Gabarito extraoficial do Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade de Bacharel – PARTE II

Confira a segunda parte do gabarito comentado da prova de Bacharel do Exame de Suficência do Conselho Federal de Contabilidade

 

Professora Tatiane Antonovz

26. Uma Sociedade elaborou o orçamento para o ano de 2013 com base em dados históricos do ano de 2012 e com base nas estimativas estabelecidas por seus gestores.

-  Os seguintes dados históricos foram apresentados:

Custo das mercadorias vendidas no ano de 2012 R$1.050.000,00
Estoque médio do ano de 2012    R$175.000,00

-  Dados estimados para o ano de 2013:

Estoque médio R$200.000,00
Fator de multiplicação Markup                 1,80
Tributos incidentes sobre a receita                 20%

 

Considera-se que a empresa estima que o giro do estoque será igual ao de 2012 e que o preço de venda é estabelecido, multiplicando-se o custo estimado da mercadoria. De acordo com o giro do estoque, pelo Markup, o Lucro Bruto orçado para o ano de 2013 será de:

a) R$462.000,00;
b) R$492.800,00;
c) R$528.000,00;
d) R$678.000,00.

Resposta: Resposta não encontrada

27. A fórmula que calcula o índice de liquidez Geral é:

a) Ativo Circulante + Ativo Realizável a Longo Prazo
            Passivo Circulante + Passivo Não Circulante

b)  Ativo Circulante   
Passivo Circulante

c)  Ativo Circulante – Estoques
            Passivo Circulante

d)   Disponibilidades
     Passivo Circulante

Resposta: A
Simples aplicação da fórmula.

28. Uma sociedade empresária contabilizou seus lucros e prejuízos (em milhares de reais) durante os oito primeiros meses do ano de 2012, apresentando esses resultados mensais por meio do gráfico a seguir:

cfc

Com base nos resultados mensais apresentados no gráfico acima, assinale a opção INCORRETA:

a) Nos meses de abril e julho, a sociedade empresária não obteve lucro e nem prejuízo;
b) Nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, a sociedade empresária apurou prejuízos;
c) Nos meses de janeiro, fevereiro, março e agosto, isto é, antes de abril e depois de julho, a sociedade empresária apurou lucro;
d) Nos meses de maio e junho, a sociedade empresária apurou prejuízos.

Resposta: B
Entre janeiro e abril, a sociedade apresentou lucro ou resultado nulo.

 

Professor Guilherme


29.
Uma sociedade aprovou a aquisição da Companhia “A” em sua Assembleia, realizada na forma da Lei nº 6.404/76, e as atas foram disponibilizadas aos acionistas nos termos das normas da Comissão de Valores Mobiliários – CVM. Na referida assembleia, foi aprovada a deliberação sobre a aquisição integral das ações da Companhia “A”, que seria na sequência absorvida, integralmente, pela Sociedade compradora, cumprindo-se todos os procedimentos estabelecidos na Lei Societária.

A operação que se seguiu após a aquisição integral das ações é nominada pela Lei nº 6.404/76 como:

a) Cisão;
b) Fusão;
c) Incorporação;
d) Transformação.

Resposta: B, conforme art. 223, da Lei 6.404/76 e Art. 1.116 do Código Civil – Assunto trabalhado amplamente em aula


Professor Sérgio Karkache

 

30. De acordo com o Código Tributário Nacional, no que diz respeito ao parcelamento de débitos tributários, assinale a opção CORRETA.

a) O parcelamento constitui uma das modalidades de extinção dos créditos tributários prescritas pelo Código Tributário Nacional;
b) O parcelamento constitui uma das modalidades de remissão dos créditos tributários prescritas pelo Código Tributário Nacional;
c) O parcelamento dispensa o cumprimento das obrigações acessórias a partir da data de sua concessão;
d) O parcelamento é uma modalidade de suspensão da exigibilidade do crédito tributário.

Resposta: D

O CTN, no artigo 151 estabelece a lista de hipóteses de suspensão do crédito tributário, sendo uma delas o parcelamento. Trata com mais detalhes desta espécie o artigo 155-A do mesmo Código. A letra C, por sua vez, não é correta, pois segundo o CTN, as hipóteses de suspensão (dentre elas o parcelamento) e de exclusão não dispensam o cumprimento das obrigações acessórias, que são as obrigações impostas pela legislação quanto a declarações, notas fiscais e outras obrigações de fazer (ou de não fazer).
Tratamos desta matéria em nossa aula número 7, e também resolvemos um exercício parecido na revisão de véspera. Se tiver mais dúvidas, consulte novamente nossas aulas.

 

31. Uma Lei Ordinária Municipal, publicada em 1º de setembro de 2013, aumentou:

- à alíquota do Imposto sobre Transmissão de Bens Intervivos – ITBI; e
- o valor venal dos imóveis para fins de cálculo do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU.

De acordo com a legislação tributária, o município poderá cobrar os tributos com base na lei aprovada, em setembro de 2013, a partir de:

a) 1º de janeiro de 2014;
b) 1º de dezembro de 2013;
c) 1º de outubro de 2013;
d) 1º de setembro de 2013.

Resposta: A

A questão trata do PRINCÍPIO DA ANTERIODADE, que vimos no tema LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR (aula 2). No aulão de véspera, resolvemos exercício parecido, porém versando sobre o IPI. A regra é que a majoração deve correr no exercício seguinte ao da publicação, no mínimo noventa dias após. As exceções se encontram, principalmente, na CF, art. 150, §1º, dentre outros.
O ITBI não é exceção. Por isso, se a lei orgânica aumentou, e foi publicada em 1º/09/2013, o aumento pode ser exigido somente a partir de 1/1/2014, pois esta data, ao mesmo tempo:
a) ocorreno exercício seguinte ao da publicação, ou seja, 2014;
b) ocorre mais de noventa dias após à publicação, na verdade, 122 dias.
Já o valor venal do IPTU é situação excepcional, pois neste caso só se aplica a anterioridade de exercício (não é necessário aguardar os noventa dias mínimos entre a publicação e o início da exigência). Todavia, nesta questão, não faz diferença, pois a data também terá que ser 1º de janeiro de 2014, uma vez que as leis que majoram a base de cálculo do IPTU só são exigíveis a partir do primeiro dia do exercício seguinte, independente de ter ou não observado o mínimo de 90 dias.
Por fim, importante lembrar que o valor venal é o nome que se dá à base de cálculo do IPTU, segundo o CTN e conforme mostrei na aula n. 12, onde falamos sobre o IPTU.

Observação: As questões 48 e 49, de interpretação de texto, tem por pano de fundo matéria econômica e tributária. Farei alguns comentários sobre elas, embora oficialmente não integrem a disciplina de DIREITO TRIBUTÁRIO. Por isso, compare meus comentários com o professor(a) responsável por este tópico.

 

Professor Ricardo Alves

 

32. Uma sociedade empresária investirá o valor de R$100.000,00 em um projeto que se espera gerar um retorno de R$400.000,00 ao final de dois anos.

Considerando uma taxa de juros de 3% a.a., o valor presente líquido desse investimento é de:

a) R$266.666,67;
b) R$276.928,93;
c) R$277.038,36;
d) R$282.778,77.

Resposta: C
Resolução
Periodo: 2 anos
Taxa 3 % a.a
VPL = -100.000,00 + 400.000/(1,03)2 = -100.000 + 377.038,36 = 277.038,36

33. Uma sociedade empresária apresentou as seguintes estimativas de vendas de computadores:

Quantidade a ser vendida no mês

Percentual de probabilidade

120 unidades

10%

140 unidades

40%

180 unidades

35%

220 unidades

15%

A quantidade esperada de unidades a serem vendidas no mês é de:

a) 140 unidades;
b) 164 unidades;
c) 165 unidades;
d) 660 unidades.

Aplicando o conceito de valor esperado temos:

V = 10% x 120 + 40% x 140 + 35% x 180 + 15% x 220

V = 12 + 56 + 63 + 33

V = 164 unidades

34. Em 31.12.2012, uma Unidade Geradora de Caixa apresentava as seguintes estimativas a respeito das entradas e saídas de caixa, ao final de cada ano de sua vida útil:

Ano

Entradas

Saídas

Fluxo de Caixa Líquido

2013

R$320.000,00

R$78.000,00

R$242.000,00

2014

R$346.200,00

R$80.000,00

R$266.200,00

2015

R$632.400,00

R$100.000,00

R$532.400,00


Considerando juros compostos de 10% a.a., o valor presente dos fluxos de caixa futuros, em 31.12.2012 era de:

a) R$781.818,18;
b) R$800.461,54;
c) R$840.000,00;
d) R$946.000,00.

Resposta: C
Resolução
TAXA 10% a.a
ATUALIZAR OS VALORES PARA DATA FOCAL 2012
VPL = 242.000/1,1 + 266.200/1,21 + 532.400/1,3310 = 220.000 + 220.000 + 400.000 = 840.000

Professora Tatiane Antonovz

 

35. Com base na Resolução NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL – Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro, julgue os itens sobre Manutenção de Capital como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

  • 1. De acordo com o conceito de capital financeiro, tal como dinheiro investido ou o seu poder de compra investido, o capital é sinônimo de ativos líquidos ou patrimônio líquido da entidade;
  • 2. De acordo com o conceito de manutenção do capital físico, o lucro é considerado auferido somente se a capacidade física produtiva da entidade no fim do período exceder a capacidade física produtiva no início do período, depois de excluídas quaisquer distribuições aos proprietários e seus aportes de capital durante o período.
  • 3.
  • Todas as mudanças de preços, afetando ativos e passivos da entidade, são vistas, no conceito de manutenção de capital físico, como mudanças na mensuração da capacidade financeira da entidade, devendo ser tratadas como lucro.

A sequência CORRETA é:

a)
F, F, V;
b) F, V, F;
c) V, F, V;
d) V, V, F.

Resposta: D
Texto literal do pronunciamento. Não devem ser tratadas como lucro.

 

Questão 36 sem correção

 

36. Para determinar a quantidade de contratos que terão seus cálculos revisados, em um procedimento de auditoria, o auditor utiliza a seguinte fórmula:Onde:n = tamanho da amostra aleatória simples a ser selecionada da população;

Z = abscissa da distribuição normal padrão, fixado um nível de (1 – a)% de  confiança para construção do intervalo de confiança para a média;
a = desvio padrão da população;
N = tamanho da população;
d = erro amostral admitido.

Em relação à quantidade de contratos a serem selecionados para revisão de cálculos, mantidos constantes os valores dos demais componentes da fórmula, é CORRETO afirmar que:

a)quanto maior for o desvio padrão da população e maior for o tamanho da população, menor será a amostra de contratos;
b)quanto maior for o desvio padrão da população, maior será a amostra de contratos;
c)quanto maior for o erro amostral admitido e menor for o desvio padrão da população, maior será a amostra de contratos;
d)quanto menor for o erro amostral admitido, menor será a amostra de contratos;

 

Professora Tatiane Antonovz

37. Ao examinar as demonstrações contábeis do ano de 2012 da Companhia “A”, os auditores verificaram que não foram observadas as determinações e orientações das seguintes normas:

- NBC TG 01 – Redução ao Valor Recuperável de Ativos;
- NBC TG 06 – Operações de Arrendamento Mercantil;
- NBC TG 16 – Estoques; e
- NBC TG 30 – Receitas.

Ao obterem evidência de auditoria apropriada e suficiente, concluíram que as distorções, quando consideradas em conjunto, são relevantes e generalizadas.

Assinale a opção que apresenta o parágrafo de opinião apropriado para a situação descrita.

a)
Em nossa opinião, devido à importância do assunto discutido no parágrafo Base para Opinião Adversa, as demonstrações contáveis não apresentam, adequadamente, a posição patrimonial e financeira da Companhia “A”, em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil;
b) Em nossa opinião, devido à relevância do assunto descrito no parágrafo Base para Abstenção de Opinião, não nos foi possível fundamentar nossa opinião de auditoria. Consequentemente, não expressamos uma opinião sobre as demonstrações contábeis acima referidas;
c) Em nossa opinião, exceto pelos efeitos do assunto descrito no parágrafo Base para opinião com Ressalva, as demonstrações contábeis acima referidas apresentam, adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da Companhia “A”, em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil;
d) Em nossa opinião, exceto pelos efeitos do assunto descrito no Parágrafo de Ênfase, as demonstrações contábeis acima referidas apresentam, adequadamente, a posição patrimonial e financeira da Companhia “A”, em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil.

Resposta: A
Parecer com opinião adversa, pois não forma seguidos 4 normas obrigatórias.


38.
Uma sociedade empresária, com filiais em todo o território brasileiro, contratou uma auditoria externa para levantamento de seus produtos entre as filiais. O procedimento que garante confirmar a quantidade dos produtos existentes em suas filiais será:

a) Circularização;
b) Indagação;
c) Inventário físico;
d) Revisão analítica.

Resposta: D

 

39. De acordo com a NBC TP 01 – Perícia Contábil, o Termo Diligência é:


a)
O instrumento por meio do qual o perito apresenta o seu trabalho pericial através do laudo pericial, que poderá
conter anexos, apêndices e documentos que o profissional julgar necessário;

b) O instrumento por meio do qual o perito apresenta sua proposta de honorários, devidamente fundamentada, ao juízo, podendo conter o orçamento ou este constituir-se em um documento anexo;

c) O instrumento por meio do qual o perito requerer a liberação parcial dos honorários quando julgar necessário para o custeio de despesas durante a realização dos trabalhos;
d) O instrumento por meio do qual o perito solicita documentos, coisas, dados, bem como quaisquer informações necessárias à elaboração do laudo pericial contábil.

Resposta: D


40.
De acordo com a NBC PP 01 – Perito Contábil, relacione os  tipos de impedimentos apresentados na primeira coluna com as situações descritas na segunda coluna e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

1 – Impedimento legal                                                 (   ) Ser herdeiro presuntivo ou donatário de alguma das partes ou dos seus cônjuges;

2 – Impedimento técnico-científico                       (   ) Tiver mantido, nos últimos dois anos, ou mantenha com alguma das                                                                                                      partes ou seus procuradores relação de trabalho como empregado;

3 – Suspeição                                                                   (    ) A matéria em litígio não ser de sua especialidade.

A sequência CORRETA é:

a) 3, 2, 1;
b) 2, 3, 1;
c) 3, 1, 2;
d) 1, 3, 2.

Resposta: C

 

41. A NBC TG 38 – Instrumentos Financeiros: Reconhecimento e Mensuração fundamentada que “se a transferência não resultar em desreconhecimento porque a entidade reteve, substancialmente, todos os riscos e benefícios da propriedade do ativo transferido, a entidade deve continuar a reconhecer o ativo transferido na sua totalidade e deve reconhecer um passivo financeiro na sua totalidade e deve reconhecer um passivo financeiro pela retribuição recebida. Em períodos posteriores, a entidade deve reconhecer qualquer rendimento do ativo transferido e qualquer gasto incorrido como passivo financeiro.”

Essa fundamentação teórica se aplica aos casos de:

a) Depreciação Acumulada;
b) Duplicatas Descontadas;
c) Estoques de Mercadorias;
d) Impostos a Recuperar.

Resposta: B
As duplicatas descontadas podem ou não transferir os direitos integralmente a quem as toma para empréstimo de dinheiro.


42.
de acordo com a ITG 1000 – Modelo Contábil para Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, a afirmação “…tem por objetivo salvaguardar o profissional da Contabilidade no que se refere a sua responsabilidade pela realização da escrituração contábil do período-base encerrado, segregando-a e distinguindo-a das responsabilidades de administração da entidade, sobretudo no que se refere à manutenção dos controles internos e ao acesso às informações.” refere-se a:

a) Carta de Responsabilidade da Administração;
b) Nota Fiscal de Prestação de Serviços;
c) Proposta de Prestação de Serviços de Contabilidade;
d) Termo de Transferência de Responsabilidade Técnica.

Resposta: A
A Carta de Responsabilidade tem por objetivo salvaguardar o profissional da Contabilidade no que se refere a sua responsabilidade pela realização da escrituração contábil do período-base encerrado, segregando-a e distinguindo-a das responsabilidades da administração da entidade, sobretudo no que se refere à manutenção dos controles internos e ao acesso às informações.

 

43. Uma sociedade empresária contratou um seguro anual, em 1º de agosto de 2013, para cobertura de incêndio, avaliado no valor de R$180.000,00, com vigência a partir da assinatura do contrato.

O prêmio cobrado pela seguradora é equivalente a 10% do valor da cobertura e foi pago em 31 de agosto de 2013. O saldo da conta Prêmios de Seguros pagos Antecipadamente, em 31 de dezembro de 2013, de acordo com o princípio da competência, será de:

a) R$7.500,00;
b) R$10.500,00;
c) R$75.000,00;
d) R$105.000,00.

Resposta: B

Prêmio – 18.000 total, ou seja, despesa mensal de 1.500
Despesa com seguro Seguros após 5 meses 7500.
Saldo na Conta 10.500


44.
De acordo com a NBC TG 46 – Mensuração do Valor Justo, assinale a opção INCORRETA.

a) O valor eem uso utilizado no teste de recuperabilidade de um ativo imobilizado desconsidera na sua mensuração o Valor Justo;
b) O valor justo caracteriza-se pelo reconhecimento de perdas estimadas nos estoques avaliados pelo valor realizável líquido;
c) O valor justo é o preço que seria recebido pela venda de um ativo ou que seria pago pela transferência de um passivo em uma transação não forçada entre participantes do mercado na data de mensuração;
d) O valor justo é uma mensuração baseada em mercado.

Resposta: A
Nem sempre é desconsiderado. (PROVISÓRIO)

45. De acordo com a Resolução CFC nº 803/96 – Código de Ética Profissional do Contador e suas alterações, NÃO é norma de conduta a ser observada, obrigatoriamente, pelo profissional da Contabilidade, com relação à classe:

a) acatar as resoluções votadas pela classe contábil, inclusive quanto a honorários profissionais;
b) prestar seu concurso moral, intelectual e material, salvo circunstâncias especiais que justifiquem a sua recusa;
c) valer-se de agenciador de serviços, mediante participação desse nos honorários a receber;
d) zelar pelo prestígio da classe, pela dignidade profissional e pelo aperfeiçoamento de suas instituições.

Resposta: C

 

46. De acordo com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador, julgue as situações hipotéticas abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

1. Um contador adota como estratégia de marketing publicar anúncios em jornal. Nos anúncios, ele faz indicação de títulos, especializações, serviços oferecidos, trabalhos realizados, além da relação dos clientes que autorizavam a publicação de seu nome;

2. Um auditor, atento ao programa de educação continuada, mantém-se atualizado, participando de cursos de extensão, seminários e outros eventos;

3. Um profissional da Contabilidade que atua como consultor tributário orienta os seus clientes a manterem escrituração contábil regular, independentemente do regime tributário escolhido.

Os profissionais citados nas situações acima agiram em conformidade com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador nos itens:

a) I e II, apenas;
b) I e III, apenas;
c) I, II e III;
d) II e III, apenas.

Resposta: C


47.
De acordo com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador, julgue as situações hipotéticas abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

1. Um contador assinou as demonstrações contábeis preparadas por seu primo, recém-formado e ainda não registrado no CRC local por não ter sido aprovado no Exame de Suficiência, cujo trabalho não orientou nem supervisionou;

2. Um perito contador, indicado para atuar em um caso de apuração de haveres, recusou sua indicação por não se achar capacitado para a tarefa requerida;

3. Um técnico em contabilidade, cursando o último ano da graduação em Ciências Contábeis, apresenta-se como contador, e já fez constar esta informação também no seu cartão de visitas e no site da empresa prestadora de serviços contábeis do qual é proprietário.

Agiram em desacordo com o que determina o Código de Ética Profissional do Contador, os profissionais citados nas situações:

a) I e II;
b) I e III;
c) I, II e III;
d) II e III.

Resposta: B
Leia o texto a seguir para responder às próximas perguntas.

 

 Professora Daniela Tatarin

Acabou o imposto invisível

As notas fiscais vão exibir o valor dos tributos pagos na compra de mercadorias e serviços. A mudança vai dar susto em muita gente que se achava livre desses encargos.

As contas pagas pelos brasileiros ficarão, a partir do próximo ano, mais justas. Isso não quer dizer que as pessoas pagarão por produtos e serviços o antigo “preço justo”, um dos conceitos básicos do sistema econômico que precedeu o capitalismo, o mercantilismo, em que o monarca, desconsiderando a lei de oferta e procura, arbitrava um preço fixo ao pão, à cerveja e à carne.

As contas ficarão mais justas no Brasil porque elas vão conter o valor dos impostos pagos pelos consumidores, que, por enquanto, é embutido no preço final das mercadorias e serviços. É o imposto invisível. Isso vai acabar. Depois de mais de vinte anos, o Congresso finalmente regulamentou a lei que obriga à discriminação do valor dos impostos incidentes sobre cada produto e serviço listado nas notas e cupons fiscais. Sancionada pela presidente Dilma Rousseff na semana passada, a obrigatoriedade entra em vigor em junho.

Parte dos 63 impostos, taxas, contribuições e tributos existentes no país é paga diretamente. É o caso, por exemplo, do imposto sobre a propriedade de veículos automotores, o IPVA, e do imposto sobre a propriedade predial e territorial urbana, o IPTU. Mas muitos tributos são cobrados indiretamente. Eles se escondem no preço final. Entre os invisíveis estão o imposto sobre produtos industrializados, o IPI, e o imposto sobre a circulação de mercadorias, o ICMS. As notas trarão o valor estimado de um total de sete desses tributos que antes ficavam invisíveis. [...]

Alguns especialistas em tributação foram contrários à aprovação da lei, pela impossibilidade de calcular exatamente o montante de cada imposto. Os valores exibidos nas notas não serão os efetivamente pagos, mas uma aproximação, sujeita a pequenas distorções. Os defensores da norma reconhecem suas limitações, mas acreditam que ela deverá contribuir para inibir o ímpeto de criação de tributos. A simplificação do sistema tributário brasileiro, que mais uma vez está em fase de discussão entre o governo federal e os estados, é a esperança mais real e imediata para os consumidores.

Bianca Alvarenga. Economia. VEJA. Editora Abril. Ed. 2.300, ano 45, nº 51. 19 de
dezembro de 2012. p. 80-83.

48. O texto permite inferir que:

a) Haverá mais justiça no pagamento de contas pelos brasileiros a partir de 2013;
b) Está prevista a volta do antigo conceito do “preço justo” na discriminação de impostos da nova nota fiscal;
c) O IPVA e o IPTU integram parte dos 63 impostos pagos indiretamente pelos brasileiros;
d) Os impostos pagos diretamente estarão identificados exatamente na nova nota fiscal.

Professora Daniela Tatarin

Resposta: A

Letra B – errada, pois nas linhas 2 e 3 fica clara a informação de que não é a volta do antigo conceito.
Letra C – errada, pois IPVA e IPTU são impostos cujo pagamento é direto.
Letra D – errada, pois os impostos a serem identificados são os indiretos.

Professor Sérgio Karkache

Resposta: A

A assertiva está dita nas linhas 1 e 2 do texto. Os demais itens são incorretos, por dizerem o contrário do afirmado pelo texto. O IPVA e o IPTU são tributos diretos, e não indiretos, sendo que a nova lei manda discriminar os impostos indiretos (como o ICMS, o ISS, etc.).

49. Com base no texto, identifique o item INCORRETO.

a) O capitalismo sucedeu o sistema econômico mercantilista;
b) O “preço justo” era o preço fixo arbitrado pelo monarca, desconsiderando a lei da oferta e da procura dos produtos;
c) Impostos como o ICMS e o IPI estão embutidos hoje no valor final dos serviços e das mercadorias;
d) A presidenta da República  regulamentou a lei que obriga a supressão dos impostos invisíveis que o Congresso sancionou.

Professora Daniela Datarin

Resposta: A.

Foi o mercantilismo que precedeu algo.

Professor: Sérgio Karkache

Resposta: D

A lei obriga à discriminação do valor dos impostos incidentes sobre cada produto e serviço listado nas notas e cupons fiscais e não a supressão deles. Supressão entende-se como o fim da cobrança destes impostos. Eles continuarão sendo exigidos, só que de forma transparente ao cidadão e consumidor.

50. Julgue os itens referentes à descrição gramatical, identificando-os como CERTOS ou ERRADOS.

  • 1. Na linha 1, empregam-se vírgulas para indicar o deslocamento por intercalação de um termo na chamada ordem direta da oração;
    2.
  • O emprego de “porque”, na linha 6, indica a relação de causa e efeito entre, respectivamente, os enunciados consequente e antecedente;
    3.
  • Na linha 9, o emprego do acento grave indicativo de crase é facultativo, pois sua ausência não implica alteração do sentido do enunciado;
    4.
  • Na linha 17, flexiona-se a forma “estão” na 3ª pessoa do plural por causa da concordância com o sujeito composto.

O resultado é:

a) E, C, C, E;
b) C, E, C, C;
c) C, C, E, C;
d) E, E, C, C.

Professora Daniela Tatarin

Resposta: C
Apenas a afirmação III está errada. O uso do acento grave, neste caso, não é opcional e retirá-lo implica alteração de sentido.

 

CFC

Comentários

  1. Vitor Hugo Garcia de Souza diz:

    Muito Legal. A propósito esta ai a resposta da 26:

    Resposta Questão 26:

    Giro dos estoques (mesmo que o anterior) = Custo R$ 1.050.000,00
    Estimativa de preço de vendas (MKP 1,8) = 1.050.000,00 x 1,8 = 1.890.000,00

    Receitas = 1.890.000,00
    (-) Impostos = 1.890.000,00 x 20% = 378.000,00
    (=) Lucro Operacional Bruto = 1.512.000,00
    (-) CMV = 1.050.000,00
    (=) Lucro Operacional Líquido (Lucro Líquido) = 462.000,00

    Resposta = Letra A

    • mas no caso dessa questao esta perguntando o lucro bruto

      • Só foi um equivoco do nosso colega lucro bruto é Receita liquida – CMV a resposta está correta letra A

    • Eduardo Alves Filho diz:

      Custo das mercadorias vendidas no ano de 2012 R$1.050.000,00
      Estoque médio do ano de 2012 R$175.000,00

      1.050.000,00/175.000,00 = 6

      ele pede dados estimados para 2013

      200.000,00 x 6 = 1.200.000,00
      1.200.000,00 x markup de 1,80 = 2.160.000,00 essa seria a receita

      = receitas = 2.160.000,00
      - impostos = (432.000,00) seria os 20% da receita
      = Lucro Bruto=1.728.000,00 ( Lucro Bruto orçado para o ano de 2013 será de) essa seria resposta. mas…..
      - CMV = ( 1.200.000,00)
      =Lucro Liquido = 528.000,00 seria a resposta (C)

      Portanto ao meu entender o lucro bruto seria de 1.728.000,00, mas essa questão merce ser anulada
      em todos os casos como tem a resposta que achamos entao seria a (C)

  2. Vitor Hugo Garcia de Souza diz:

    O Lucro Operacional Líquido também pode ser chamado de Lucro Bruto. E se não houver mais deduções Lucro Líquido (que é diferente de Lucro Operacional Líquido).

  3. Vitor Hugo Garcia de Souza diz:

    32 –

    R$ 277.038,36 + R$ 100.000,00 = R$ 377.038,36

    R$ 377.038,36 x 3% = R$ 11.311,15 (1º ano)
    R$ 377.038,36 + 11.311,15 = R$ 388.349,51 x 3% = R$ 11.650,49.
    R$ 388.349,51 + R$ 11.650,49 = R$ 400.000,00

    Resposta: Letra C (277.038,36)

    • Eduardo Alves Filho diz:

      No meu entendimento teria que fazer um fluxo de caixa conforme segue:

      0 400.000
      3%a.a _________________I______________I
      I 1 2
      100.0000

      com esse fluxo montado, basta colocar na HP
      100.000,00, CHS, g, CFo
      0,00 , g, CFj
      400.000,00 , g, CFj
      3 , i
      f, NPV

      o resultado sera os 277.038,36 ALTERNATIVA (C)

      eu coloquei 0,00 no primeiro periodo, para a HP entender que no primeiro ano eu nao tive nenhum retorno do meu investimento.

      isso evita ficar fazendo contas de somar e multiplicar.

      • Eduardo Alves Filho diz:

        desculpe, mas nao da pra fazer um fluxo de caixa legal. Mas no primeiro pausinho coloquem o 0 e debaixo dele é o 1 que significa o primeiro ano, no 2 que seria o final coloquem o 400.000,00 e embaixo seria o 2 seria o segundo ano.
        Após isso basta colocar na calculadora.

    • Eduardo Alves Filho diz:

      No meu entendimento teria que fazer um fluxo de caixa , com esse fluxo montado, basta colocar na HP

      100.000,00, CHS, g, CFo
      0,00 , g, CFj
      400.000,00 , g, CFj
      3 , i
      f, NPV

      o resultado sera os 277.038,36 ALTERNATIVA (C)

    • 32. Questão:
      Dados da questão (para resolução em HP)
      Valor futuro (FV) = R$ 400.000,00
      Prazo (n) = 2 anos
      Taxa (i) = 3% aa
      Valor investido = R$ 100.000,00
      Valor pres. do investimento (VPI) = ?????

      400.000(FV) 2(n) 3(i) (PV)
      -377.038,36(CHS) 100.000,00(ref. ao valor investido)
      277.038,36

      Resultado R$ 277.038,36 (Letra C)

  4. A questão 49, a presidente sancionou quem regulamentou foi o congresso. Se o mercantilismo precedeu o capitalismo, então o capitalismo sucedeu o mercantilismo.

    • Concordo. . Foi exatamente esse meu raciocínio na hora de responder a questão.

      • Clemildo Demétrio Arçari diz:

        Questão 49 do 2º exame de CRC/2013 para Contador.Pessoal, e alternativa “C” . Você já viu IPI sobre serviços????Eu não aprendi assim e ninguém. A questão pede para assinalar a resposta INCORRETA. Se não for a alternativa “C”, o mínimo que tem que ser é anulada esta questão.

  5. Eu discordo da resposta da questão 49 a resp. É D, O congresso regulamentou e a presidenta sancionou e não ao contrário.

    • Kássia Leite diz:

      Concordo com você Renata, o texto diz que o congresso regulamentou e a presidenta quem sancionou!

      • Concordo com vocês. No texto isso esta bem claro!

      • Jefferson Lemos diz:

        Concordo com vocês, mas precisamos enviar os recursos, se não fica dificil conseguirmos a anulação da questão…

        Todos já enviaram os seus respectivos recursos?

        Pelo que li, cada candidato só poderá enviar um recurso, correto?

      • Clemildo Demétrio Arçari diz:

        Entrei com recurso na questão 49 do 2º exame CRC contador/2013. Se não for a alternativa “C” a questão tem que ser anulada. Você já viu IPI incidir sobre serviços??????????pede para assinalar resposta INCORRETA. Se for a D e C então: ANULAR A QUESTÃO.

      • Clemildo Demétrio Arçari diz:

        Nada contra a opinião de Vocês. Mas a questão 49 do 2º exame de CRC contador poderia ser também alternativa “C”????? mesmo que tenha a base o texto, vocês já viram IPI incidir sobre serviços???com certeza não. Se está pedindo a alternativa INCORRETA, a alternativa “C” também está correta. Entrei com recurso para ANULAR ESTA QUESTÃO. Obrigado

  6. Boa Noite!

    Gente Acertei 24 até agora preciso urgente saber das correções das 33, 34 e 36 estou por uma meu Deus que aflição socorro
    Com referente a questão 20 alguém sabe se a mesma será cancelada?

    Obrigada!

    • Eduardo Alves Filho diz:

      Pessoal usem a HP para fazer a QUESTAO 34

      Montem um fluxo de caixa eu nao consegui colocar ele aqui, mas com esse fluxo montado, basta colocar na HP
      imaginem que nao investimos nada no inicio, que nao seria correto, mas vai funcionar para a questao, ou se nao tem que fazer um a um utilizando o PV e o FV, que vou colocar abaixo tambem.

      0, g, CFo
      242.000,00 , g, CFj
      266.200,00 , g, CFj
      532.400,00, g, CFj
      10 , i
      f , NPV

      o resultado sera os 840.00,00 ALTERNATIVA (C)

      se nao tem que fazer um a um os anos
      242.000,00, FV
      10, i
      1, n
      aperta o PV o resultado sera -220.000,00 o sinal de menos é pq saiu o dinhero do seu caixa no momento do investimento, e assim por diante.

      262.200,00, FV
      10, i
      2, n
      aperta o PV , resultado – 220.000,00

      532.400,00, FV
      10, i
      3, n
      aperta o PV , resultado – 400.000,00

      somando todos eles chega no mesmo resultado acima de 840.000,00 (C)

      FV= valor futuro
      i = a taxa
      n= o numero de periodo (1=2013) (2=2014) (3=2015)
      PV= valor presente liquido dos recebimentos

      espero ter ajudado, coloquei bem detalhado para os que nao conseguiram passar estudarem dessa maneira para a proxima.

      • Pessoal, entrem na página da Federação Brasileira de Contabilidade(www.fbc.org.br) que já saiu o gabarito oficial.

  7. Alguem sabe as respostas das questões 33, 34 e 36 por favor?

  8. É uma vergonha dois professores dar respostas tão bizarras para a questão 49!!! Aldeci percebi o mesmo que você. Não irei confiar nas respostas dadas por vocês, aguardarei o resultado final!!!

  9. Fernando Simoes diz:

    Questao 50 (ERRADA)
    Professora Daniela Tatarin,

    Creio que tenha errado na questao 50, pois a resposta escolida esta correto. O O Mercantilismo precedeu o capitalismo (Veio antes), bem como o Capitalismo sucedeu o mercantilismo (Veio depois).
    Creio que a resposta errada seja. “A presidenta da Rep…….” pois a presidenta nao a regulamentou, quem o fez foi o congresso, tendo ela apenas a sancionado.

    Att

    Fernando Simoes

  10. Gente rever a questão 38, a resposta é inventário físico. Revisão analítica não tem nada haver com nada na questão, revisão analítica seria simplesmente analisar a variação das contas ao longo do tempo, o que nada ajuda a ter controle do estoque que é um bem palpável.

    • Revisão Analítica: TJCE-CESPE(2008)
      A revisão analítica é um procedimento técnico básico
      aplicado na realização dos testes de observância e
      substantivos, em que o auditor procura verificar a
      regularidade, a normalidade ou a atipicidade de situações,
      comparando quantidades, valores, indicadores ou outros
      parâmetros.
      Inventario Físico: Inventário é o procedimento administrativo que consiste no levantamento físico e financeiro de todos os bens móveis, nos locais determinados, cuja finalidade é a perfeita compatibilização entre o registrado e o existente, bem como sua utilização e o seu estado de conservação. O Inventário deve ser realizado nos seguintes locais:

      1 – Em um ou mais endereços individuais do Estado.
      2 – Na Central de Estoque do Poder Judiciário.

      Ou seja a resposta correta é a alternativa C

    • concordo

    • Concordo plenamente….até porque a pergunta deixa bem claro que a Auditoria foi contratada para fazer o LEVANTAMENTO do estoque, com objetivo de saber a quantidade de produtos….e não auditoria em estoque para mensuração de resultados.

      Segue pergunta!

      Uma sociedade empresária, com filiais em todo o território brasileiro, contratou uma auditoria externa para levantamento de seus produtos entre as filiais. O procedimento que garante confirmar a quantidade dos produtos existentes em suas filiais será:

  11. evandro vilmar moreira diz:

    Gente a questão 49, alguém chegou a uma conclusão? e as demais correção tem alguma previsão?
    Eu também acho que a questão 38 e inventário fisico.

    abraço.

    • Clemildo Demétrio Arçari diz:

      A questão 49 do 2º exame de CRC/2013, está sendo assinalada a alternativa “D”. Mas se não for alternativa “C”, tem que ser anulada a questão. IPI não pode incidir sobre Serviços. Como está pedindo alternativa INCORRETA, só pode ser a “C”. Caso contrário tem que ser anulada a questão.

  12. Pessoal, vai sair ainda hoje a correção das questões 34 e 36?

  13. Boa noite! Achei excelente vocês divulgarem um gabarito extraoficial diminuindo um pouco a aflição do pessoal que fez a prova. Fiz a prova do técnico e pude aproveitar o resultado de algumas questões do bacharel. Gostaria de saber se vocês irão divulgar também as questões do técnico?

  14. Acredito que na pergunta 29 a resposta certa é a C) Incorporação, certo? Porque o Art. 1.116 do Código Civil trata de incorporação.

    Art. 1.116. Na incorporação, uma ou várias sociedades são absorvidas por outra, que lhes sucede em todos os direitos e obrigações, devendo todas aprová-la, na forma estabelecida para os respectivos tipos.

    E o descrito no exercício trata-se de uma incorporação e não fusão! Certo?

  15. A resposta da 34 é: 242.000 + 266.200 + 532.400 = 1.040.600 / (1+0,1)¹ = 946.000

    LETRA: D

  16. RÔMULO XAVIER diz:

    A resposta da 34 é: 242.000 + 266.200 + 532.400 = 1.040.600
    VALOR PRESENTE: 1.040.600/ (1+0,1)¹ = 946.000

    LETRA: D

  17. Oseias Paris diz:

    A resposta da questão 49 é a alternativa D que esta incorreta, pois veja o texto diz assim: o Congresso finalmente regulamentou a lei que obriga à discriminação do valor dos impostos incidentes sobre cada produto e serviço listado nas notas e cupons fiscais. Sancionada pela presidente Dilma Rousseff na semana passada, a obrigatoriedade entra em vigor em junho.

    O congresso regulamentou e logo no final do período diz: Sancionada pela Presidente.

    Na alternativa D esta o contrario diz que a presidente que regulamentou e o congresso sancionou veja:

    A presidenta da República regulamentou a lei que obriga a supressão dos impostos invisíveis que o Congresso sancionou.

    • Clemildo Demétrio Arçari diz:

      Que seja a resposta D no seu entendimento. Mas como fica a alternativa “C”??? Você já viu IPI incidir sobre Serviços???lógico que não. Então esta questão tem que ser anulada. Pois, a pergunta é para assinalar a alternativa INCORRETA não é????? Se a D é a resposta correta para a questão, e como fica a alternativa “C”???

  18. Fabiano Bueno diz:

    29.
    Resposta correta “C”

    A cisão é a operação pela qual a companhia transfere parcelas do seu patrimônio para uma ou mais sociedades, constituídas para esse fim ou já existentes, extinguindo-se a companhia cindida, se houver versão de todo o seu patrimônio, ou dividindo-se o seu capital, se parcial a cisão (artigo 229 da Lei 6.404/1976).

    A fusão é a operação pela qual se unem duas ou mais sociedades para formar sociedade nova, que lhes sucederá em todos os direitos e obrigações (artigo 228 da Lei 6.404/1976). Note-se que, na fusão, todas as sociedades fusionadas se extinguem, para dar lugar á formação de uma nova sociedade com personalidade jurídica distinta daquelas.

    A incorporação é a operação pela qual uma ou mais sociedades são absorvidas por outra, que lhes sucede em todos os direitos e obrigações (artigo 227 da Lei 6.404/1976). Na incorporação a sociedade incorporada deixa de existir, mas a empresa incorporadora continuará com a sua personalidade jurídica.

  19. Kássia Leite diz:

    Gente e a questão 36? Eu acredito que seja a letra A…
    Quanto a 49 acredito que seja letra D.
    e a 38 por favor revisem ela, acredito que seja inventario físico.

    At. Kássia

  20. Diego Silva diz:

    Caro Professor Guilherme, a lei é bem clara dizendo que com a fusão desaparecem todas as sociedades anteriores para dar lugar a uma só, na qual todas elas se fundem, extinguindo-se todas as pessoas jurídicas existentes, surgindo outra em seu lugar. Portanto, a resposta da questão 29 é a letra C, pois diz que a sociedade é absorvida por outra. “A incorporação é a operação pela qual uma ou mais sociedades são absorvidas por outra, que lhes sucede em todos os direitos e obrigações” (Lei das S.A. – Lei n º 6.404, de 1976, art. 227; Código Civil – Lei n º 10.406, de 2002, art. 1116).

    No mais, obrigado obrigado pela iniciativa!!!

  21. Everton Doertzbacher diz:

    Questão 29 – Resposta Correta ALTERNATIVA – C

    Lei 6.404/76

    Art. 227 – A incorporação é a operação pela qual uma ou mais sociedades são
    ABSORVIDAS por outra, que lhes sucede em todos os direitos e obrigações.

    Como está no enunciado da questão …”foi aprovada a deliberação sobra a aquisição
    integral das ações da Companhia A, que seria na sequência absorvida, integralmente,
    pela sociedade compradora….”

    Sugiro ao professor que publicou a correção que reveja seus conceitos de fusão e
    incorporação, ou talvez, faltou atenção ao enunciado da questão que não cita a criação
    de uma nova empresa que as sucederá, o que caracterizaria uma fusão.

    • O nosso colega Everton está correto. A alternativa correta e a letra – C

      • VANIA BARRETO diz:

        Também respondi incorporação, porque na verdade participei ativamente há dois anos atras em uma incorporação, ou seja, aquisição de uma empresa no qual permaneceu o cnpj da empresa que adquiriu.

        pelo que entendo de fusão é a operação pela qual se unem duas ou mais sociedades para formar uma nova.

