Aprova Concursos - Blog

Aprovados no concurso do BACEN devem ser chamados em março de 2014

Publicado em 1 de setembro de 2013 por - Comentar

BACENA chefe do Departamento de Gestão de Pessoas do BC (Depes) do Banco Central do Brasil (BACEN), Nilvanete Ferreira falou sobre o desejo de nomear os classificados para as 100 vagas de técnico e 400 de analista tão logo seja concluído o concurso – a previsão é de divulgar o resultado final em março do ano que vem em entrevista concedida à Folha Dirigida,

Nilvanete também fez um convite especial às mulheres para se inscreverem no concurso até dia 9 de setembro. “Precisamos de mais mulheres no Banco Central”, disse ela, citando que o quadro atual conta com aproximadamente 22% de mulheres. “Todos são bem vindos. Precisamos é de diversidade”, completou ela, que também destacou os atrativos da carreira no banco e detalhou o processo de aposentadorias com o qual o banco tem sofrido.

Segundo ela, o número reduzido de mulheres ocorre por diversos fatores, uma delas pelo grande número de mulheres se aposentando, “em razão das regras de aposentadoria serem um pouco mais generosas do ponto de vista de idade, de tempo de contribuição, o que faz com que elas se aposentem um pouco antes”, disse.

Convocação de mais aprovados

Em relação à convocação de mais aprovados do que o número de vagas, já que a lei permite 50% do número de vagas em nomeações, a chefe do Depes disse que ao se estabelecer o prazo de validade do concurso já é pensado no aproveitamento de excedentes. “Há interesse do banco em nomeá-los. Mas isso é uma outra discussão, em um outro momento. Não é agora”.

Remoção

Muita gente assume o cargo em uma cidade já pensando em se mudar, entretanto é preciso ficar ao menos três anos na cidade de origem da vaga. “Ao completar três anos, não haverá mais a barreira do edital para a remoção. E aí se faz o processo normal de mobilidade, de negociação”, explica a chefe do Depes. “De uma forma geral, depois de três anos não há grandes problemas, mas naturalmente temos que avaliar as necessidades, as possibilidades de liberação, mas se elimina aquela barreira inicial”, completou.

Rotina de trabalho e benefícios

Segundo a chefe do Depes o banco oferece boas oportunidades de crescimento, pois todas as funções gratificadas da instituição são de provimento privativo dos servidores da casa, a não ser os cargos de presidente e diretor. “O ambiente é tranquilo, sem grandes conflitos, a não ser por aqueles naturais. O clima é muito bom”, afirmou.

Em relação aos benefícios, além dos benefícios comuns aos servidores federais, como auxílio-alimentação e auxílio-transporte, de acordo com ela, o BC tem uma tradição muito forte de desenvolvimento e capacitação dos servidores, além dos programas de pós-graduação e programas de idiomas. “Temos também um programa de saúde muito bom, de autogestão, com participação contributiva dos servidores, que oferece inclusive assistência odontológica. São coisas que contribuem para uma certa tranquilidade. E o que esperamos dos novos servidores é que venham com energia, com vontade de contribuir de todas as maneiras para que o banco continue  com o seu trabalho cada vez mais aderente às necessidades do país.”

Estude para este concurso 

 

Informações sobre o concurso do Bacen 2013

  • Inscrições: 22/08 a 09/09
  • Vagas: 500
  • Cargos: Técnico e Analista
  • Remuneração: até R$ 14.289,24
  • Provas: 20/10/2013
  • Edital: Cespe/UnB

 

 


Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *