Aprova Concursos - Blog

Dicas para ter sucesso na prova de matemática

Publicado em 1 de novembro de 2010 por - 46 Comentários

Para prof. Marcelo Lima, os macetes surgem naturalmente para quem se prepara de forma adequada, resolvendo exercícios

Quer dicas para se sair bem na prova de matemática? Confira abaixo a entrevista com o prof. Marcelo Lima, autor de livros sobre Matemática e Raciocínio Lógico para Concursos.

Você já sabe que treinar a resolução de questões é fundamental para realizar uma boa prova de matemática, mas na entrevista o professor recomenda também ler o enunciado com atenção, saber interpretar o problema, não temer as fórmulas, fazer as contas em um rascunho, ter cuidado com os macetes e ter a consciência de que entender é mais importante do que memorizar.

Há uma estimativa de quanto tempo um candidato se dedica à prova de Matemática em relação às demais disciplinas?

Marcelo Lima: Assim como o tempo destinado aos estudos das

"No que diz respeito à matemática, a melhor forma de se preparar é treinando" Prof. Marcelo Lima

diferentes disciplinas que compõem o conteúdo programático de um concurso, não existe uma estimativa de quanto tempo se gasta para fazer a prova de uma disciplina ou outra. Varia de pessoa para pessoa. Um concursando com formação matemática ou que simplesmente tenha facilidade com a matemática levará menos tempo para fazer essa prova e muito mais tempo para fazer a(s) prova(s) de direito, enquanto que um concursando com formação, por exemplo, em direito, terá mais dificuldades na hora de fazer a prova de matemática e mais facilidade em fazer a(s) prova(s) de direito.

O que é possível fazer para que o candidato não perca tanto tempo para resolver as questões? Tem algum método que facilite a resolução?

Marcelo Lima: O fato de o candidato levar muito tempo para fazer uma(s) questão(ões),  pode significar que ele não estudou aquele conteúdo, ou que ele estudou mas esqueceu.  Isso ainda pode gerar certo nervosismo no candidato, o que o levaria a perder mais tempo ainda.  A melhor forma de se evitar essa situação é se preparar adequadamente para o concurso. E no que diz respeito à matemática, a melhor forma de se preparar é treinando, fazendo exercícios.

É melhor iniciar a prova pelas questões mais fáceis ou pelas mais difíceis?

Marcelo Lima: É melhor fazer aquelas em que o candidato sinta segurança, ou seja, as mais fáceis para ele.  Feito isso, ele parte para as menos fáceis.

Qual a melhor maneira de interpretar o enunciado das questões de matemática? É importante que o candidato leia a questão até o final e com calma, correto?

Marcelo Lima: Eu sempre digo aos meus alunos que as questões de Matemática e Raciocínio Lógico de concursos públicos sempre possuem um texto em português para ser interpretado. O candidato deve ler esse texto cuidadosamente, às vezes mais de uma vez. Feito isso, ele deve extrair do texto as informações relevantes para a resolução da questão.

Se, ao resolver um exercício, o candidato se deparar com contas imensas, números extremamente grandes, é um sinal de que o caminho que ele está seguindo não seja o correto?

Marcelo Lima: Não posso afirmar que sempre que o candidato se deparar com contas imensas, o caminho seguido por ele esteja errado, mas é bem provável. Pois uma prova de Matemática e Raciocínio Lógico de um concurso público quer avaliar a capacidade do candidato de raciocinar, de interpretar uma situação, na grande maioria das vezes, do cotidiando do orgão promotor do concurso.   As contas que estão envolvidas na resolução das questões são normalmente simples. O foco está na interpretação de como resolver a questão.

Analisar as opções de resultado antes mesmo de iniciar os cálculos pode ajudar?

Marcelo Lima: Dificilmente. Como eu disse acima, inicialmente o candidato deve ler cuidadosamente o texto do enunciado, extraindo dele o que está sendo pedido, e todos os fatos que o ajudem a chegar à solução. Em determinadas questões, após ter feito toda a análise e ter chegado à solução da questão, o candidato ainda precisa analisar as opções de resposta para ver em que qual delas se encaixa o resultado por ele obtido. Exemplo:  Chegamos a um resultado 6. As opções de resposta não contém núneros, mas frases, do tipo “é um múltiplo de 4”, “é um número primo”,  “é divisível por 2”.