  22. kleber cachoeira diz:

    bom dia
    alguem ira publicar a 2º parte das questoes de tecnico ? Estou aguardando anciosamente

  23. Questão 34:

    2013: VP= 242000/(1+0,10) = 220.000,00
    2014: VP= 266200/(1+0,10)²= 220.000,00
    2015: VP= 532400/(1+0,10)³= 400.000,00

    Valor presente dos fluxos de caixa futuros = 220.000 + 220.000 + 400.000 = 840.000,00
    ALTERNATIVA: C

    • Concordo com sua resposta! Tratando-se de três anos diferentes, e com uma taxa percentual ao ano, tenho que aplicar a formula aos três períodos separadamente e no final somar os três!

      Para mim a resposta é C) 840.000,00

      • concordo plenamente com a resposta 840.000,00 (C)
        basta colocar na HP
        0, g, CFo
        242000, g, CFj
        266200, g, CFj
        532400, g, CFj
        10, i
        f, NPV
        o resultado sera os 840mil, portanto, resposta correta

      • Realmente, eu fiz direto, :@

    • Eduardo Alves Filho diz:

      Usem a HP para os calculos de Valor presente ou valor futuro, coloquei acima uma maneira simples de achar o resultado
      abs

  24. Senhores ao meu entendimento a questão 49 postada pelo Sr. Sérgio Karkache, está em desacordo com a resposta….pois no texto diz que o MERCANTILISMO PRECEDEU o CAPITALISMO….na resposta (A) marcada como incorreta diz que o CAPITALISMO SUCEDEU o MERCANTILISMO….isso não diz ambos a mesma coisa que o MERCANTILISMO VEIO ANTES E O CAPITALISMO DEPOIS?

    Ao meu ver a resposta correta como opção incorreta seria a letra (D) A presidenta da República regulamentou a lei que obriga a supressão dos impostos invisíveis que o Congresso sancionou.

    Na verdade quem regulamenta é o Congresso e quem Sanciona é a Presidenta!

    • Exatamente Pedro… outro problema é que tem algumas pessoas levando em conta o que diz a lei, sendo que as questões 48, 49 e 50 são simplesmente de interpretação de texto!!!!

    • Concordo!
      Para mim essa questão foi “dada de brinde”, não sei porque tanto AUÊ por causa dela… não é necessário saber nada de contabilidade, apenas saber ler e interpretar textos.

  25. ednalva bezerra diz:

    Gabarito preliminar da Questão 38
    Exame CRC 2013.2 – Bacharel em Ciências Contábeis
    (Prof. Ricjardeson Dias):

    Resposta: C

    Comentários do Prof. Ricjardeson Dias:

    Inventário Físico é o procedimento de auditoria verifica a existência física dos bens, se os mesmos estão operacionalmente ativos e sua condição de uso. Gerencialmente, é uma atividade que coleta uma séria de informações gerenciais para implementação de controles por unidade, local, centros de custo, responsabilidade, etc. Todos os bens inventariados recebem um número de identificação do bem.

    será q ele esta certo???

  26. Bom pessoal, a resposta da questão 29 é a letra C “Incorporação” ou é a letra B “Fusão”? Me ajudem!

    • ednalva bezerra diz:

      216

      O que vem a ser a incorporação de pessoa jurídica?

      A incorporação é a operação pela qual uma ou mais sociedades são absorvidas por outra, que lhes sucede em todos os direitos e obrigações (Lei das S.A. – Lei n º 6.404, de 1976, art. 227; Código Civil – Lei n º 10.406, de 2002, art. 1116).

      espero ter ajudado. Acho q a resposta certa é incorporação.

  27. Achei que a prova teve muitas questões mal elaboradas, e de duplo entendimento, a questão 13 por exemplo, no caso de depreciação por soma dos dígitos, a duas foras de se calcular, e a questão não fala qual se deve usar.. passei na prova com sobra, mas achei um pouco mal feita…

  28. Danielle Maria da Silva diz:

    Alguém sabe me dizer sobre a questão n° 26?

  29. Danielle Maria da Silva diz:

    E a resposta da n° 46 acho que é a letra D

    • Art. 3º.No desempenho de suas funções, é vedado ao Profissional
      da Contabilidade: (6)
      I – anunciar, em qualquer modalidade ou veículo de comunicação,
      conteúdo que resulte na diminuição do colega, da Organização
      Contábil ou da classe, em detrimento aos demais, sendo sempre
      admitida a indicação de títulos, especializações, serviços oferecidos,
      trabalhos realizados e relação de clientes; (6)

  30. É lamentável ver professores respondendo que um auditor atinge o procedimento da constatação da existência fisica de estoques através de REVISÃO ANALÍTICA, quando o correto é INVENTÁRIO FÍSICO.

  31. Não concordo com a resposta dada na questão 38. O correto é INVENTÁRIO FÍSICO e não REVISÃO ANALÍTICA.

  32. Pessoal pq o exame de técnico em contabilidade está quase igual a de bacharel, o grau de dificuldade não deveria ser diferenciado

  33. Charles Weber diz:

    Resposta Questão 26 – Bacharel

    Letra C

    Solução:

    1.050.000,00/175.000,00 = 6 * 200.000,00 = 1.200.000,00 * 1,80 = 2.160.000,00 (Receita Bruta) – 20% = 1.728.000,00 (Receita Liquida) – 1.200.000,00 = 528.000,00 (Lucro Bruto)

  34. Gisele Teles diz:

    Alguém pode me informar a resposta da questão 36, 32?

  35. Braga Junior Dornelas diz:

    26. Uma Sociedade elaborou o orçamento para o ano de 2013 com base em dados históricos do ano de 2012 e com base nas estimativas estabelecidas por seus gestores.
    - Os seguintes dados históricos foram apresentados:
    Custo das mercadorias vendidas no ano de 2012 R$1.050.000,00
    Estoque médio do ano de 2012 R$175.000,00
    - Dados estimados para o ano de 2013:
    Estoque médio R$200.000,00
    Fator de multiplicação Markup 1,80
    Tributos incidentes sobre a receita 20%

    Considera-se que a empresa estima que o giro do estoque será igual ao de 2012 e que o preço de venda é estabelecido, multiplicando-se o custo estimado da mercadoria. De acordo com o giro do estoque, peloMarkup, o Lucro Bruto orçado para o ano de 2013 será de:
    a) R$462.000,00;
    b) R$492.800,00;
    c) R$528.000,00;
    d) R$678.000,00.
    Resposta: 1.050.000 ÷ 175.000,00 = 6 Giro do Estoque é igual a 6 vezes.
    175.000 x 1.8 = 315.000,00 – 20% = 252.000,00 Venda Bruta de Venda
    Venda Bruta de Venda – Custo da Mercadoria Vendida = 252.000,00 – 175.000,00 = 77.000,00 Resultado de um Período.
    A questão pediu do ano logo 77.000,00 x 6 = 462.000,000
    Resposta Letra A

  36. FABIANO VIEIRA BASTOS diz:

    Olá pessoal !
    Alguém está pensando em entrar com recurso em alguma questão ?

  37. Pessoal, saiu o gabarito no site da Fundação Brasileira de Contabilidade

    http://www.fbc.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=111&Itemid=110

  38. DIVULGADOS OS GABARITOS DAS PROVAS DO 2º EXAME SUFICIÊNCIA DO CRC 2013.

    Por enquanto só esta na pagina da Federação Brasileira de Contabilidade:

    http://www.fbc.org.br/

  39. Gisele Teles diz:

    GENTE O CRC MG DIVULGOU O GABARITO PRELIMINAR NO SITE

  40. Gostaria de saber se alguém aqui pretende entrar com recurso em alguma questão???
    Estou com 23 pontos e na esperança de anularem duas( das que errei)

    • A questão 16 que foi divulgada no site da fbc, na minha opinião, está errada.
      Não sei se entrarei com recurso porq no caso consegui 33 pontos.. mas pra mim o correto seria a alternativa B!
      Porq no gabarito da 185.000,00 que é a alternativa D, eu cheguei nesse valor somando as contas do ativo e tirando a depreciação acumulada.. mas ele esquece das duplicatas descontadas.. neste caso tem a conta de Duplicatas Descontadas.. que reduz o ativo circulante, logo 185.000,00 – 27.000,00 de duplicadas descontadas = 158.000,00 (Alternativa B).
      Essa é a minha opinião :)

    • FABIANO VIEIRA BASTOS diz:

      Cleide eu acertei 24 e estou entrando com recurso em 03 questões, peço que você e o restante do pessoal faça o mesmo, pois quanto mais recurso mais chances temos de eles reverem a questão.

  41. ENTRE COM RECURSOS NA 20, 26 E 49!

  42. Galera, alguem vai entrar com recurso? acertei 23, ou alguem sabe alguma questão que pode ser anulada, até o momento estou entradando com recurso apenas na questão 26, olha abaixo.

    Solicito a anulação da questão 26, pois após ler o enunciado obtive plena certeza que houve um erro de digitação em “multiplica-se o custo” e em “pelo Markup”. Com esse erro não era possível chegar ao resultado correto, segue abaixo o calculo correto.

    Questão 26
    Exame de Suficiência 2013/2

    Assertiva correta é a letra “A”

    RESPOSTA:

    DE ACORDO COM O GIRO DO ESTOQUE, PELO MARKUP, O LUCRO BRUTO ORÇADO PARA O ANO DE 2013 SERÁ:

    PREÇO DE VENDA MARKUP (1,80) R$ 1.050.000,00 = R$ 1.890.000,00

    (-) CUSTO DA MERCADORIA = (R$ 1.050.000,00)

    (-) TRIBUTOS SOBRE VENDA 20% DA RECEITA = (R$ 378.000,00)

    = RESULTADO BRUTO = R$ 462.000,00

  43. bom dia,

    gostaria de saber se há alguma possibilidade do CFC anular questões?

  44. FABIANO VIEIRA BASTOS diz:

    PESSOAL SE TIVEREM DÚVIDAS QUANTO A ALGUMA QUESTÃO E TIVER EMBASAMENTO ENTREM COM RECURSO, É MUITO SIMPLES, JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NO SITE DO CRC E O PRAZO TERMINA AMANHÃ AS 18 HORAS. EXISTEM OUTROS BLOGS QUE TAMBÉM ESTÃO DISCUTINDO AS QUESTÕES, CASO PRECISEM DE COMPLEMENTAR SEUS ARGUMENTOS.

  45. Galera, vamos entrar com os recursos, quanto mais melhor, eu fiz dois recursos, quem conseguir fazer mais recursos favor postar ou enviar por email, vou deixar meu email, vamos mostrar nossa força, ate o momento acertei 23. Absss
    miqueiasntc@gmail.com

    Solicito a anulação da questão 26, pois após ler o enunciado obtive plena certeza que houve um erro de digitação em “multiplica-se o custo” e em “pelo Markup”. Com esse erro não era possível chegar a o resultado correto, segue abaixo o calculo correto.

    Questão 26

    Assertiva correta é a letra “A”

    RESPOSTA:

    DE ACORDO COM O GIRO DO ESTOQUE, PELO MARKUP, O LUCRO BRUTO ORÇADO PARA O ANO DE 2013 SERÁ:

    PREÇO DE VENDA MARKUP (1,80) R$ 1.050.000,00 = R$ 1.890.000,00

    (-) CUSTO DA MERCADORIA = (R$ 1.050.000,00)

    (-) TRIBUTOS SOBRE VENDA 20% DA RECEITA = (R$ 378.000,00)

    = RESULTADO BRUTO = R$ 462.000,00

    Solicito a anulação da questão 13, essa questão foi mau elaborada, é uma questão que faz o candidato ficar entre a letra A e a letra B, ou seja, uma questão com duas respostas, ela não indica qual método devemos usar, se é o direto ou indireto. Quem fez pelo método direto achou a letra A, quem fez pelo metodo indireto achou a letra B, no gabarito oficial está a letra B como a correta.

    Questão 13

    Assertiva correta é a letra “A”

    MÉTODO DA SOMA DOS DÍGITOS

    Vida Util: 5 Anos
    Assim Temos: 1+2+3+4+5 = 15
    Valor 100.000
    Valor. 90.000

    Soma Coeficiente
    Ano Digitos %. Depreciação
    1 / 15 = 6,67 6.000
    2 / 15 = 13,33 12.000
    3 / 15 = 20,00
    4 / 15 = 26,67
    5 / 15 = 33,33
    TOTAL = 100,00

    Assim temos no segundo ano o somatório da depreciação do primeiro e segundo ano totalizando: R$ 18.000,00.

    MÉTODO LINEAR

    Valor do Bem 100.000
    Valor Residual 10.000
    Vida Util 5 Anos
    Depreciado 24 Meses

    90.000,00/5=R$ 18.000,00/12= R$ 1.500,00 X24= R$ 36.000,00

  46. Pessoal, baseado nas informações obtidas aqui no site… entrei com recurso nas questões 13, 16, 19 e 26. Vamos unir forças e entrar com o máximo de recursos possível…

  47. Fabiano Alves diz:

    Acertei 43, espero que não cancelem nenhuma! abç

  48. Clemildo Demétrio Arçari diz:

    Independentemente se é a alternativa, A ou D, a alternativa “C” está dando uma opção para assinalar INCORRETA. Você já viu IPI sobre serviços????? ESTA QUESTÃO Nº 49 TEM QUE SER ANULADA.

  49. Boa tarde!
    Quero ver se entendi direitinho o edita do exame de suficiencia:
    se anularem alguma questão essa questão aumenta 1 ponto pra quem tinha errado e não altera para quem tinha marcado a opção antes tida como correta, do gabarito preliminar??

    após o gabarito preliminar somente podem anular questões e não mudar as respostas,certo???

    Obrigada gente! eu aguardo a resposta de vcs

    • Blog Aprova Concursos diz:

      Olá, Carla!

      O edital não informa que para cada questão errada será descontado um ponto.
      Veja como está:

      7.2. Cada questão terá o valor de 1 (um) ponto e o cálculo da nota na prova objetiva será igual à soma
      algébrica do ponto obtido com cada questão correta.

      Abs!

Comente

*

Aprova Concursos

Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1482 Batel - CEP 80730-200 Curitiba - PR Telefone: 0800 606 8889