ser removido). Mas a brecha da lei permite né, famoso “jeitinho brasileiro”. Nesse caso a região n será prejudicada por mt tempo por causa do concurso, mas conheço pessoas q passaram em concurso para cidade pequenas(concorrência bem menor, ninguém quer ficar em um lugar isolado) e pouquissimo tempo depois, conseguiram a remoção com auxilio político. Se teve concurso para aquela área é porque existia um déficit lá. Ai o malandro passa e some de lá, deixando a região com deficit novamente, acarretando problemas não só para a administração da região como tb para a população. Imagine uma área da saúde, médico, enfermeiro, farmaceutico…isso tem impacto forte na população. Agora pergunta se o servidor se importa com isso, claro que não. Brasil é um país mt engraçado, a população sabe da corrupção dos políticos, vive criticando, mas o fato é q se estivessem lá não fariam diferente(lógico q n são todos, mas a maioria sim).

    • Perfeito, é isso mesmo que rola…Se inscrevem pra pegar a vaga menos concorrida depois do probatório querem voltar pra cada e a SFA/AM que se dane…Deviam regionalizar as provas, a discursiva deveria ser sobre temas da realidade da região e dificultar ao máximo esta remoção, assim, faz a prova e fica nos lugares mais remotos quem realmente já é da região ou faz a prova ciente que vai ter que viver lá…ponto.

      • Concordo plenamente. Essa estrategia é bem comum. Todo mundo conhece. Ta na hora de acabar com essa malandragem. Quer prestar a prova no amazonas? ok. Mas tenha claro que vai morar, conviver com a cultura de lá. Alias, isso é de se esperar, visto que é requisito pra pra um bom desempenho: conhecer a realidade local. Não quer? então presta a prova no local onde mora. Ponto final.

    • Antônio Fagiano diz:

      E se vocês não sabem, existem casos de pessoas que não são deficientes e ocupam as poucas vagas destinadas para quem realmente os são. Conheço um que para entrar usava um óculos fundo de garrafa e andava tropeçando em tudo. Hoje dirige melhor que “rubinho pé de chinelo”, inclusive viatura oficial.

  22. Obrigado pelas informações aprova concursos!

  23. Olá,
    Gostaria de saber qual o prazo que a banca tem para avisar sobre a mudança de datas.
    Quando ocorre suspensão muda-se a data apenas ou reabre o concurso novamente?
    Qual a probabilidade de não ter a prova em maio? Embora estudando muito, acredito que quanto mais tempo, melhor.

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá, Isabella!
      O concurso pode tanto tonar a correr conforme o primeiro cronograma como pode ser adiado até que se resolva a questão da lotação dos oito fiscais federais agropecuários.
      Abs!

  24. É CLARO QUE QUERÍAMOS O CONCURSO ACONTECENDO DENTRO DA PROGRAMAÇÃO DA ORGANIZADORA, NO ENTANTO SENHORES, OS FISCAIS QUE DESEJAREM SER REDISTRIBUÍDOS TEM O TOTAL DIREITO DE ESCOLHEREM PARA ONDE QUEREM IR (DENTRO DAS VAGAS OFERECIDAS PELO CONCURSO). GERALMENTE HÁ UMA TROCA ENTRE OS FISCAIS DE UNIDADES DIFERENTES, CONTUDO, SE NINGUÉM POR EXEMPLO QUISER IR PARA O ESTADO DO AMAZONAS, REMANEJAM-SE ESTES QUE QUEREM SAIR DO AMAZONAS PARA AS VAGAS OFERECIDAS PELO CONCURSO E TERÍAMOS MAIOR NÚMERO DE VAGAS NO CONCURSO OFERECIDAS PARA O ESTADO DO AMAZONAS.

  25. quem está estudando para técnico em laboratório- Recife?

  26. Não é justo suspenderem o concurso para todos os cargos. Há possibilidade de a justiça determinar que os candidatos aos cargos não-reclamados façam prova dia 4? Se esses servidores querem essas vagas, eles que venham disputá-las no concurso, então!

  27. Aprova, nos mantenham informados, já nao basta a ansiedade sobre o concurso, agora mais isto?, é pacaba!

  28. Vanessa da Silva Gonçalves fabrete diz:

    Olá a todos,
    eu penso que se está previsto em lei que os profissionais já em exercício tenham direito de solicitar remanejamento para locais onde haja vaga,os fiscais estão mais que certos.Para quem pensa que eles escolheram o Amazonas só porque a concorrência é menor era um direito deles.Eu por exemplo escolhi para o cargo de Agente de Inspeção a cidadezinha de Afogados do Ingazeira achando que a concorrência seria pequena,por se tratar de uma cidade de interior e pequena e que por sinal tinha mais vagas.Acontece que me dei mal,rsrsrs. São mais de 2.200 candidatos X vaga.Fazer o quê né?Mesmo assim vou fazer a prova e se eu passar,quando eu tiver o direito também vou tentar ser remanejada para mais perto de onde moro atualmente.

    Espero que o concurso seja realmente adiado para poder estudar mais.Só o que me deixa angustiada é não ter certeza ainda se será ou não adiado e para quando.

  29. Haroldo Porto diz:

    Diego Maia, vc está certo em partes: quando há solicitação de transferência de um lugar para outro, há a necessidade desse lugar estar vago, porém o local onde vai desocupar não há a necessidade de ser preenchido por outro fiscal naquele momento, pois este lugar que vagou entra na lista para ser preenchido pelo concurso… por isso, se houver realocação interna, o edital de vagas pode ser revisto, e consequentemente a relação candidato / vaga, podendo resultar em novas inscrições

  30. Ricardo Pimentel diz:

    CONFIRMADO A NOVA DATA DO CONCURSO!

    Confirmado para dia 05/03/2015 segundo a resolução 173 de 14 de Abril de 2014, oficio 372 artigo 03 publicado a poucos momentos!
    Fazer o que né galera? É só relaxar agora…

  31. Boa tarde. Gostaria de saber qual a situação do concurso. …. obrigada

  32. Eu simplesmente amei esta notícia…Nesta data já terei concluído meu curso de Química e estarei com o Certificado de Conclusão do curso em mãos e também o meu Registro no CRQ. Confiante de que vou passar com a graça de Deus,rsrsrs. Agora é continuar estudando!

    • Estou arrasada, pois fiz inscrição mas não pude ir. Tinha esperança que a data fosse futura assim me prepararia de acordo e também já teria me formado. Agora quando será outra oportunidade. Tô muito triste.

  33. laura arruda diz:

    Pesquisei agora e isso não procede, segundo informação direta do advogado, o processo ainda está em andamento.

  34. E aí pessoal foi ou não suspenso o concurso?

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Cris,
      O concurso está suspenso por determinação de uma liminar sim. Mas a União recorreu da decisão e podemos ter novidades a qualquer momento.
      Abs.

  35. Onde você achou Ricardo? No DOU não achei nada…

  36. Olá,
    Concordo com a Vanessa sobre o direito dos servidores ao remanejamento.
    Sou de Cuiabá, no entanto, moro em SP e não optei por um lugar pela menor concorrência, escolhi Capivari pensando que teria uma concorrência absurda, felizmente, não foi o que aconteceu.
    Escolhi Capivari, pois sou estudante da USP em São Carlos e como pretendo ir pra UNICAMP, a lotação escolhida é mais próxima de Campinas. Se eu passar no concurso, depois da minha formação, pretendo pedir remanejamento para MT, uma vez que toda minha família mora lá e já estou há 6 anos fora de casa. Fico feliz com a suspensão do concurso, desde que o mesmo não seja aplicado ano que vem, uma vez que até tranquei a faculdade para estudar.
    Bom, boa sorte a todos que estão estudando até sair ”sangue dos zóio”. Tenham fé porque número não diz nada, galera pensa que concurso é só sorte, e sabemos que não é bem assim.Tenho dois professores Fiscais do MAPA que dizem que concurso é fé, sorte e muita dedicação. E se sua lotação está muito concorrida, mas você está se preparando, pense: ALGUÉM VAI TER QUE PASSAR. Isso que eu pensava ao prestar vestibular da Fuvest pra engenharia.
    Abraços, fiquem com Deus.

  37. Não existe essa Resolução..
    Isso n passa de estratégia de candidato desesperado só para atrapalhar os outros!!!!!!!!!!!

  38. DIA 05/03/2015 É UMA QUINTA-FEIRA …. LOGO, A DATA ESTÁ INCORRETA OU É MENTIRA

  39. Paulo Vinicius Mendes diz:

    Não procede…..continuem estudando! Abco a todos e boa sorte.

  40. Huarlem Lima diz:

    Ricardo Pimentel, mostre que você não é um idiota, querendo fazer hora com as nossas caras, e poste o a fonte de onde conseguiu esta informação…

  41. Ana Flávia diz:

    Estão CERTÍSSIMOS erm cancelar! Sou concursada, trabalhei numa cidade HORRÍVEL e, quando houve possibilidade, voltei para a minha cidade. Entendo PERFEITAMENTE a situação dos funcionários e tiro o meu chapéu para a justiça! É um direito deles… vamos aguardar posicionamento final e reorganizar nossas agendas! Chega de egoísmo e do jeitinho brasileiro de querer se dar bem em tudo! Pensar no outro é obrigação para um país mais humano e justo!

  42. Ainda nao teve conclusão.

    Ultima movimentação
    Movimentação
    Data Cod Descrição Complemento
    14/04/2014 09:13:42 126 CARGA: RETIRADOS ADVOGADO AUTOR PRAZO 03 DIAS – ADVG:AM00004066 HAROLDO JORGE SANTOS TELEFONE:9988-1881/32368984 QTDE FOLHAS:268
    11/04/2014 15:50:40 178 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA: PUBLICACAO REMETIDA IMPRENSA DESPACHO
    11/04/2014 15:24:14 176 INTIMACAO / NOTIFICACAO PELA IMPRENSA: ORDENADA PUBLICACAO DESPACHO
    11/04/2014 15:17:57 210 PETICAO / OFICIO / DOCUMENTO: JUNTADO(O) UNIAO
    11/04/2014 15:09:41 154 DEVOLVIDOS C/ DESPACHO
    09/04/2014 11:48:48 137 CONCLUSOS PARA DECISAO
    09/04/2014 11:12:19 220 RECURSO EMBARGOS DECLARACAO APRESENTADOS UNIAO
    04/04/2014 09:14:44 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL MANDADO DEVOLVIDO / CUMPRIDO
    01/04/2014 16:08:18 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL MANDADO REMETIDO CENTRAL
    01/04/2014 15:52:37 184 INTIMACAO / NOTIFICACAO POR OFICIAL MANDADO EXPEDIDO UNIÃO

  43. Humberto Cunha diz:

    Prezados colegas,

    Essa informação do nosso colega Ricardo não passa de uma mentira (caso ele não prove a fonte). A suspensão do concurso do MAPA está em primeira instância. Portanto continuem estudando pois o MAPA está recorrendo a fim de que a data da prova não seja alterada. Concordo que a administração da condução desse concurso é vergonhosa e que as vagas abertas foram pouquíssimas, no entanto, o concurso está aí. E se quiserem saber minha sincera opinião, essa data permanecerá. Portanto dia 04 de Maio será o “dia D”. Bons estudos.

  44. Beijinho no ombro =*

  45. Vanessa da Silva Gonçalves Fabrete diz:

    Eu também pesquisei na internet e não achei nada de resolução.Eu achei que este blog era de pessoas sérias e comprometidas,mas acho que tem pessoas que gostam de atrapalhar o andamento das coisas.Concordo com a Nair,deve ser só pra fazer a gente parar de estudar.Eu bem que fiquei feliz por um tempo.Pra mim seria muito bom se adiasse.Outra coisa que também olhei e me fez ter mais certeza que é TROTE é a data da prova em plena 5ª feira.Eu até pensei inicialmente que o nosso colega de concurso tinha se enganado e a data seria dia 05/04/15 que é no domingo.Fazer o quê né galera,o caso é continuar estudando até o último minuto ou até que tenhamos informações de fontes confiáveis…

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Vanessa,
      O comentário sobre uma nova data de prova partiu de um internauta. O Blog Aprova Concursos informou a notícia e está informando que a decisão da Justiça pode ser revertida a qualquer momento e orienta que os candidatos aguardem e continuem seus estudos.
      Abs.

      • Vanessa da Silva Gonçalves fabrete diz:

        Sim,eu sei.O aprova não tem nada a ver com isso e por isso disse que devemos continuar estudando e aguardar informações de fontes confiáveis,como as disponibilizadas pelo aprova…

      • Blog Aprova Concursos diz:

        Vanessa,
        Fique de olho aqui no blog. Pois assim que tivermos novas informações que sejam confiáveis, nós divulgaremos por aqui – como sempre fazemos.
        E a escolha mais sensata neste momento é a que você tomou: continuar estudando! Pois, infelizmente, essa confusão pode fazer os concurseiros perderem o foco: que é se preparar para a prova.
        Abs!

  46. Tá na cara que é mentira essa nova data minha gente … olhem no calendário e vcs irão ver que a data cai em dia de semana … coisa de algum borra cueca que não tem o que fazer …

  47. Acho que Bresser-Pereira não contava com a leva de decorebas que estaria por vir… Kkkkkkkkkk

  48. Como faço. Pra saber o n de inscritos por região?

  49. Essa indecisão atrapalha muito os andamentos dos estudos!ou seja causa falta de confiança!

    • Concordo! Acabou me atrapalhando muito, ia até adquirir um curso para estudar bastante, relaxei achando que ficaria para depois das eleições mas dancei, resolvi nem tentar apesar de ter feito a inscrição e ainda tive um impedimento familiar, minha mãe idosa está muito doente, acho que não resta muito tempo, tô mal de todas as formas, triste, angustiada e me sentindo incompetente, tô sem cabeça pra nada, só quero chorar, esperei tanto este concurso, quando disseram que seria adiado fiquei tão aliviada, pois teria tempo suficiente para estudar e cuidar de minha mãe. Mas se foi o meu sonho de anos. Tchau Geraldo Abraço e sorte para vc.

  50. Diante de todo esse imbróglio e sendo 2014 um ano de eleições, quais seriam as restrições referente aos prazos e a validade do concurso?

  51. Paula Thays diz:

    E quanto ao valor da inscricao q pagamos, como sera devolviido???

  52. Até o momento nos resta estudar e aguardar para o dia 4!
    Incrível como o site da organizadora não informa nada a respeito do assunto.

  53. Gostaria de um esclarecimento do Aprova Concursos com relação ao conteúdo das publicações neste blog. Todas passam por um mediador antes de serem publicadas, certo? Deveriam ser barradas publicações com conteúdo tão duvidoso e com grande impacto, como a de mudança da data. Gostaria de saber se o site irá tomar alguma medida com relação ao usuário que publicou a informação falsa. Seria interessante excluí-lo, ou alertar a todos os participantes que nada que é lido aqui pode ser considerado, uma vez que a postagem de mentiras é livre, sem nenhuma censura.

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá, Luciana!
      O espaço de comentários é um espaço do leitor do blog. A moderação existe para evitar spans, comentários agressivos de um usuário com o outro, e para que possamos verificar e responder às dúvidas enviadas.

      Já, as publicações do blog configuram-se com as notícias que são postadas pela equipe do Aprova Concursos.
      Abs.

  54. Obrigada pela resposta! Agora é retomar os estudos!

  55. Vamos seguir em frente e arrasar nos estudos.. Boa sorte para nós!!

  56. marinilza porto sampaio diz:

    Bom dia!
    Fiz a inscrição para dois cargos previstos no edital. Minha pergunta é; como saberemos o dia em as provas vão acontecer e caso não aconteçam, como e quando seremos ressarcidos dos valores pagos. Agora é de praxe que em todos os concursos aconteçam coisas desse tipo, a prova sequer foi aplicada e a briga na justiça já começou. Gostaria de uma resposta clara e direta, onde é aplicado o faturamento da indústria dos concursos. Deixo aqui meu protesto e indignação pela falta de seriedade nesse país.

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá, Marinilza!
      O concurso ainda não foi cancelado e as datas não foram alteradas. Caso isso ocorra, os candidatos terão direito ao ressarcimento da taxa de inscrição. E o órgão e a organizadora divulgarão como será feito o ressarcimento. Porém, nada disto está certo ainda…
      O mais sensato neste momento é não parar de estudar e de se preparar para a prova.
      Abs.

  57. Provavelmente será cancelado o concurso e terá nova data! Agora, aproveitem e estudem, pois a nota de corte será alta, em torno de 80, quem tirar menos que isso é Bye Bye Babe!!!

  58. Douglas Andreas Kinas diz:

    Bom dia, se for adiada a prova, a data de expiração do curso do aprova o seja os dias que restam, será prolongado….

  59. Acredito que os rapazes que falaram da data e da suposta nota de corte deveriam jogar na loteria, uma vez que estão desperdiçando seus ”poderes adivinhatórios” ao fazer o concurso.

  60. O concurso foi suspenso para todos os cargos?

  61. Boa tarde

    Sera que em duas semana ira sair o resultado para saber se vai ter mesmo o concurso no dia 04/05 ou se será adiado ou cancelado o mesmo?

    Grato

  62. Será que se ocorrer o cancelamento do concurso eles, ao realizarem novo concurso vão reabrir novas inscrições?

  63. Bom dia

    Este comunicado é verdadeiro

    concurso MAPA oficialmente suspenso !!
    CONCURSO OFICIALMENTE SUSPENSO!!!!
    SECRETARIA EXECUTIVA
    DESPACHO DO SECRETÁRIO EXECUTIVO
    Em 15 de abril de 2014
    Processo 70010.000310.2014-02.
    No- 357 – Atendendo à Decisão exarada nos autos da Ação Ordinária
    nº 0002331-02.2014.4.01.3200 pela MM Juíza da 3ª Vara da Seção
    Judiciária do Estado do Amazonas, suspendo o concurso público para
    provimento de vagas para as carreiras de Fiscal Federal Agropecuário;
    de Atividades Técnicas de Fiscalização; e do Plano Geral de
    Cargos do Poder Executivo – PGPE, do quadro de pessoal deste
    Ministério, divulgado por meio do Edital nº 01, de 20 de janeiro de
    2014, publicado no Diário Oficial da União de 21 subsequente, Seção
    3, páginas 07 a 20, até decisão judicial em sentido contrário.
    JOSÉ GERARDO FONTELLES

    No meu caso que era para Agente Administrativo esta incluso também?

    Grato

  64. SECRETARIA EXECUTIVA
    DESPACHO DO SECRETÁRIO EXECUTIVO
    Em 15 de abril de 2014
    Processo 70010.000310.2014-02.
    N 357 – Atendendo à Decisão exarada nos autos da Ação Ordinária nº 0002331-02.2014.4.01.3200 pela MM Juíza da 3ª Vara da Seção Judiciária do Estado do Amazonas, suspendo o concurso público para provimento de vagas para as carreiras de Fiscal Federal Agropecuário; de Atividades Técnicas de Fiscalização; e do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – PGPE, do quadro de pessoal deste Ministério, divulgado por meio do Edital nº 01, de 20 de janeiro de 2014, publicado no Diário Oficial da União de 21 subsequente, Seção 3, páginas 07 a 20, até decisão judicial em sentido contrário.
    JOSÉ GERARDO FONTELLES

  65. Mapa fará concurso de remoção de servidores
    Medida visa reverter ação judicial que suspendeu certame da pasta

    http://www.agricultura.gov.br/comunicacao/noticias/2014/04/mapa-fara-concurso-de-remocao-de-servidores

  66. Não precisa ser desmotivadora uma notícia como essa! Se por um acaso o concurso não for realizado no dia 4, vejamos isso pelo lado bom: o de termos mais tempo de estudo, revisão, resolução de provas!!!

  67. Henrique Foscarini diz:
  68. Novidade quente pessoal,

    Minha mãe é funcionária pública federal do MAPA, e me ligou hoje pela manhã me informando que foi publicado
    no DOU o concurso de remoção do MAPA, e que os candidatos inscritos no certame não serão prejudicados, o MAPA, agora, espera a reversão da liminar da 3ª Vara Federal do Amazonas, logo, acho que vamos ter o concurso na data prevista. Mesmo assim acho que houve prejuízo aos candidatos, causando ansiedade e por consequência atrapalhando os estudos.

    Abs.

  69. Olá, alguma novidade sobre o concurso?? No site da organizadora não há nenhuma notícia.

  70. Ou seja, o concurso continuará suspenso e as provas, certamente serão realizadas após ou durante o mês de novembro deste ano não é ?! O que vcs acham Blog Aprova Concursos ?? E outra pergunta, vcs continuarão com cursinhos on line para este concurso do MAPA ?? Se sim, penso seriamente em fazer e aproveitar o novo tempo antes da realização do mesmo … rsrs

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá Belzinha,
      Não temos como prever uma decisão de Justiça, temos é que aguardar e verificar o que será definido. O curso continua normalmente.
      Abs.

  71. Olá, Blog Aprova Concursos!

    Mas e quanto aos candidatos que já escolheram o local de lotação no ato da inscrição.
    Será que o concurso será realizado? Tendo em vista, que, ao realizar o concurso de remoção, as vagas que antes estavam disponíveis, agora serão destinadas a servidores que desejem a remoção. Essa é minha dúvida, será que o concurso vai ter andamento com as mesmas vagas previstas no edital?

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá Júnior,
      Ainda não temos certeza. Devemos aguardar a decisão da Justiça e pronunciamento da organizadora do concurso.
      Abs.

      • ”Segundo o texto publicado no DOU, serão beneficiados os servidores ocupantes de cargos efetivos de Fiscal Federal Agropecuário, Agente de Atividades Agropecuárias, Agente de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal, Técnico de Laboratório, Auxiliar de Laboratório, Administrador, Agente Administrativo, Bibliotecário, Contador, Economista, Engenheiro, Geógrafo, Psicólogo e Técnico de Contabilidade, contemplando igual quantidade e as mesmas localidades referidas no Edital nº 1, de 21 de janeiro de 2014, sem prejuízo dos candidatos já inscritos no certame público que trata esse edital.”

    • Junior, pelo que entendi não haverá prejuízo aos candidatos já inscritos, portanto não vai haver mudança no quadro de vagas: “contemplando igual quantidade e as mesmas localidades referidas no Edital nº 1, de 21 de janeiro de 2014, sem prejuízo dos candidatos já inscritos no certame público que trata esse edital.”

  72. Oi pessoal,mas quando será que teremos a confirmação se o concurso será ou não dia 04/05?

    Att,

  73. como assim? cancelar o concurso? que dia vai sair a decisão?

  74. Sandro Bustamante dos Santos diz:

    … parabéns ao blog Aprova Concurso, por prestar as informações adequadas, até o presente momento.

  75. O concurso de remoção foi aberto com possibilidade para remoção das mesmas vagas que foram disponibilizadas pelo edital do concurso. Ou seja, em primeiro lugar os servidores do MAPA terão direito às vagas do concurso, o que muda completamente o quadro de vagas. Quem está imaginando que o edital vai permanecer igual, está fora da realidade. Para mim, é lógico que o edital terá de ser modificado e, consequentemente, a data das provas. Acordem, crianças!

    • Se você interpretar a informação e ler corretamente a reportagem no site do MAPA, lá diz que não haverá prejuízo para os candidatos inscritos no concurso em relação ao quadro de vagas, ou seja, o MAPA, vai ter que dar um jeito de manter isso.

      • Cristhian, isso não existe. Não tem essa de “dar um jeito nisso”. As vagas existentes são aquelas até sejam criadas por normativas e autorizações superiores. No momento que forem ocupadas, passam a não estar mais disponíveis. Serviço público tem normas. Se quer fazer parte dele, vai se acostumando, não tem jeitinho.

      • Flávio, tenho que concordar que faz muito sentido, a única coisa que estou “tentando” acreditar é no BOM SENSO, por parte do MAPA, que garantiu não haver prejuízo para os inscritos no concurso, ou seja, espero pelo menos, que sejam criadas novas vagas e não haja prejuízo para nós e nem para os atuais funcionários.

      • Cristhian, não espere bom senso nessa situação. Na verdade, eu já sou fiscal do MAPA e vejo que o pessoal inscrito no concurso infelizmente já está sendo prejudicado. Imagina a insegurança de quem nem sabe se a prova vai acontecer (isso eu acho o maior absurdo). Tem gente que vai fazer a prova bem longe e precisa providenciar passagens e hospedagem. Por outro lado, pense no servidor que está em lugar que não é legal pra ele, sem chance de remoção. Para mim é uma grande injustiça com os candidatos e com os servidores. Tenha paciência e siga em frente. Boa sorte!

      • Flavio, concordo em gênero, número e grau com o que disseste. A verdade é que esta situação já virou uma palhaçada e do jeito que está, a maneira mais “sensata” de proceder seria com a suspensão, redistribuição das vagas e aí sim a realização das provas, mas em se tratando de orgão público, não sei mais o que esperar.
        Agora, a título de curiosidade, você é fiscal agrônomo? Estou prestando para este cargo.
        Obrigado pelos esclarecimentos.

  76. Vanessa da Silva Gonçalves fabrete diz:

    Oi Flávio,eu também penso assim.E tenho torcido muito para que o concurso só ocorra depois de julho.

  77. Maria Antonia Gomes de Araújo diz:

    Enquanto isso. Estudaremos! Vamos torce para que o MAPA resolva logo essa situação. BOM, mais tempo terei para estudar.

  78. Vanessa da Silva Gonçalves fabrete diz:

    Obrigada,Flávio.Que Deus te ouça e possamos ver nossos nomes lá,rsrsrs. Independentemente do resultado o que não vale é desistir dos objetivos,pois quando tiver que ser da gente será!

  79. Boa tarde,

    Já tem alguma novidade ??O concurso será realizado dia 4 de maio mesmo ?

  80. Vanessa da Silva Gonçalves fabrete diz:

    Boa tarde a todos,alguém tem sugestões de possíveis temas para a redação para Agente de Inspeção e pro estudo de caso para FFA-Químico?
    Desde já agradeço.

  81. Humberto Cunha diz:

    SAIU HOJE NO SITE DO MAPA. CONCURSO NÃO CANCELADO!

    CONCURSO DO MAPA ESTÁ MANTIDO PARA DIA 04 DE MAIO! QUE BOM QUE NÃO DESISTI DOS MEUS ESTUDOS DURANTE A SUSPENSÃO.

    CONFIRAM NO SITE DO MAPA: http://www.agricultura.gov.br/comunicacao/noticias/2014/04/concurso-do-mapa-esta-mantido-para-o-dia-4-de-maio

    ABRAÇOS E BONS ESTUDOS.

  82. Bom dia pessoal, posso está muito desavisada.
    Mas realmente estou com dificuldades de encontrar os locais exatos de realização das provas.
    vou tetar as provas em BH. Vocês tem notícias?

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Bom dia Christina,
      As informações sobre os locais de prova estarão disponíveis somente nessa segunda-feira, dia 28/04, no site da Consulplan.
      Abs.

  83. boa tarde pessoal…..
    gostaria de saber se aconteçera o concurso ou ele está cancelado………
    pois não encontrei os locais e datas onde serão realizadas………….?

  84. Está confirmado a prova do MAPA no próximo dia 04/05?

  85. fiz este concurso que dia sai o resultado para chamada e onde olha?Pois só tem gabarito.

  86. Osnyr Amaral diz:

    alguem tem noticia de uma possivel nota de corte kkkkkk

  87. Osnyr Amaral diz:

    técnicos em agropecuária

  88. Jessyca Gomes diz:

    Gente, desde 5/05 sem notícias do concurso. Como assim?

  89. Percebi que fui aprovado, mas isto não significa nada ainda não? Também não passarei por prova de “Títulos”. Há que considerar o ranking dos aprovados certo? Para o cargo q escolhi há 50 vagas no DF. Alguém que já tem experiência de concursos anteriores o que sabe dizer sobre a disputa…poderia citar informações que esclareçam mais este assunto de conseguir o tão sonhado emprego público?

Comente

*

Aprova Concursos

Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 Batel - CEP 80730-200 Curitiba - PR Telefone: 0800 606 8889