Estar bem preparado também é fundamental para realizar a prova de maneira eficiente. Como deve ser esse preparo? O método para estudar matemática é diferente de estudar outras disciplinas?

Marcelo Lima: Eu sempre digo aos meus alunos que a Matemática e o Raciocínio Lógico se aprende fazendo, resolvendo questões.  Comece pela primeira, esconda a resposta e tente fazer. Se você conseguiu, parta para a segunda. Caso contrário olhe a resolução e entenda (nunca memorize a maneira como ela foi resolvida). No dia seguinte comece tudo de novo. Com o tempo, o candidato irá desenvolver a sua capacidade de raciocinar.  E, quando isso acontece, ele não esquece mais.  Um conteúdo memorizado é facilmente esquecido.  É como aprender a andar de bicicleta.  No começo andamos com o auxílio das rodinhas.  Mas com o tempo e a perseverança, deixamos as rodinhas de lado e andamos normalmente. E o melhor é que depois de anos sem andar de bicicleta, não nos esquecemos como fazê-lo.

Treinar para calcular mentalmente operações matemáticas pode contribuir para o candidato ter maior agilidade em uma prova?

Marcelo Lima: O treino é fundamental para o aprendizado da Matemática.  Ainda mais numa época em que todos têm um celular que possui calculadora.  Devemos, sempre que possível, exercitar o nosso cerébro e fazer contas mentalmente, é um ótimo exercício. Mas, na hora de uma prova, o melhor que o candidato pode fazer é usar o rascunho para fazer as contas.  Isso com certeza lhe dará mais segurança, ainda mais na hora da revisão final, antes da marcação do cartão resposta.

Procurar utilizar o número 10 para efetuar os cálculos é um macete válido? Por ex.: 12 x 14 é o mesmo que 10 catorzes + 2 catorzes. 10 catorzes são 140 e 2 catorzes são 28. Portanto, somando 140 + 28, obtemos 168, daí: 12 x 14 = 168.

Marcelo Lima: Com certeza é válido, mas para utilizarmos numa prova oral, onde não temos um papel onde possamos escrever.  Como eu disse acima, na hora da prova, o melhor é escrever o  14, o 12 e resolver a multiplicação. É uma questão de segurança.

Há macetes para agilizar os cálculos?

Marcelo Lima: Os macetes surgem naturalmente para as pessoas que vêm se preparando de forma adequada, sempre resolvendo exercícios.  Qualquer outra forma de achar um macete, pode se transformar em mais um fato a ser memorizado.  Além disso, um macete que é útil para um candidato pode não ser tão bem aceito por outro. Então, o melhor a fazer é treinar, se exercitar, procurar entender como uma questão foi resolvida e evitar ao máximo a memorização.

E quanto às fórmulas, qual a dica para memorizá-las mais facilmente? Há uma relação de fórmulas mais cobradas em concursos?

Marcelo Lima: Conforme eu disse acima, as provas de Matemática e Raciocínio Lógico de concursos públicos exigem o conhecimento de poucas fórmulas.  Em meus livros de resolução de questões da FCC e da CESPE, usei pouquíssimas fórmulas.  Todas as questões foram resolvidas com o objetivo de ajudar os candidatos a perderem esse medo natural de uma matemática repleta de fórmulas.  A maioria dos conteúdos programáticos de concursos públicos, em que a Matemática e o Raciocínio Lógico façam parte, não exige a memorização de muitas fórmulas.  Um exemplo de fórmula que ajuda muito e merece ser memorizado são as das somas dos primeiros termos de uma PA e de uma PG.

Marcelo Lima é Professor de Matemática, formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Possui 20 anos de experiência profissional como Analista de Sistemas da Informação, tendo prestado seus serviços para grandes empresas de âmbito nacional, tais como Bolsa de Valores, Mesbla, Banerj, Banco Nacional e Vesper; e também de âmbito internacional, como American Airlines, Xerox, e Worldcom. Para mais informações acesse o site: http://matematicaconcursos.com/

Aprofunde seus conhecimentos de Matemática e Raciocínio Lógico com as videoaulas do Aprova Concursos:

Disciplina de Matemática (Geral)

Disciplina de Matemática (Geral) – Questões Resolvidas

Disciplina de Raciocínio Lógico


46 comentários

Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *